CARLOS EDUARDO NEGA QUE HENRIQUE ESTEJA COORDENANDO CAMPANHA: “ISSO É MALDADE”

Informação amplamente difundida a partir do blog de notícias da jornalista Thaisa Galvão – de que o ex-ministro do Turismo e ex-deputado federal Henrique Alves (MDB) estaria coordenando a campanha política do seu primo ao governo do Estado – foi negada pela assessoria de comunicação do pré-candidato Carlos Eduardo Alves (PDT). A assessoria do pré-candidato classificou a notícia como uma “maldade”.

Outra informação negada pela assessoria de comunicação de Carlos Eduardo foi a de que coube a Henrique Alves dizer “não” à participação do PR na chapa do primo ex-prefeito. De acordo com o blog da Thaisa Galvão, o “não” ao PR de João Maia e do deputado estadual George Soares teria uma razão maior: o “sim” do PP da prefeita de Mossoró, a ex-governadora Rosalba Ciarlini, ou seja, o PP não quer estar onde o PR estiver.

A informação de que Henrique já estaria trabalhando para colocar Carlos Eduardo no Governo do Rio Grande do Norte chega quatro dias após o ex-presidente da Câmara dos Deputados ser solto pela Justiça Federal do RN. Ele havia passado 1 ano, 1 mês e 1 semana preso na Academia de Polícia Militar do RN.

A decisão judicial foi tomada três dias após o depoimento de Henrique Alves para o inquérito da Operação Manus, que apura desvio de recursos durante a construção do Estádio Arena das Dunas, em Natal.

Do Agora RN / Foto: José Aldenir

Deixe Sua Avaliação

HENRIQUE ALVES GANHA LIBERDADE

O juiz Francisco Eduardo Guimarães concedeu na noite desta quinta-feira (12), liberdade ao ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves. Ele estava cumprindo prisão domiciliar.

A decisão ocorre dias após o depoimento do ex-ministro na Operação Manus.

A justiça federal do Distrito Federal  já tinha concedido a liberdade a Henrique Alves na Operação Sepsi.

Deixe Sua Avaliação

MORO APONTA HENRIQUE ALVES COMO UM DOS BENEFICIÁRIOS DE DESVIO DE R$ 200 MILHÕES

Chamada de Operação Deja Vu, a 51ª fase da Operação Lava Jato investiga se US$ 54,5 milhões (cerca de R$ 200 milhões), de um contrato de US$ 825 milhões envolvendo Petrobras e Odebrecht, tiveram como destino propinas pagas a executivos da estatal e a partidos políticos. No despacho, o Juiz Sérgio Moro afirma que pagamentos teriam sido feitos “especificamente” a Eduardo CunhaHenrique Eduardo Alves e João Vaccari Neto.

O contrato suspeito previa a prestação de serviços de reabilitação, construção e montagem, diagnóstico e remediação ambiental, elaboração de estudo, diagnóstico e levantamentos nas áreas de segurança, meio ambiente e saúde em nove países, além do Brasil.

Entre os investigados estão os ex-integrantes da área internacional da Petrobras Aluísio Teles Ferreira Filho, Rodrigo Zambrotti Pinaud e Ulisses Sobral Calile. Segundo os investigadores, com a ajuda de operadores financeiros, cerca de US$ 24 milhões tiveram como destino contas de agentes públicos ligados à Petrobras. Mais US$ 31 milhões teriam como destino pessoas que se diziam intermediários de políticos ligados ao então PMDB (atual MDB). Há, ainda, a suspeita de que o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, tenha recebido parte dos recursos.

A Polícia Federal informou que cerca de 80 policiais estão cumprindo 23 ordens judiciais nos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo. De acordo com o delegado da Policia Federal Igor Romario de Paula, foram cumpridos os 17 mandados de busca. Dos mandados de prisão, foram cumpridos três preventivas e uma temporária. Há ainda uma preventiva em aberto porque o investigado está no exterior – embora ainda não seja considerado foragido.

Leia mais AQUI.

Deixe Sua Avaliação

NÉLTER PEDE UNIÃO POLÍTICA PARA DEBATER COM TRE FECHAMENTO DE ZONAS ELEITORAIS

O deputado Nélter Queiroz (PMDB) repercutiu nesta terça-feira (24), em pronunciamento na sessão plenária da Assembleia Legislativa, a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) que determinou pelo fechamento do cartório eleitoral do município de Santana do Matos e transferiu os serviços para Angicos. O parlamentar cobrou a união da classe política do Estado para discutir as recentes medidas do TRE de fechamento de zonas eleitorais no Estado.

