PREÇO DA GASOLINA NAS BOMBAS CAI PELA 8ª SEMANA SEGUIDA

Etanol também ficou mais barato na semana passada. Queda foi de 0,46% (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Valor médio por litro ficou em 4,365 na semana passada; queda foi registrada em 24 estados e no Distrito Federal

O preço da gasolina voltou a abaixar nas bombas do país. Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), foi o oitavo recuo consecutivo, apesar da alta no valor do combustível nas refinarias. Em média, o litro ficou em 4,365 reais na semana passada, ante 4,402 reais no período anterior.

A queda foi registrada em 24 estados e no Distrito Federal. Apenas em Goiás e no Amapá foram registradas altas no combustível.

Na semana passada, a Petrobras subiu o preço da gasolina em cerca de 4% nas refinarias. As alterações são parte da política da companhia, que faz reajustes conforme a cotação do petróleo e do dólar. O repasse dos reajustes nas refinarias ao consumidor final depende dos postos.

Em São Paulo, o litro da gasolina baixou 0,93% na semana passada, de 4,187 reais para 4,148 reais, em média.

O etanol também registrou queda em postos de dezoito estados brasileiros e no Distrito Federal. O combustível ficou 0,46% mais barato na semana passada, com preço médio de 2,821 reais. Em São Paulo, o etanol caiu 0,75% em relação à semana anterior, de 2,650 reais para 2,630 reais o litro.

Competitividade

Com a queda no preço da gasolina, vale mais a pena abastecer com esse combustível do que com o etanol em 21 estados, que é vantajoso em Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Paraná e São Paulo.

Por ter menos poder calorífico, a ANP considera que o etanol é a melhor opção se ele custar menos que 70% do valor da gasolina.

Para saber como escolher, o consumidor deve dividir o valor do etanol pelo da gasolina. Se o resultado for inferior a 0,7, vale o etanol. Se for maior, a gasolina é a opção com custo-benefício melhor.

O preço do gás de cozinha também caiu. A média passou de 69,53 reais na semana anterior para 69,21 reais — uma queda de 0,46%. No ano, o preço médio do botijão subiu, até hoje, menos do que a inflação esperada para 2018 inteiro. A alta acumulada é de 2,6%.

 

Fonte: Veja

Deixe Sua Avaliação

LUIZ JAIRO ANUNCIA PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA EM DUAS NOVAS RUAS DA CIDADE

A Prefeitura de Upanema vai executar mais duas importantes obras na cidade. O anuncio foi feito pelo prefeito, ao participar da última sessão ordinária da Câmara Municipal.

Na Tribuna da Casa, Luiz Jairo (PR) disse que a pavimentação asfáltica da Av. Getúlio Vargas e da Rua Salviano Florêncio devem ser realizadas ainda nos primeiros meses de 2019, garantindo que o trecho deve ser o novo “Corredor Cultural” da cidade durante o período da festa de momo.

No mesmo pronunciamento, o prefeito também falou sobre a construção do hospital, que é um dos maiores sonhos da população de Upanema. A obra deve contar inicialmente com recursos próprios na ordem de mais de R$ 600 mil reais, além de emendas parlamentares conseguidas pelo gestor.

Deixe Sua Avaliação

PREFEITURA DE UPANEMA E BNB ASSINAM TERMO DE COOPERAÇÃO PARA FACILITAR E AMPLIAR ACESSO AO CRÉDITO

A Prefeitura de Upanema e o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) assinaram Termo de Cooperação, nesta segunda-feira (10), para facilitar e ampliar o acesso ao crédito no município.

O acordo foi firmado durante reunião realizada na sede da Ouvidoria, com a participação do prefeito Luiz Jairo; secretários municipais Renan Fernandes (Governo e Patrimônio), Givanilson Gonçalves (Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente) e Giovanni Bezerra (Assistência Social); além de representantes do BNB Iago Vinicius (coordenador do BNB em Mossoró), Joelson Cordeiro (coordenador de Carteira), Liliana Arruda (gerente de Micro-finanças), Maykel Filgueira (gerente do BNB) e Mahilde Nadyely (agente de crédito).

Ficou definido que o Município vai disponibilizar uma sala na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social para que o BNB possa realização os atendimentos à população, descartando, assim, a necessidade de deslocamento para Mossoró.

Outro benefício da parceria é a possibilidade de os recursos dos empréstimos circular na economia local, mediante o saque dos empréstimos nos caixas da Casa Lotérica. Quando o saque é feito em Mossoró, é forte a possibilidade de grande parte do empréstimo ser gasto lá mesmo, prejudicando a economia de Upanema.

