VOCÊ E O COMBATE À CORRUPÇÃO – “Um dedo de Prosa”

Combater a corrupção começando por você mesmo parece algo doloroso e egoísta. Furar uma fila, por exemplo, embora seja uma vergonha passageira, mas aquela vergonha momentânea é saldo em relação ao seu problema ser resolvido antes de muitos outros que aguardam horas para resolver a mesma coisa. Colocar o nome do colega na lista de frequência sem ele ter assistido a aula, permanecer com pertences alheios sabendo que o dono necessita; pegar o troco contendo dinheiro a mais no supermercado… Essas e tantas outras são corrupções do caráter que estamos sujeitos a cometê-las diariamente.

Defender um posicionamento contrário ao da corrupção na esfera da politica nacional não faz de nós seres éticos, nem politizados e muito menos comprometidos com a honestidade e com o próprio caráter. Precisamos entender que mesmo estando contra a corrupção estaremos contra nós mesmos por causa desses pequenos atos que nos igualam aos demais frentistas desse mal que tem assolado nosso dia-a-dia em diversos âmbitos segmentais.

Antes de sair nas ruas “contra a corrupção” pense bem, reveja seus conceitos e faça isso com a consciência limpa, sem enganar a si mesmo. Lógico que não estou aqui para defender nenhum partido corrupto ou tirar o foco da corrupção do âmbito nacional; quero apenas que você veja como é fácil olhar para os outros sendo que você se corrompe da mesma forma, porém por objetivos diferentes. Porque se você pensar que mesmo estando no erro pode ser contra ele, sem que passe por hipócrita é o mesmo que um FUMANTE dizer que o cigarro é algo que prejudica a saúde.

Sejamos contra a corrupção, mas antes estejamos aptos para isso, começando por nós mesmos! 😉

Diego Bezerra (jkbezerra22@gmail.com) 

Um dedo de prosa. 

  Gostou?

Comentários

Faça o seu

Comentário Facebook