“NORMAIS PARA O PERÍODO”, CHUVAS DEVEM CONTINUAR NO RN, PREVÊ EMPARN

As fortes instabilidades tropicais causadas pela presença da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), que está atuando sobre a Faixa Leste e Costa Branca do Rio Grande do Norte, tem causado chuvas intensas com descargas elétricas e trovoadas desde a manhã desta quarta-feira, 13, em Natal e várias outras cidades da região metropolitana.

Essa condição de instabilidade é considerada normal para o período em que o principal sistema meteorológico que atua é a ZCIT, segundo revelou a Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn) à imprensa. Nos últimos dias, as chuvas estão mais intensas devido a temperatura das águas superficiais do Oceano Atlântico próximo do litoral estar acima do normal.

(Veja mais…)

Continuar lendo

É GRAVE ESTADO DE SAÚDE DE UM DOS FERIDOS EM MASSACRE DE SUZANO

É grave o estado de saúde de Anderson Carrilho de Brito, 15 anos, um dos feridos no atentado na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, no interior paulista. Dois atiradores, ex-alunos da escola, chegaram ao local por volta das 9h30 de ontem (14) atirando e desferindo golpes com uma machadinha. O tiroteio resultou na morte de dez pessoas e 11 feridos.

O aluno foi encaminhado para o Pronto Socorro Municipal (PMS) de Suzano e em seguida transferido para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC/FMUSP).

Também estão internados no HC/FMUSP, Adna Isabella Bezerra de Paula, 16 anos, transferida do PSM Suzano (estável, na UTI); Jenifer da Silva Cavalcante, transferida do HC Luzia de Pinho Melo (estável, na UTI); Leonardo Vinícius Santa Rosa, 20 anos, transferido da Santa Casa de Suzano (estável, no Pronto Socorro); Murillo Gomes Louro Benites, 15 anos (socorrido ao HC/FMUSP pelo Águia, estável, na enfermaria).

(Veja mais…)

Continuar lendo

PETROBRAS AUMENTA PELO 2° DIA SEGUIDO O PREÇO DA GASOLINA

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (12) que elevou em 0,90% preço médio da gasolina nas refinarias. A companhia também divulgou que manteve inalterado preço médio do diesel. Os reajustes serão válidos a partir desta quarta-feira (13). O preço médio do litro da gasolina passará de R$ 1,7542 para R$ R$ 1,770, enquanto o litro do diesel se manterá, na média, em R$ 2,1871.

Trata-se do valor mais alto para a gasolina desde 2 de novembro, quando o litro era comercializado a R$ 1,8466. Na véspera, a estatal elevou em 1,47% preço médio da gasolina, e manteve inalterado preço médio do diesel, nas refinarias. Com a nova alta, o combustível acumula avanço de 17,3% no ano.

A Petrobras adota novo formato na política de ajuste de preços desde 3 de julho de 2017. Pela nova metodologia, os reajustes acontecem com maior periodicidade, inclusive diariamente.

(Veja mais…)

Continuar lendo