“A Casa Legislativa e a bancada federal do RN precisam se mobilizar para debater essa situação com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral. Ninguém está fazendo isso e não podemos ficar parados assistindo o fechamento das zonas eleitorais dos municípios potiguares”, disse Nélter.

Ainda em pronunciamento, o parlamentar destacou também a reunião com o coordenador do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), oportunidade em que solicitou providências visando à manutenção dos diques de proteção da cidade de Jucurutu e recuperação das bombas d’água. “Fui informado por ele que já existe um projeto pronto para isso”, concluiu o deputado.

Deixe Sua Avaliação

MPF DENUNCIA HENRIQUE POR PECULATO NO CASO DA “FARRA DAS PASSAGENS”

Preso atualmente por dois mandados de prisão preventiva, um do Distrito Federal e outro do Rio Grande do Norte, o ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) foi alvo de nova acusação nesta semana. O Ministério Público Federal em Brasília denunciou o ex-deputado por peculato no escândalo conhecido como farra das passagens.

O peemedebista foi acusado de ter comprado 306 bilhetes aéreos nacionais e internacionais para terceiros entre 2007 e 2009, um gasto total de R$ 206 mil para os cofres da Câmara.

Segundo a procuradoria, há indícios de que familiares tenham sido beneficiados, entre eles filhos e uma das ex-mulheres de Henrique Alves. Miami e Buenos Aires foram alguns dos destinos.

O caso tramitava no Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, mas foi baixado para a primeira instância. Na segunda-feira 14, a procuradora Sara Moreira de Souza Leite apresentou a denúncia à 12ª Vara Federal do Distrito Federal. Procurada, a defesa de Henrique Alves afirmou que ainda não tomou conhecimento da acusação.

Do Agora RN

Deixe Sua Avaliação

OS FATORES POLÍTICOS E JURÍDICOS QUE DEVEM DEFINIR SE TEMER SERÁ CASSADO NO TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retoma nesta terça-feira o julgamento que pode levar à cassação do presidente Michel Temer sob o peso da crise política que se agravou ainda mais após o grupo JBS fechar um acordo de delação premiada na operação Lava Jato.

Desde então, as chances de Temer ser cassado parecem ter aumentado consideravelmente, embora seja impossível prever o desfecho do processo.

O julgamento, que analisa se houve ilegalidade na campanha de 2014 da chapa presidencial formada por Dilma Rousseff e Michel Temer, está previsto para começar às 19h desta terça e deve se estender ao longo da semana.

Deixe Sua Avaliação

UPANEMA SE LIVROU DO MÉDICO DA INJEÇÃO

Uma das muitas coisas boas feitas pelo prefeito Luiz Jairo (PR) foi ter propiciado a Upanema se livrar do médico da injeção.

Houve um tempo em que o atendimento médico na Unidade Mista de Saúde da nossa querida cidade se resumia à aplicação de injeção de Dipirona.

Não importava os sintomas ou a doença, o remédio era sempre o mesmo: injeção e Dipirona.

Houve um tempo também em que um médico irresponsável abandonava o seu plantão na Unidade Mista de Saúde para se alcoolizar, e só aparecia nos chamados de emergência para, advinha, aplicar injeção de Dipirona.

Upanema, graças a Deus, se livrou desse tipo de gente irresponsável.

O povo deve ficar atento que esse tipo de gente quer voltar para ampliar o estoque de Dipirona. Quem quiser, é só preparar a “bunda” que o médico da injeção está se esperneando.

Graças a Deus, não será nos próximos quatro anos. Troquem a Dipirona por Diazepan. Vocês vão precisar.

Deixe Sua Avaliação

GRANDE PÚBLICO PRESTIGIA A PRIMEIRA SESSÃO DA CÂMARA APÓS AS ELEIÇÕES

whatsapp-image-2016-10-07-at-13-43-2207 dos 09 vereadores participaram da sessão desta sexta-feira, 07, após as eleições municipais, onde 03 vereadores não conseguiram sua reeleição.

A sessão contou com a participação dos vereadores Aisamaque Dalyton (PT), Canindé Rocha (PMDB), Carlinhos Garcia (PTN), Carlinhos Professor (PR), Ibamar Costa (PR), Monthalggan Fernandes (PSB) e Valério Augusto (PMDB); além dos vereadores eleitos pelo Partido Progressista (PP), Edson Bezerra e Lamark Carvalho.

