UM TEMPO PARA OUVIR E DE EQUIDISTÂNCIA

Por Carlos Santos – A ex-prefeita Cláudia Regina (DEM) não está alheia aos movimentos de personagens de proa da oposição em Mossoró.

Mas segue equidistante das conversas.

Surda, não.

A prioridade é a arrumação da casa, do Democratas. A tarefa é a quatro mãos, com seu ‘alter ego’ Petras Vinícius (DEM), vereador em primeiro mandato.

Com direitos políticos suspensos, ela não pode se candidatar a qualquer cargo eletivo em 2020.

Na corrida eleitoral de 2016, Cláudia Regina foi um ‘trator’ na campanha da chapa Tião Couto (PSDB, hoje no PR)-Jorge do Rosário (PR) à Prefeitura de Mossoró.

Para 2020, por enquanto é tempo de observar, mais ouvir do que falar.

Até aqui, tudo muito a distância.

VEREADOR DO DEM NO RN GANHA NOVO PRÊMIO NACIONAL POR SEU TRABALHO

No encerramento da XVII Marcha Nacional dos Vereadores, em Brasília (DF), nesta quinta-feira (26), o vereador mossoroense Petras Vinícius (Democratas) foi agraciado com o troféu Destaque Nacional. A comenda é pelos projetos desenvolvidos na área de inclusão social, que articula dentro e fora da Câmara Municipal de Mossoró desde o início do seu mandato.

O vereador aprovou na Câmara as leis de conscientização e atendimento preferencial para autistas, apresentou a proposta da primeira Escola Bilíngue do RN, onde seria ensinadas a Língua Portuguesa e a Língua Brasileira de Sinais. Em fevereiro desse ano, ao lado de quase 40 instituições e da ex-prefeita Cláudia Regina (DEM), produziu “A Praia é Para Todos” em Tibau/RN, com conscientização, gincanas, música, cadeiras anfíbias e botes adaptados atendendo a pessoais especiais.

“Esse é um compromisso do nosso Legislativo Municipal em dar voz as pessoas com deficiência e torná -las visíveis, como cidadãs que são em direitos e deveres. Esse prêmio pertence a todas as instituições e pessoas que acreditam nesse trabalho. Nossa gratidão e certeza renovada de que o lugar da pessoa com deficiência é na construção de uma sociedade cada vez mais inclusiva”, assevera o vereador Petras.

O parlamentar é pelo segundo ano consecutivo Destaque Nacional, sendo laureado pela União dos Vereadores do Brasil (UVB).

Fonte: Carlos Santos

DANIEL CASUZA É O NOME DO DEM NA DISPUTA POR UMA VAGA NA CÂMARA

O presidente do Conselho Municipal da Juventude, o jovem Daniel Casuza é o nome do Democratas na disputa por uma vaga na Câmara Municipal de Vereadores de Upanema. O líder estudantil está amadurecendo a ideia de entrar na disputa eleitoral de 2020, após convite feito pelo presidente da sigla na cidade.

Em conversa com a nossa redação, Daniel destaca que atualmente encontra-se filiado ao PSDB, onde faz parte da Comissão Provisória. Ele deverá assinar sua filiação ao Democratas durante evento que a legenda vai promover para receber os novos filiados.

Em tempo, Daniel é ex-presidente do Grêmio Estudantil (GEAF) da Escola Estadual José Calazans Freire.

DEM TERÁ NOMINATA COMPETITIVA PARA PRÓXIMO ANO

“Estamos organizando o partido, conversando com muitas pessoas”. Essas informações preliminares são do vereador Petras Vinícius, integrante da cúpula do DEM em Mossoró.

Ele fala ao Blog Carlos Santos e garante que a legenda estará “forte” em sua nominata com vistas à Câmara Municipal no próximo ano.

Importante lembrar, que a legislação em vigor veda a formação de coligações para cargos proporcionais a partir das eleições municipais de 2020, ou seja, para vereador.

No âmbito de Mossoró, cada partido terá que se virar para montar sua lista de candidatos, que deve ter total de 32 nomes.

“A gente terá uma nominata forte e participaremos ativamente das articulações oposicionistas, lutando por uma chapa majoritária consensual”, disse.

O DEM em Mossoró é presidido pela ex-prefeita Cláudia Regina.

Por Carlos Santos

FELIPE MAIA CRITICA APOIO DO DEM AO “MALUCO” CIRO GOMES

A falta de rumo do partido Democratas em nível nacional tem gerado a possibilidade de caminhos desvirtuados, para integrantes da sigla, no pleito eleitoral deste ano para a Presidência da República. Um desses caminhos é o apoio que o DEM pode dar à pré-candidatura de Ciro Gomes (PDT) ao Governo Federal, fato criticado até no Rio Grande do Norte, onde o partido apoiará o candidato pedetista ao Governo do Estado – que é Carlos Eduardo Alves.

A crítica, inclusive, é feita pelo deputado federal Felipe Maia, filho do ex-presidente nacional do DEM, o senador José Agripino – que recentemente desistiu de tentar a reeleição para fortalecer a chapa encabeçada por Carlos Eduardo ao Governo. Em declaração destacada na coluna Poder em Jogo, de Lydia Medeiros, Felipe Maia afirmou que o eleitor do DEM não entende o voto em Ciro Gomes. Mas não foi só: Maia também insinuou que o pré-candidato do PDT à Presidência é “maluco”.

“Nosso eleitor não aceita um candidato que quer colocar no meio da roda a reforma trabalhista, nosso maior legado aqui. Dizem que Bolsonaro é maluco. Mas Ciro e (Donald) Trump também são”, afirmou Felipe Maia, que defende uma reunião do partido para discutir outras possibilidades que não seja o pré-candidato do PDT.

A indefinição do DEM ganhou força desde que a pré-candidatura à Presidente de Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, “subiu no telhado”. O chefe do Legislativo Federal, inclusive, é um dos defensores do apoio a Ciro Gomes. Geraldo Alckmin (PSDB) e Jair Bolsonaro (PSL) seriam as outras opções do partido.

AgoraRN