HENRIQUE ALVES GANHA LIBERDADE

O juiz Francisco Eduardo Guimarães concedeu na noite desta quinta-feira (12), liberdade ao ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves. Ele estava cumprindo prisão domiciliar.

A decisão ocorre dias após o depoimento do ex-ministro na Operação Manus.

A justiça federal do Distrito Federal  já tinha concedido a liberdade a Henrique Alves na Operação Sepsi.

Compartilhe
Publicidade

FELIPE MAIA CRITICA APOIO DO DEM AO “MALUCO” CIRO GOMES

A falta de rumo do partido Democratas em nível nacional tem gerado a possibilidade de caminhos desvirtuados, para integrantes da sigla, no pleito eleitoral deste ano para a Presidência da República. Um desses caminhos é o apoio que o DEM pode dar à pré-candidatura de Ciro Gomes (PDT) ao Governo Federal, fato criticado até no Rio Grande do Norte, onde o partido apoiará o candidato pedetista ao Governo do Estado – que é Carlos Eduardo Alves.

A crítica, inclusive, é feita pelo deputado federal Felipe Maia, filho do ex-presidente nacional do DEM, o senador José Agripino – que recentemente desistiu de tentar a reeleição para fortalecer a chapa encabeçada por Carlos Eduardo ao Governo. Em declaração destacada na coluna Poder em Jogo, de Lydia Medeiros, Felipe Maia afirmou que o eleitor do DEM não entende o voto em Ciro Gomes. Mas não foi só: Maia também insinuou que o pré-candidato do PDT à Presidência é “maluco”.

“Nosso eleitor não aceita um candidato que quer colocar no meio da roda a reforma trabalhista, nosso maior legado aqui. Dizem que Bolsonaro é maluco. Mas Ciro e (Donald) Trump também são”, afirmou Felipe Maia, que defende uma reunião do partido para discutir outras possibilidades que não seja o pré-candidato do PDT.

A indefinição do DEM ganhou força desde que a pré-candidatura à Presidente de Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, “subiu no telhado”. O chefe do Legislativo Federal, inclusive, é um dos defensores do apoio a Ciro Gomes. Geraldo Alckmin (PSDB) e Jair Bolsonaro (PSL) seriam as outras opções do partido.

AgoraRN

Compartilhe
Publicidade

CÂMARA E PREFEITURA BUSCAM SOLUÇÕES CONTRA FECHAMENTO DA COMARCA DE UPANEMA

A desativação da Comarca de Upanema, anunciada pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ-RN), após Resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), está mobilizando os poderes Legislativo e Executivo, que buscam soluções contra o fechamento do Fórum Desembargador Wilson Dantas.

Mobilizados nesse sentido, uma comitiva liderada pelo presidente da Casa, vereador Monthalggan Fernandes (PSB), e o prefeito Luiz Jairo (PR), participaram de uma reunião no Fórum, na manhã desta segunda-feira (09), para ouvir os funcionários e discutir as ações que serão realizadas posteriormente, afim de manter os serviços realizados pelo órgão na cidade.

Pela Resolução (184/2013) do CNJ, as Comarcas que não ultrapassarem a média anual de 439 processos, devem ser fechadas e toda demanda encaminhada as Comarcas de maior porte. No caso do RN, além de Upanema, que seria agregado a cidade de Campo Grande, estão em processo de extinção as comarcas de Almino Afonso, Arês, Cruzeta, Pedro Velho, Portalegre, Santana dos Matos, São Bento do Norte, São João do Sabugi e São Tomé.

“As informações que temos, é que a cidade de Upanema já dispõe de uma demanda suficiente para garantir a permanência da nossa Comarca”, destacou Monthalggan Fernandes, ressaltando ainda que, somente em 2017, o órgão ultrapassou a média, chegando a 647 novos processos.

O encontro contou ainda com a presença dos vereadores Aisamaque Dalyton (PT), Edson Bezerra (PP), Franklin Moura (PRP), Higor Talisson (Pode), Ibamar Costa (PR), e o Procurador-Geral do Município. Rodolfo Rodrigues.

Compartilhe
Publicidade

JOÃO MAIA CONVIDA FILIADOS E SIMPATIZANTES PARA ENCONTRO REGIONAL DO PR EM NATAL

Presidente estadual do PR e pré-candidato a deputado federal João Maia (Foto: © Reprodução/Instagram)

Neste sábado, dia 7 de julho, a partir das 9 horas da manhã, no Espaço América, no Tirol, em Natal, o Partido da República (PR) realizará o grande Encontro Regional da legenda com a presença de lideranças de todo o Rio Grande do Norte. Será o encerramento da programação de eventos do PR que teve como tema principal: “Trabalho para Fortalecer o RN”.