Um dos motivos para o banco querer ampliar a sua atuação no município é o alto percentual de adimplência no pagamento dos empréstimos pelos clientes de Upanema. De cerca de R$ 2 milhões investidos em 2018 em Upanema, apenas as operações envolvendo cerca de R$ 16 mil apresentam algum tipo de atraso, revelou o BNB. O atendimento local do banco será feito pela agente de crédito Mahilde Nadyely.

Liliana Arruda adiantou que o objetivo é aumentar a quantidade de empréstimos aos upanemenses. “Essa parceria facilita o acesso ao cliente e, com isso, vamos conseguir alavancar os números e emprestar mais dinheiro para que a população possa ter mais benefícios. O pequeno empreendedor, que tem algum comércio e trabalha na área de serviços, ou pequena indústria, já pode procurar o ponto de atendimento para fazer seu atendimento”, destacou.

Renan Fernandes valorizou a parceria com o BNB e ressaltou que a Prefeitura de Upanema estará sempre aberta para se juntar a outras instituições em iniciativas que ajudem o povo de alguma forma. “Esse é um instrumento de fomento da economia e, por isso, estaremos sempre abertos a essas parcerias”, reforçou.

Luiz Jairo elogiou o trabalho de acesso ao crédito para os pequenos empreendedores desenvolvido pelo BNB. “Eu sempre gostei, admirei, apoiei e acreditei nos programas do BNB. Desde a Emanter, eu sempre trabalhei na mobilização da população. Agora temos a oportunidade, como gestor, de fazer essa parceria para propiciar um melhor atendimento à população”, declarou.

O prefeito observou que adimplência dos clientes de Upanema deve-se também ao pagamento em dia de servidores e fornecedores executado ao longo dos anos de suas duas gestões. “É o segundo banco que elogia a adimplência dos clientes de Upanema. Eu lembro que logo que abriram o Banco do Brasil aqui, o gerente veio me parabenizar em razão de a regularidade dos pagamentos da Prefeitura ter possibilitado a redução das taxas dos empréstimos consignados para os servidores do Município”, relatou.

Deixe Sua Avaliação

PREFEITURA ENTREGA PREMIAÇÃO DO INTERCOLEGIAL 2018

 

O prefeito Luiz Jairo fez a entrega da premiação das escolas que participaram da 6ª edição do Intercolegial 2018, realizada durante a festa de 65 anos de emancipação política de Upanema.

O ato contou com a participação do prefeito Luiz Jairo, do secretário municipal Renan Fernandes (Governo e Patrimônio); diretor e vice-diretor da Escola Estadual Alfredo Simonetti, Clayton Azevedo e Francisco José, respectivamente; diretora da Escola Municipal Maria Gorete, Denise Maria; diretor da Escola Estaual Calzans Freire, Diógenes Matoso; além de estudantes representando outras escolas premiadas.

Luiz Jairo parabenizou as estudantes e os profissionais presentes e reforçou seu compromisso na continuidade na realização do festival. “Esse é um evento importante que ganhou destaque nas festividades de emancipação política de Upanema e que terá continuidade enquanto estivermos à frente da gestão municipal”, assegurou o prefeito.

Veja a distribuição da premiação:

1° – Escola Estadual Professor Alfredo Simonetti (1031 pontos): R$ 1.100,00
2° – Escola Municipal Professora Maria Gorete de Carvalho Macedo (941 pontos): R$ 850,00
3° – Escola Estadual José Calazans Freire (937 pontos): R$ 650,00
4° – Escola Evangélica José Inácio da Costa (860 pontos): R$ 500,00
5° – Escola Municipal 13 de Maio (765 pontos): R$ 400,00
6° – Escola Municipal Vicente de Paula Rocha (675 pontos): R$ 300,00
7° – Escola Municipal Rita Dantas Veras (645 pontos): R$ 250,00
8° – Escola Municipal Luzia Miguel de Albuquerque (303 pontos): R$ 200,00

Deixe Sua Avaliação

PREFEITURA DE UPANEMA ANTECIPA PAGAMENTO DO 13° SALÁRIO DE TODOS OS SERVIDORES

A Prefeitura de Upanema vai antecipar o pagamento do 13° salário de todos os servidores. O salário extra já estará na conta dos servidores efetivos, comissionados e contratados na manhã desta terça-feira (11).

A decisão foi tomada pelo prefeito Luiz Jairo e visa permitir que os servidores possam programar melhor suas despesas de fim de ano, bem como aquecer por um período mais longo a economia local.

Com o pagamento antecipado do 13° salário, a gestão do prefeito Luiz Jairo encerrará mais um ano com todos os vencimentos dos servidores em dia, incluindo também férias e reajustes salariais.

“Desde que assumimos o Município, colocamos o pagamento dos servidores como uma de nossas prioridades, como forma de reconhecimento ao importante trabalho que eles desempenham. Felizmente, estamos encerrando este ano cumprindo esse compromisso mais uma vez”, destaca Luiz Jairo.

