FAKES NEWS: POR QUERER OU NÃO, OPOSIÇÃO FAZ COMPARAÇÃO SEM NEXO DE RECURSOS DOS ROYALTIES

Para fazer esse tipo de comparação de forma justa, seria necessário fazer a correção de valor do real ao longo desse período pelo IGP-M.

Fazendo a grosso modo e pegando como data base o fim do primeiro mandato de Jorge Luiz (sem partido), em dezembro de 2004, sem detalhar mês a mês (que seria necessário para termos um valor real de comparação) verificaremos, por exemplo, que os R$16.390.850,07 citados teriam valor corrigido de R$ 36.998.423,34, ou seja, praticamente o mesmo valor da gestão Luiz Jairo, do PL.

Se fossemos fazer mês a mês, o valor seria ainda maior. Mas esse não é o objetivo. Quero mostrar apenas que esse tipo de comparação entre valores crus, sem correção, pode ser classificado como fakes News.

Quem quiser fazer a correção dos valores basta acessar o site do Banco Central.

Confira os dados:

“O PT TEM É QUE BOTAR O RABO ENTRE AS PERNAS”

Cid Gomes, irmão de Ciro Gomes, também reforçou hoje suas críticas ao PT.

O senador eleito pelo Ceará disse à Rádio Gaúcha:

“O PT tem é que botar o rabo entre as pernas. Pedir desculpa. Pedir perdão ao povo brasileiro. Isso se quiser continuar partido e não como uma seita.”

E mais:

“A sinceridade dói. Quem tem humildade deve aprender com a sinceridade.”

CIRO DESEJA ‘BOA SORTE’ A BOLSONARO E DIZ QUE PRESIDENTE ‘ENFRENTARÁ’ OPOSIÇÃO

Em uma nota intitulada “meu pesar sobre 2018”, o candidato do PDT ao Planalto no primeiro turno da eleição, Ciro Gomes, desejou boa sorte a Jair Bolsonaro e disse que o presidente eleito enfrentará todos aqueles que se declararam oposição.

“Que não pense o senhor presidente eleito, nem de longe, em violar o respeito que deve ao conjunto da nação, independentemente de configurarem minorias ou grupos sociais críticos às suas posturas. Só assim merecerá o respeito à autoridade que adquiriu nas eleições”, diz a nota de Ciro, reforçando que Bolsonaro “enfrentará a todos nós que lhe movemos oposição dentro do marco da decência e do espírito público”.

O pedetista reconheceu a vitória eleitoral e ainda fez um comentário sobre a oposição que surgirá no próximo governo.

“Essa oposição que nasce não se confunde com forças que só defendem a democracia ao sabor de seus interesses mesquinhos ou crescentemente inescrupulosos ou mesmo despudoradamente criminosos”, escreveu Ciro, que evitou declarar apoio explícito a Fernando Haddad (PT) no segundo turno.

ISOLDA PARTICIPA DE ENCONTRO COM APOIADORES DE SUA PRÉ-CANDIDATURA EM UPANEMA

#VouComIsolda no município de Upanema com apoiadores/as da pré-candidatura de Isolda a deputada estadual, ontem (7), reuniu militantes petistas, de movimentos sociais, agricultores/as upanemenses, jovens, representantes de sindicatos, além de diversas lideranças da região pelo PT, como Aisamaque Dylon, vereador em Upanema, que declarou apoio a pré-candidatura de Isolda ao dizer que “A saída de Dilma e a prisão de Lula piorou a situação dos brasileiros com direitos ameaçados e em 2018 precisamos reverter apoiando uma pessoa próxima de nós que intermedia os interesses do povo”. Aisamaque tem esperança de que, mesmo com a atual conjuntura de retrocessos, é possível renovação dos parlamentares e alcançar novos êxitos.

Na ocasião, o agricultor Isma Vicente, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município de Upanema, disse em sua fala estar confiante com a pré-candidatura de Isolda por ver que poderá ser um mandato acessível: “Ver pessoas ao nosso lado nos ajudando a resolver problemas diários nos motiva a ter esperança no futuro, principalmente, nós que trabalhamos no campo”, disse o sindicalista.

A atuação e desempenho de Isolda em defesa do campo, da agricultura familiar e da economia solidária foi lembrada na fala de Lília Holanda, vereadora no município de Campo Grande: “Isolda representa a agricultura familiar, economia solidária, assentados/as. Ela tem a cara de cada um de nós, porque é filha de Upanema e sabe como é a vida no campo”. Lilia destacou diversos pontos da trajetória de Isolda, e acredita que, apesar da disputa não ser fácil, Isolda é qualificada para lutar pelas pautas populares.

A vereadora Isolda Dantas em sua fala fez relação entre o apelo do povo e a coragem de enfrentar uma candidatura com apoios de candidatos de Lula, do PT. “Acharam que prendendo Lula iriam nos derrubar, nos calar, mas só assanharam o formigueiro” e ressaltou a importância de votar em políticos petistas: “É muito importante votar nos companheiros/as do nosso partido para fortalecer a candidatura de Lula”. Isolda destacou também toda sua referência de vida na Caiçara em Upanema, onde começou a caminhada política, e enfatizou: “Nós vamos correr atrás do que tiraram do povo potiguar. Nós vamos disputar para ganhar”.

Fonte: Fan Page de Isolda Dantas

PESQUISA: SEM LULA, BOLSONARO É O PRIMEIRO

O deputado aparece na pesquisa com uma média de 20% das intenções de votos em três situações, onde o PT substitui Lula pela candidatura do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, que aparece com 2,1% a 2,4% das intenções de voto.

Marina Silva é a que mais se aproxima de Bolsonaro, com 12,8%, 13,4% e 13,9% das intenções de voto, dependendo do cenário. Sem Lula, Alckmin aparece com 8,7%. Já Ciro fica com 8,1%; Temer, 1,3%; e Maia varia entre 0,8% a 1,4%.

A pesquisa CNT/MDA ouviu 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões do País. A margem de erro é de 2,2 pontos porcentuais. A pesquisa foi feita entre 28 de fevereiro a 3 de março e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-06600/2018.