phdvirtual

PROJETO VITA+ SOCIAL SERÁ LANÇADO NESTA QUINTA-FEIRA EM UPANEMA

A Agropecuária Vita+ inaugura nesta quinta-feira (27), um poço profundo e lança a pedra fundamental do Projeto Vita+ Social, às 9h, no Assentamento Monte Alegre, Zona Rural do município de Upanema/RN. O evento é o pontapé inicial do inovador projeto social da empresa que trará oportunidades e transformação à comunidade. “Esse poço é apenas um start de um projeto bem maior. Diante da expectativa dos moradores, acredito que esse equipamento vai ser um marco para a comunidade de Monte Alegre”, destacam os diretores Ricardo Rocha e Herickson Rocha.

No sertão nordestino a água é um bem mais que precioso, é garantia de vida e prosperidade. Para Ricardo, a perfuração do poço que possui 350 m de profundidade e a construção do chafariz, que tiveram investimentos de recursos próprios de mais de R$300 mil, visa contribuir com o abastecimento de água de qualidade na comunidade. “Sentimos a necessidade de construir esse equipamento devido as dificuldades encontradas pela comunidade no acesso à água”, explica.

Continuar lendo
phdvirtual

PROJETO VITA+ SOCIAL SERÁ LANÇADO NESTA QUINTA-FEIRA EM UPANEMA

A Agropecuária Vita+ inaugura nesta quinta-feira (27), um poço profundo e lança a pedra fundamental do Projeto Vita+ Social, às 9h, no Assentamento Monte Alegre, Zona Rural do município de Upanema/RN. O evento é o pontapé inicial do inovador projeto social da empresa que trará oportunidades e transformação à comunidade. “Esse poço é apenas um start de um projeto bem maior. Diante da expectativa dos moradores, acredito que esse equipamento vai ser um marco para a comunidade de Monte Alegre”, destacam os diretores Ricardo Rocha e Herickson Rocha.

No sertão nordestino a água é um bem mais que precioso, é garantia de vida e prosperidade. Para Ricardo, a perfuração do poço que possui 350 m de profundidade e a construção do chafariz, que tiveram investimentos de recursos próprios de mais de R$300 mil, visa contribuir com o abastecimento de água de qualidade na comunidade. “Sentimos a necessidade de construir esse equipamento devido as dificuldades encontradas pela comunidade no acesso à água”, explica.

O projeto social vai abranger as áreas de educação, saúde e lazer e já está em fase de planejamento a construção de um espaço amplo que vai oferecer serviços à comunidade como salas de aula para alfabetização de adultos e crianças até o ensino fundamental, serviço médico voluntário, aulas de conservação ambiental, horta comunitária, campo de futebol, além de laboratório de inclusão digital.

A Vita+ é uma empresa que busca interagir com outros públicos e, por isso, está aberta a parcerias com quem quiser também se engajar ao projeto, seja patrocinando ou incentivando. “Quando existe compromisso social e engajamento tudo caminha para o sucesso. Esse é o espirito que nos envolve e nos motiva a, de fato, levar esse trabalho adiante”, destaca Ricardo Rocha.

SERVIÇO
Evento: Lançamento do Projeto Vita+ Social
Data: 27/06/2019 (quinta-feira)
Horário: 9h
Local: Assentamento Monte Alegre, Zona Rural de Upanema/RN

Continuar lendo
phdvirtual

DEPUTADA ISOLDA DANTAS SERÁ HOMENAGEADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MOSSORÓ

A deputada estadual e ex-vereadora de Mossoró, Isolda Dantas (PT) recebe nesta quinta-feira (27), homenagem durante a sessão solene “23 anos do Mossoró Cidade Junina e os 18 anos do espetáculo Chuva de Bala no País de Mossoró”, que acontecerá às 18h30, na Câmara Municipal de Mossoró.

Isolda é homenageada pelo seu desempenho como Secretária Municipal de Cultura e militância no setor cultural no município de Mossoró e, agora no estado. A homenagem é uma proposição do mandato do vereador João Gentil (Patriotas).

