Publicidade

TAXISTAS QUE FAZEM A LINHA MOSSORÓ-UPANEMA COMEMORAM AVANÇO DAS OBRAS EM TRECHO NA BR-110

Obras de terraplenagem estão sendo finalizadas no bairro Sumaré – Cacau

As obras de reestruturação da BR-110, que liga os municípios de Mossoró, Upanema e Campo Grande, seguem em ritmo acelerado. O serviço de terraplenagem está sendo finalizado no bairro Sumaré, próximo ao cruzamento da rodovia com a BR-304. O serviço está sendo executado em cinco frentes, com cerca de 250 homens divididos entre o trabalho de terraplenagem, Tratamento Superficial Duplo (TSD), pavimentação asfáltica, entre outras atividades.

Com os serviços sendo concluídos (a previsão do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – Dnit – é que a partir do mês de agosto a rodovia esteja completamente liberada para tráfego) os taxistas que fazem a linha Mossoró-Upanema estão otimistas, e já comemoram as vantagens que a obra trará para a categoria.
“O percurso que fazemos hoje é de aproximadamente 67 quilômetros, com cada viagem durando em média 45 minutos. Quando a BR-110 estiver concluída, essa distância vai cair em torno de 15km, ou seja, as viagens serão menores, o combustível gasto também, a expectativa é que o nosso trabalho fique melhor”, destaca o taxista Joseilton Costa.

Os motoristas ao mesmo tempo que comemoram a construção da rodovia, ficam apreensivos com a possibilidade do surgimento de novas linhas de transporte público fazendo o mesmo percurso. “Hoje o custo da viagem é de RS 12, nossa preocupação é que linhas de ônibus sejam instaladas e ofereçam um preço bem menor. Vamos aguardar”, diz Joseilton Costa.

Depois de algumas paralisações, as obras foram retomadas em outubro do ano passado e o serviço acelerado a partir do mês de dezembro. Inicialmente está sendo feito o trecho que liga os municípios de Mossoró e Upanema, que tem cerca de 50 quilômettos, mas parte já era pavimentada. As obras que ligam a estrada Upanema a Campo Grande, que tem 42 quilômetros, serão intensificadas após a finalização desses trabalhos.

As obras começaram a partir de Upanema e seguem no sentido Mossoró. 78 quilômetros serão reestruturados com um orçamento de R$ 84 milhões. A rodovia é considerada obra fundamental de ligação entre os estados do Rio Grande do Norte e Paraíba. O projeto está sendo executado com recursos provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2.

Fonte: Jornal O Mossoroense

Compartilhe
Publicidade

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL INVESTIGARÁ GARIBALDI POR USO DE VOO DA FAB

O Ministério Público Federal em Brasília decidiu abrir investigações preliminares contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), sobre o eventual uso irregular de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). A determinação é a mesma adotada pela Procuradoria na sexta-feira passada, 5, em relação ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que usou avião oficial para ir com parentes e amigos assistir à final da Copa das Confederações, no Maracanã.

A apuração contra Renan Calheiros foi aberta nesta quarta-feira, 10, e ficará a cargo do procurador da República Igor Nery Figueiredo, do 2º Ofício do Patrimônio Público. O presidente do Senado usou o avião da FAB para ir ao casamento da filha do líder do PMDB na Casa, Eduardo Braga (AM), em meados de junho.

Fonte: Robson Pires

Compartilhe
Publicidade

PREFEITURA DE UPANEMA FECHA PARCERIA PARA REALIZAÇÃO DA CARAVANA ECOLÓGICA

A Prefeitura de Upanema, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, fechou parceria para a realização da Caravana Ecológica do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (Idema). A ação será desenvolvida no mês de setembro próximo durante as comemorações dos 60 anos de emancipação política do município de Upanema e contará com o apoio das demais secretarias municipais.