O clima foi de despedidas para alguns e alegria para outros. O vereador Ibamar Costa se emocionou ao fazer uso da tribuna, lembrando do falecimento de sua irmã no início do ano. Ele também agradeceu os votos conquistados no último domingo (02), que lhe garantiu à reeleição.

O presidente da Casa, vereador Carlinhos Professor, não conseguiu se reeleger no pleito de domingo, e aproveitou o horário destinado aos líderes de partidos para parabenizar os colegas reeleitos e os novos vereadores, adiantando sua despedida prometendo trabalhar até o dia 31 de dezembro.

Diante de sua amargura por não conseguir garantir à reeleição, que até então era dada como certa, o líder da oposição na Câmara, Valério Augusto, protagonizar mais uma série de polêmicas durante sua fala na tribuna. O vereador fez várias acusações infundadas contra o prefeito Luiz Jairo e seu secretariado, que logo foram rebatidas pelo vereador Monthalggan Fernandes.

Deixe Sua Avaliação

QUEM É QUE TEM DINHEIRO?

A oposição agora está inventando que Luiz Jairo está fazendo uma campanha rica, enquanto o candidato de lá seria um pobretão. Vamos comparar e analisar bem quem realmente tem dinheiro para gastar na campanha.

Quem é que tem dinheiro?

Luiz Jairo que é um servidor público estadual ou o candidato da oposição que ocupa cargo federal com ganhos de conhecimento público bem inferiores?

Quem é que tem dinheiro?

Luiz Jairo que conta com o apoio de familiares e amigos ou o candidato da oposição que está sendo bancado por uma grande empreiteira, cujos proprietários estão percorrendo as zonas urbana e rural?

Quem é que tem dinheiro?

Luiz Jairo que diariamente tira dinheiro do próprio bolso para ajudar a quem precisa ou o candidato da oposição que é de conhecimento público em Upanema que não é muito de ajudar ao povo?

A oposição invente outra. Sempre foi claro que o lado do dinheiro é o do PMDB.

Deixe Sua Avaliação

OPOSIÇÃO INTENSIFICA SINAIS DE DERROTA

derrotado-336xcNa política, alguns sinais evidenciam quando um candidato está derrotado. Esses sinais vão aparecendo aos poucos e se intensificam ao passo que o dia da votação se aproxima.

Em Upanema, o candidato Onildo (ou quem fala por ele) já deu demonstração de derrota desde os primeiros dias da campanha.

São sinais de derrota: ataques, mentiras, boatos e contestação de números reais. O candidato Onildo e os seus apoiadores estão com todos esses sinais.

O programa eleitoral de Onildo foi todo ele baseado nos ataques e nas mentiras. Onildo (ou quem fala por ele) chegou ao ridículo de tentar culpar Luiz Jairo pelo fraco desempenho de Upanema no Ranking de Eficiência do jornal Folha de SP, cujos todos os indicadores negativos apurados foram de 2010, período em que a nossa cidade era administrada pelo PMDB, partido que apoia Onildo e indicou o seu vice.

Outro sinal da derrota já quase assumida da oposição foi a contestação da pesquisa que aponta vitória de Luiz Jairo com quase dois mil votos de maioria. Se os números não são reais, por qual motivos a oposição não registrou uma pesquisa com a realidade que eles querem criar? Eles não registraram por um simples motivo: as pesquisas internas que eles fizeram apontaram uma vantagem ainda maior para Luiz Jairo, gerando até confusão entre o candidato a prefeito e os seus apoiadores mais cínicos.

Os últimos sinais de derrota são os ataques nas redes sociais e a divulgação de áudio em que eles tentam ligar Luiz Jairo a possível compra de votos.

Esse um dos sinais de desespero que se tornou mais comum ultimamente. O candidato derrotado (ou quem fala por ele) reconhece a derrota nas urnas e tenta criar fatos que possam lhe dar esperança de uma vitória no tapetão.

Esse é o mais puro cenário da oposição de Upanema atualmente: desesperada e derrotada.

Se o candidato fosse realmente defensor de uma “nova política”, como eles pregam, já teria até reconhecido a derrota, como acontece em países de primeiro mundo.

Mas, como o candidato é apenas mais do mesmo, vai apoiar as mesmas sujeiras de sempre, até que o resultado das urnas declare, de uma vez por todas, a derrota do atraso de Upanema.

Deixe Sua Avaliação