Continuar lendo
phdvirtual

GASOLINA DE MOSSORÓ É A MAIS CARA DO RIO GRANDE DO NORTE

O preço dos combustíveis vem sendo um dos principais questionamentos dos consumidores mossoroenses, principalmente após os constantes aumentos que ocorreram nos últimos meses, especialmente em relação à gasolina. Esse questionamento é ainda maior se levado em consideração o fato de a gasolina em Mossoró ser a mais cara do estado, de acordo com o último levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

De acordo com a Agência, o preço médio da gasolina em Mossoró é de R$ 4,69, conforme o levantamento feito em 17 postos de combustíveis, entre os dias 16 e 22 de junho. Esta é a maior média do estado, dentro da comparação com os municípios que são fiscalizados pela ANP. Em Natal, por exemplo, o preço médio é de R$ 4,42.

A ANP averigua o preço dos combustíveis em três municípios do estado, além de Mossoró. São eles: Caicó, Natal e Parnamirim. Em Parnamirim e Caicó, a gasolina está custando, em média, R$ 4,36 e R$ 2,56, respectivamente. A ANP acompanha, por meio de monitoramento feito semanalmente, os postos de combustíveis desses municípios.

Com a média de R$ 4,69, o preço da gasolina em Mossoró ainda está bem acima da média registrada no Brasil, que é de R$ 4,44. O valor médio do combustível na segunda maior cidade do RN vem se mantendo há pelo menos duas semanas, após o anúncio da redução do preço dos combustíveis, que foi feito pela Petrobras.

Antes dessa redução, a gasolina em Mossoró estava custando, em média, R$ 4,88. Este valor acima da média estadual e nacional faz que os consumidores se sintam lesados, levando-se em consideração que o estado, além do município de Mossoró, é produtor de petróleo. O petroleiro Walter Dantas afirma que não consegue entender o motivo desse preço tão alto no município, diante dessa realidade de produção do município.

“Mossoró é o principal produtor de petróleo em terra do país e, mesmo assim, a gente continua pagando mais caro pelo combustível do que outros estados. Por exemplo, no estado da Paraíba, a gasolina é sempre mais barata em torno de R$ 0,30 do que no RN. E em relação a Mossoró nem se fala, porque a gasolina é mais cara do que a própria capital. Eu acho um desrespeito com a população, é nítido que aqui em Mossoró a gasolina é meio que tabelada. É um abuso enorme ter de pagar o combustível mais caro, sendo o principal produtor em terra da matéria prima. Não tem lógica, mas como a gente precisa, tem que nos sujeitar a pagar mais caro”, disse o petroleiro.

Mesmo com o preço acima da média, os mossoroenses já sentiram uma redução no preço da gasolina, que, no mês de maio, esteve custando, em média, R$ 4,78. No entanto, a segunda maior cidade do estado do Rio Grande do Norte foi a que apresentou a menor redução no preço dos combustíveis, mesmo após os anúncios que a Petrobras anunciou, desde o início do mês de junho.

Cidades como Natal e Parnamirim, por exemplo, apresentaram o preço médio da gasolina acima do preço em Mossoró (R$ 4,80 e R$ 4,83, respectivamente) no mês de maio. Esses municípios, após a redução do preço dos combustíveis, repassaram para os consumidores esse reajuste. É justamente esse repasse que é questionado pelos mossoroenses, uma vez que ele ocorre de forma lenta, quando se trata de uma redução do preço.

“Soube que no final de semana houve uma nova redução no preço dos combustíveis, algo em torno de 0,4%. Mas, esse reajuste nunca é repassado para os consumidores. Abasteci nesta segunda, 24, num posto próximo da minha casa e questionei ao frentista sobre essa redução, mas ele disse que não tinha conhecimento. São essas coisas que acho incríveis, porque quando há aumento, logo vemos o reajuste nas bombas, mas quando ocorre a redução, praticamente não é repassado esse decréscimo para a gente”, finalizou o petroleiro Walter Dantas.