Como convidado especial, Gaudêncio Torquato, professor titular da USP, jornalista, consultor e analista político, que fará uma palestra com o tema: “Momento político atual”. “Torquato irá informar e iluminar as tomadas de decisões para as eleições e os projetos para o RN”, destaca João Maia.

O presidente estadual do PR e pré-candidato a deputado federal João Maia, utilizou o seu perfil no Instagram para fazer um convite especial aos filiados e simpatizantes do partido para participar deste momento tão importante que antecede o futuro político dos potiguares para os próximos quatro anos.

Compartilhe
Publicidade

ZENAIDE MAIA DIVULGA LIBERAÇÃO DE RECURSOS FINANCEIROS ORIUNDOS DE EMENDAS IMPOSITIVAS PARA O RN

A deputada federal Zenaide Maia, contando apenas com as emendas impositivas de sua autoria, pois já não recebe nenhuma verba extraordinária do Governo Federal, sente-se honrada em poder beneficiar diversos municípios e entidades do Rio Grande do Norte, com recursos financeiros oriundos de suas emendas parlamentares impositivas.

Na área de saúde, até o presente momento, já foram liberados R$ 2.330.000,00 (Dois milhões e trezentos e trinta mil reais) de um total já empenhado de R$3.529.918,00 (Três milhões, quinhentos e vinte e nove mil, novecentos e dezoito reais), beneficiando aproximadamente 18 municípios.

Na área da educação foram liberados aproximadamente R$1.000.000,00 (Um milhão de reais), beneficiando diversos campos do Instituto Federal de Educação. Na área de infraestrutura foram liberados R$ 850.000,00 (Oitocentos e cinquenta mil reais) para cinco municípios. No total, os recursos provenientes das emendas da Deputada Zenaide Maia totalizaram R$4.180.000,00 (Quatro milhões e cento e oitenta mil reais).

“Fico feliz em poder ajudar os municípios do meu Estado, pois na minha escolha não levo em consideração a cor partidária e sim as reais demandas que chegam ao meu gabinete proveniente dos representantes municipais”, concluiu a deputada Zenaide Maia.

Compartilhe
Publicidade

‘NÃO SOU POMBO-CORREIO PARA ANDAR COM TORNOZELEIRA’, DIZ LULA

Ex-presidente teria avisado a seus advogados, nesta segunda-feira (25), que não tem interesse em pena alternativa

Preso desde o dia 7 de abril, na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse aos seus advogados, nesta segunda-feira (25), que não tem interesse em pena alternativa.

O recado foi passado em meio ao pedido de liberdade, feito pela defesa do petista, no Supremo Tribunal Federal (STF), para que ele possa aguardar em liberdade o julgamento de mais um recurso contra a condenação na Operação Lava Jato.

Lula cumpre pena de 12 anos e um mês de prisão, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá (SP). De acordo com informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o ex-presidente afirmou que não é “pombo-correio para andar com tornozeleira”.

No recurso impetrado no STF, os advogados dizem que “o dano concreto que se objetiva cessar é dirigido à liberdade do agravante, custodiado na Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba há 80 dias, mesmo a liberdade sendo bem jurídico de primeira importância em qualquer Estado Democrático de Direito”, sustentam os advogados do petista.

Compartilhe
Publicidade

DEPUTADOS ‘TROCAM’ DEBATE SOBRE AGROTÓXICOS POR FOTO DE MULHER SEMINUA E FUTEBOL

Comissão da Câmara dos Deputados aprovou parecer que flexibiliza regras para comercialização

O deputado Cesar Halum (PRB-TO) mostra foto de mulher seminua a um colega – Daniel Marenco/Agência O Globo

BRASÍLIA — Depois de seguidos adiamentos e de uma série de discussões acaloradas, os deputados da Comissão dos Agrotóxicos votaram nesta segunda-feira o parecer do relator Luiz Nishimori (PR-PR) que flexibiliza as regras para a comercialização do produto no Brasil. Em quase dois meses de debates, o assunto mobilizou a atenção diferentes setores da sociedade, opondo representantes do agronegócio e um amplo movimento formado por artistas, ambientalistas e dirigentes de entidades ligadas ao meio ambiente e à área da saúde.