Deixe Sua Avaliação

DOCENTES DISCUTEM INDICATIVO DE GREVE AMANHÃ

Assembleia acontece às 9h na sede da ADUERN

Professore e professoras da UERN decidem, em assembleia amanhã (20) a partir das 9h, sobre um indicativo de greve para a categoria. A indicação foi pautada no dia 12 de Novembro,  quando os docentes realizaram discussão acerca da conjuntura política e as demandas emergenciais da universidade.

A definição sobre um indicativo de greve tem de ser realizada em assembleia de pauta única e os docentes entenderam que diante da condição precária de trabalho, os atrasos salariais e o não pagamento do 13º salário, é necessário discutir estratégias de pressão ao Governador Robinson Faria. A decisão de pautar o indicativo de greve foi aprovada por unanimidade pelos presentes.

A Assembleia acontece no salão da ADUERN e podem participar todos os professores e professoras da universidade, lotados em todos os campi.

Fonte: https://aduern.org.br/

Deixe Sua Avaliação

É MACHO: BOLSONARO DIZ QUE, SE FOSSE TEMER, VETARIA REAJUSTE PARA MAGISTRADOS

Ô presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou que, se fosse o presidente Michel Temer, vetaria o reajuste de 16% sobre o salário dos magistrados e da Procuradoria-Geral da República com base na Lei de Responsabilidade Fiscal.

A afirmação foi feita hoje (10) em entrevista à Rede Record de Televisão e a gravação foi publicada nas redes sociais de Bolsonaro.

Questionado pelo repórter, o futuro presidente disse que, se a decisão estivesse em suas mãos, vetaria o aumento.

“Agora, está nas mãos do presidente Temer, não sou o presidente Temer, mas se fosse, acho que você sabe qual seria minha decisão. Não tem outro caminho, no meu entender, até pela questão de dar exemplo. Eu falei antes da votação que é inoportuno, o momento não é esse para discutir esse assunto. O Brasil está numa situação complicadíssima, a gente não suporta mais isso aí, mas a decisão não cabe a mim. Está nas mãos do Temer. Eu, por enquanto, sou apenas o presidente eleito”, disse.

Jair Bolsonaro voltou a dizer que o STF “é a classe que mais ganha no Brasil, a melhor aquinhoada”, e que o reajuste do salário dificulta o discurso a favor da reforma da Previdência. “E complica pra gente quando você fala em reforma da Previdência, onde você vai tirar alguma coisa dos mais pobres, você aceitar um reajuste como esse”, afirmou.

O presidente eleito descartou que o Congresso vote esse ano uma emenda constitucional para alterar a Previdência, o que demandaria a suspensão da intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

Bolsonaro negou que vá usar a reforma da Previdência apresentada por Temer e ressaltou que recebeu propostas de mudanças na legislação infraconstitucional que já tramitam no Congresso, mas que só deve apresentar uma proposta quando assumir o mandato.

“Se nós bancarmos uma proposta dessa e formos derrotados [este ano], você abre oportunidade para a velha política vir pra cima de nós. (…) Eu tenho que começar o ano que vem com a nossa proposta e convencer os deputados e senadores a votar a nossa proposta. E tem que ser de forma paulatina, não pode querer resolver de uma hora para outra essas questões”, disse.

Em outro momento da entrevista, o presidente eleito disse que mudanças nas regras da aposentadoria devem respeitar os direitos adquiridos dos trabalhadores.

“Nós temos compromisso, temos contrato, as pessoas começaram a trabalhar lá atrás, ou já trabalharam, tinham um contrato, e você tem que cumpri-los, do contrário você perde a sua credibilidade”, afirmou.

Sobre a questão fiscal, afirmou que orientou sua equipe econômica para aumentar a arrecadação sem elevar impostos. Disse, ainda, que vai buscar maior abertura comercial para o país como forma de estimular a economia.

“A situação é crítica. Eu apelo a todos. Nós não queremos que o Brasil se transforme numa Grécia [que enfrentou recentemente grave crise econômica]. E a tendência, se nada for feito, e não tivermos a colaboração de todos, sem exceção, nós chegaremos a esse ponto”, afirmou.

Agência Brasil

Deixe Sua Avaliação

FPM É ZERADO PARA 45 CIDADES DO RIO GRANDE DO NORTE

Sede da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN (Foto: Demis Roussos)

O primeiro decêndio do Fundo de Participação dos Municípios do mês de Setembro, pago na última segunda-feira, dia 10, foi zerado para 45 cidades do Rio Grande do Norte. O não recebimento dos recursos afeta a situação financeira dos municípios.