Nesta quinta-feira, 11, foi realizado encontro entre representantes da Prefeitura de Upanema e do Idema na Câmara Municipal para tratar e adotar as primeiras medidas para realização da Caravana Ecológica.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Hermes Freire, afirmou que, com o aval do prefeito Luiz Jairo, a Prefeitura de Upanema vai disponibilizar toda a estrutura necessária para que a ação seja realizada com sucesso. “A Caravana Ecológica vem se somar às muitas atividades que estão sendo preparadas pela Prefeitura para a Semana Cultural de Upanema, que é a festa de emancipação da cidade”, destacou Hermes Freire.

A subcoordenadora de Planejamento e Educação Ambiental do Idema, Silvana Gomes, ressaltou que a Caravana Ecológica tem o objetivo de possibilitar à população local o acesso às informações relacionadas ao meio ambiente contribuindo para as mudanças de hábitos quanto à proteção ambiental e a qualidade de vida da população.

A secretária executiva do Idema, Simone Pereira, acrescentou que as ações de educação ambiental são desenvolvidas através de diversas atividades, como teatro, biblioteca, espaço da ciência, confecções de objetos, cinema na praça, cursos, palestras e atividades pedagógicas.

O encontro contou com a participação do Chefe de Gabinete, Nonato Garcia, secretárias Edimi Medeiros (Administração) e Rivanda Bezerra (Urbanismo e Ação Social), além de outros assessores e servidores da Prefeitura de Upanema. Novos encontros serão realizados para fechar a realização da Caravana Ecológica.

Fonte: Prefeitura de Upanema

Compartilhe
Publicidade
Publicidade

UPANEMA ESTÁ ENTRE OS 58 MUNICÍPIOS PRIORIZADOS PELO PROGRAMA MAIS MÉDICOS PARA O BRASIL NO RN

O programa Mais Médicos lançado pelo Governo Federal nesta semana ampliará a presença destes profissionais nas regiões carentes do país, como os municípios do interior e periferias das grandes cidades. Instituída por medida provisória pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, a iniciativa ofertará bolsa de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde, aos médicos que atuarão na atenção básica da rede pública de saúde. Terão prioridade na alocação desses profissionais 1.557 municípios de maior vulnerabilidade social, sendo 1.042 no Nordeste e 58 no Rio Grande do Norte.

As medidas, regulamentadas por portaria conjunta dos ministérios da Saúde e da Educação, integram o Pacto pela Saúde, lançado pela presidente Dilma em reunião com governadores e prefeitos de capitais no último dia 24, que prevê a aceleração de investimentos por mais e melhores hospitais e unidades de saúde e por mais médicos, totalizando R$ 15 bilhões até 2014. Deste montante, R$ 7,4 bilhões já estão contratados para construção de 818 hospitais, 601 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) e de 15.977 unidades básicas. Outros R$ 5,5 bilhões serão usados na construção, reforma e ampliação de unidades básicas e UPAs, além de R$ 2 bilhões para 14 hospitais universitários.
Já para os municípios, será preciso oferecer moradia e alimentação dos médicos, além de ter de acessar recursos do Ministério da Saúde para construção, reforma e ampliação das unidades básicas. Em todo o Brasil, os investimentos federais só na qualificação destes equipamentos de saúde somam R$ 2,8 bilhões, sendo R$ 63 milhões para o Rio Grande do Norte.
Para selecionar e levar os profissionais às regiões carentes serão lançados três editais: um para atração de médicos; outro para adesão dos municípios que desejam admiti-los; e um último para selecionar as instituições supervisoras. Será aceita a participação de médicos formados no Brasil, que terão prioridade no preenchimento das vagas, e também a de graduados em outros países, com preferência para brasileiros. Os estrangeiros só ocuparão as vagas remanescentes após a escolha destes dois grupos.
No caso dos médicos formados no exterior, só poderão participar aqueles oriundos de faculdades de Medicina com tempo de formação equivalente ao brasileiro, com conhecimentos em Língua Portuguesa, detentores de autorização para livre exercício da Medicina em seu país de origem e vindos de países onde a proporção de médicos para cada grupo de mil habitantes é superior à brasileira, hoje de 1,8 médicos/1 mil habitantes.