Postos de Mossoró vendem etanol a preço menor do que a média

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) averigua, semanalmente, os preços dos combustíveis que são vendidos nos postos de Mossoró e de outros três municípios do estado do Rio Grande do Norte. De acordo com o último levantamento feito pela Agência, que monitorou os postos de combustíveis entre os dias 16 e 22 de junho, o preço médio do etanol que vem sendo cobrado nas bombas é de R$ 3,74.

No entanto, em alguns postos de Mossoró, os consumidores estão conseguindo abastecer com etanol a preço mais baixo do que foi registrado no levantamento da ANP. Ultimamente, devido o alto preço da gasolina, os consumidores estão optando pelo etanol para abastecer os veículos.

“Desde que o preço da gasolina começou a aumentar consideravelmente, eu comecei a optar pelo etanol. Embora o consumo desse tipo de combustível seja um pouco maior, pois ele evapora mais rápido, tem sido uma boa opção para mim, que tenho saído menos com o carro. Sem contar que já encontrei o etanol custando R$ 3,59 o litro, ou seja, bem mais em conta do que a gasolina, que está custando mais de R$ 4,50”, disse o comerciante Julio Santos.

Os consumidores relatam ainda que conseguem encontrar diferenças significativas entre o preço do etanol e do diesel nos postos de combustíveis de Mossoró, diferente do que acontece com o preço da gasolina. “O preço da gasolina é praticamente o mesmo em todos os postos de Mossoró. Mas, com o preço do etanol e do diesel, por exemplo, nós conseguimos ver uma diferença enorme em relação aos postos. Já vi posto que vende o diesel a R$ 4,80 o litro, enquanto outro posto vende a R$ 4,60. Uma diferença de R$ 0,20 por cada litro. O mesmo acontece com o etanol”, complementou o comerciante.

*Amina Costa/Jornal de Fato

Continuar lendo
phdvirtual

AISAMAQUE E MONTHALGGAN PARTICIPAM DE AUDIÊNCIAS PÚBLICAS SOBRE A CAERN E BARRAGEM DE UMARI

A Câmara Municipal de Upanema sediou duas audiências públicas entre as manhãs de sexta (21) e segunda-feira (24), para discutir a situação da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) e da Barragem de Umari (Senador Jessé Pinto Freire),respectivamente.

No primeiro encontro, a audiência teve como foco discutir a problemática dos constantes desabastecimentos de água na cidade, em virtude dos rompimentos da adutora que traz água da zona rural até a sede do município. O encontro viabilizou uma parceria entre a empresa e a Prefeitura de Upanema, a fim de realizar a substituição de 1 km da tubulação até o final do ano.

Já na segunda-feira, a Câmara foi palco do encontro promovido pela Assembleia Legislativa do RN, por meio de proposição apresentada pela deputada estadual Isolda Dantas (PT), para apresentar à população a real situação da barragem de Umari, que é considerado o terceiro maior reservatório do Rio Grande do Norte.

O presidente da Câmara, vereador Monthalggan ressaltou a importância do debate. “Trabalhamos de acordo com as demandas apresentadas pela população, e junto ao Executivo vamos cobrar a resolutividade desses problemas para amenizar os transtornos e trazer tranquilidade aos moradores da cidade”, informou.  

Nos dois encontros, os vereadores Aisamaque Dalyton (PT) e o presidente da Casa, Monthalggan Fernandes (PSB), cobram providencias imediatas para solução do problema e colocaram seus mandatos à disposição.  

“É muito importante destacar um ponto que não tem sido lembrado nesta audiência, que é a manutenção da comporta da barragem, que está quebrada há muito tempo. Com ela podemos aumentar ou diminuir sua vazão no período de inverno, e assim minimizar os riscos à população”, disse Aisamaque.  

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e do Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte (Igarn), descartou a possibilidade de rompimento do manancial, mas ressaltou a importância de sua manutenção, que demanda recursos e poderá ser viabilizada por meio de emendas parlamentares da Bancada Federal, acatando sugestão dos encaminhamentos retirados na reunião.

Continuar lendo