Para a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN, a situação das cidades que tiveram o FPM zerado compromete a realização dos pagamentos realizados pelos prefeitos e o equilíbrio financeiro programado pelas gestões.

“A gravidade da crise econômica já impõe a realidade de praticamente não haver obras nos municípios, e um sacrifício imenso dos gestores, que contam com o FPM, para honrar os pagamentos. O Fundo zerado afeta o planejamento dos prefeitos”, disse Naldinho, presidente da FEMURN e atual Prefeito de São Paulo do Potengi.

Faltando menos de um mês para as eleições, Naldinho alerta para a importância da redefinição do pacto federativo: “Somente um novo pacto federativo pode dar novas e boas condições as nossas cidades, não só do RN, mas do Brasil inteiro. É preciso ter atenção na hora do voto, já que é a oportunidade de elegermos parte do congresso e um novo presidente comprometidos com pautas que melhorem nosso país”, afirmou o gestor.

Diversas cidades têm como principal fonte de recursos o FPM, que é dividido em três cotas mensais, repassadas pelo Tesouro Nacional nos dias 10, 20 e 30.

MUNICÍPIOS ZERADOS DE FPM NA PRIMEIRA COTA DE SETEMBRO/2018:

AFONSO BEZERRA

ALMINO AFONSO

ALTO DO RODRIGUES

ANTÔNIO MARTINS

AREIA BRANCA

BARAÛNA

BENTO FERNANDES

CARNAUBAIS

EQUADOR

EXTREMOZ

FELIPE GUERRA

FLORÂNIA

GALINHOS

GOV. DIX-SEPT ROSADO

GROSSOS

GUAMARÉ

IELMO MARINHO

IPANGUAÇU

JANDAIRA

JANDUIS

JOÃO CÂMARA

LAGOA D’ANTA

LAGOA DE VELHOS

MONTE DAS GAMELEIRAS

MOSSORÓ

NOVA CRUZ

PARANÁ

PARAZINHO

RIO DO FOGO

PEDRA GRANDE

PEDRO VELHO

PENDÊNCIAS

POÇO BRANCO

PUREZA

RAFAEL GODEIRO

TIBAU

SANTANA DO MATOS

SANTO ANTÓNIO

SÃO MIGUEL GOSTOSO

SERRA DE SÃO BENTO

SERRA DO MEL

TOUROS

TRIUNFO POTIGUAR

UMARIZAL

VILA FLOR.

Deixe Sua Avaliação

CONTA DE LUZ SUBIRÁ ATÉ 3,86% COM REAJUSTE DE RECEITA DE HIDRELÉTRICAS

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (17) reajuste de 45,52% na receita anual de geração de 69 usinas hidrelétricas que atuam no regime de cotas. A medida vai provocar aumento nas contas de luz entre 0,02% e 3,86%, segundo a Aneel. O impacto médio será de 1,54%.O impacto na conta de luz depende da data do reajuste aprovado pela Aneel e da quantidade de cotas (volume de energia) que cada distribuidora compra das hidrelétricas. O volume de cotas de cada distribuidora representa, em média, 22,64% dos contratos de energia das concessões.

A remuneração total recebida pelas usinas, de julho de 2018 a junho de 2019, será de R$ 7,944 bilhões.

Segundo a Aneel, a receita anual de geração é calculada considerando os valores do Custo da Gestão dos Ativos de Geração (GAG), acrescidos de encargos de uso e conexão, receita adicional por remuneração de investimentos em melhorias de pequeno e grande porte, investimentos em bens não reversíveis, Taxa de Fiscalização dos Serviços de Energia Elétrica, custos associados aos programas de Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética e eventuais ajustes.

O regime de cotas foi implantado por meio da Medida Provisória nº 579, de 2012, com renovação automática das concessões de usinas hidrelétricas. Para isso, as hidrelétricas tiveram que vender energia às distribuidoras por um preço fixo, determinado pela Aneel, ao contrário de firmarem preços conforme o mercado e as realidades das instituições.

ISTOÉ
Deixe Sua Avaliação

BOLSA FAMÍLIA NO RIO GRANDE DO NORTE TERÁ REAJUSTE EM 18 DE JULHO

Os beneficiários do Bolsa Família no Rio Grande do Norte começam a receber, a partir de 18 de julho, o reajuste de 5,67% no valor do benefício. O aumento deve fazer com que mais de R$ 684 milhões sejam injetados na economia brasileira até o fim do ano.

Em junho, o Bolsa Família no Rio Grande do Norte favoreceu 343.899 famílias, o que representa um investimento de mais de R$ 60 milhões. O reajuste deste mês é o segundo concedido pelo governo do presidente Michel Temer no Bolsa Família.

Deixe Sua Avaliação