Além dos 1.557 municípios de maior vulnerabilidade social, também terão prioridade 25 Distritos Sanitários Especiais Indígenas no país.
Confira os municípios do RN que poderão ser beneficiados preferencialmente:
Afonso Bezerra
Água Nova
Alexandria
Antônio Martins
Arês
Augusto Severo
Bodó
Bom Jesus
Caiçara do Rio do Vento
Campo Redondo
Canguaretama
Caraúbas
Ceará-Mirim
Cerro Corá
Coronel Ezequiel
Doutor Severiano
Espírito Santo
Fernando Pedroza
Frutuoso Gomes
Galinhos
Ielmo Marinho
Jandaíra
Jardim de Angicos
João Dias
Lagoa d’Anta
Lagoa de Pedras
Lagoa Nova
Lagoa Salgada
Lajes Pintadas
Macaíba
Marcelino Vieira
Martins
Monte Alegre
Natal
Nova Cruz
Olho-d’Água do Borges
Parazinho
Passa e Fica
Patu
Pedro Avelino
Pedro Velho
Portalegre
Porto do Mangue
Pureza
Riacho da Cruz
Riacho de Santana
Riachuelo
Rio do Fogo
Santo Antônio
São José do Campestre
São Miguel
São Tomé
Serra de São Bento
Serrinha
Tangará
Tenente Laurentino Cruz
Touros
Upanema
 
Com informações do Ministério da Saúde.
Fonte: Tribuna do Norte
Compartilhe
Publicidade

COMO COORDENADOR DA BANCADA, JOÃO MAIA DESTACA PAUTA DISCUTIDA NA REUNIÃO COM PREFEITOS

A pauta prioritária abordou cinco itens: Aumento de 2% no Fundo de Participação dos Municípios; Reajustes dos Programas Federais; Encontro de contas da Previdência; Reposição das desonerações de IPI e da CIDE e a regulamentação de serviços na Lei Complementar do ISS. O deputado João Maia reconheceu a situação dos municípios e disse: “O Governo Federal precisa olhar melhor, pois os prefeitos ficam felizes quando conseguem pagar a folha de pagamento”. E indagou: “E os investimentos?”, argumentou o deputado.

O coordenador da bancada do RN também esclareceu que participou nesta terça-feira da reunião que discute o orçamento impositivo. João Maia fez o alerta: “A matéria será votada no dia seis de agosto e aí os recursos das emendas individuais vão ser assegurados e o parlamentar pode destinar para o município e garantir a sua execução”. Outro ponto detalhado pelo deputado João Maia foi à importância do Pacto Federativo. João Maia pediu que os prefeitos priorizassem suas demandas. “Sem um novo pacto, estados e municípios vão continuar na situação que se encontram atualmente”, alertou.

Fonte: Robson Pires

Compartilhe
Publicidade

ASSESSOR DE HENRIQUE VÍTIMA DE ASSALTO DEVE VIRAR SUSPEITO

De vítima pode passar a investigado Wellington Ferreira da Costa, secretário parlamentar do presidente da Câmara, Henrique Alves, que alega ter sido assaltado, em Brasília, por ocupantes de um Fiat Strada que fecharam seu Ômega e, armados, roubaram-lhe R$ 100 mil de origem ainda não explicada.

A polícia ficou desconfiada após Wellington alegar “stress” para não prestar depoimento, quinta (4), e viajar “em férias”. Se continuar evitando a policia, poderá ser conduzido “coercitivamente”. A assessoria do presidente da Câmara não responde às ligações sobre o assunto, tampouco Henrique Alves, chefe do suposto assaltado.

O dinheiro roubado de Wellington foi sacado três dias antes assalto. “Passou-se muito tempo entre o saque e o furto”, desconfia um policial. O presidente da Câmara, Henrique Alves, pode ser convidado a ajudar a policia nas investigações, ajudando a esclarecer o caso.

Fonte: Por Cláudio Humberto – Robson Pires

Compartilhe
Publicidade