Apesar de todo o interesse em torno do assunto, alguns deputados encontraram questões mais urgentes para prestar atenção. Durante os debates acalorados, o deputado César Halum (PRB-TO), por exemplo, se divertia olhando a foto de uma mulher seminua em seu celular. Flagrado pelo GLOBO, Halum colocou a culpa no seu aparelho que seria “invadido por besteiras” a todo momento.

Continue lendo AQUI.

Compartilhe
Publicidade

CHAPA PROPORCIONAL VIRA “NÓ” PARA PRINCIPAIS CANDIDATOS AO GOVERNO DO ESTADO

Blog do Barreto – Os pré-candidatos ao Governo do Estado e ao Senado Federal estão também preocupados com as chapas proporcionais que serão decisivas para atraírem as melhores alianças majoritárias. O famoso quociente eleitoral é o fator decisivo para cada deputado, seja estadual ou federal. Uma coligação ou partido terá que ter cerca de 70 mil votos para eleger a primeira vaga na Assembleia Legislativa. Já para a deputado federal o cálculo é estimado em 200 mil votos para cada uma das oito vagas em questão. Lembrando que esse ano tem um fator novo. As sobras eleitorais beneficiarão partidos que não atingiram o quociente eleitoral. A medida, neste caso, beneficia pequenos partidos.

Somando a votação de todos os candidatos por coligação, aí gera quanto cada aliança fará para a Assembleia Legislativa e a Câmara dos Deputados. A Justiça Eleitoral não considera eleito para deputado, quem tem mais votos, mas sim a soma dos votos de todos os candidatos por coligação. Em 2014, por exemplo, Vivaldo Costa, Larissa Rosado, Adan Eridan, Major Fernandes, Bispo Francisco de Assis, Amazan e Leonardo Nogueira tiveram mais votos que os deputados Souza Neto (PHS) e Carlos Augusto Maia (PCdoB), que conseguiram pouco mais de 20 mil votos em alianças menores.

A “chapa fechada” Carlos Eduardo (Governo), Garibaldi Filho e José Agripino (Senado) estão enfrentando problemas na questão das nominatas do PDT, MDB e DEM. É que baseados em pesquisas e comparando o resultado de 2014, só tem medalhões para concorrer a Assembleia Legislativa: Hermano Morais, Adjuto Dias e Nelter Queiroz pelo MDB, além do deputado Getúlio Rego no DEM, que almejam mais de 50 mil votos. Álvaro Dias foi o menos votado do MDB com 34 mil votos, mas quando assumiu a Prefeitura do Natal em abril decidiu lançar o filho, Adjuto Dias, que tem perspectiva, graças a máquina pública municipal, para sair somente da capital com 20 mil votos, segundo analistas eleitorais. O PDT de Carlos Eduardo só tem a vereadora Nina Souza como postulante a Assembleia Legislativa.

O PSB do vice-governador Fábio Dantas só tem o deputado Ricardo Motta e analisa lançar a ex-prefeita de Mossoró, Fafá Rosado. Alguns nomes menores foram incentivados como o jovem empresário Artur Maynard, de Caicó e o vereador Franklin Capistrano em Natal, mas juntos não conseguem 20 mil votos em todo Estado. Existe a possibilidade de lançar Fábio Dantas a estadual e tentar emplacar a deputada Cristiane Dantas do PPL como vice-governadora na chapa de Fátima Bezerra, do PT. Falta só convencer o PT aceitar uma aliança do PSB de Ricardo Motta, com o PHS de Souza Neto e o PCdoB de Carlos Augusto Maia.

O PT da senadora Fátima Bezerra tem nominata própria, mas não aceita aliança com o PHS do deputado Souza Neto e talvez faça com o PCdoB do deputado Carlos Augusto Maia. Os nomes do ex-prefeito de Parelhas, Francisco Medeiros, da vereadora Isolda Dantas (Mossoró), do vereador de São Gonçalo, Eraldo Paiva, da jovem Mada Maia, filha da deputada federal Zenaide Maia, além do vereador de São Paulo do Potengi, João Cabral, entre outros estão sendo mobilizados em cada região do Estado.

Já o PSD do governador Robinson Faria, tem uma chapa reforçada na proporcional. Os deputados Galeno Torquato, que atua no Alto Oeste, Vivaldo Costa no Seridó, Dison Lisboa no Agreste Potiguar e Jacó Jácome em Natal e no segmento evangélico são postulantes à reeleição. Ederlinda Dias que parte com o apoio do prefeito de Macaíba, Fernando Cunha, e os ex-prefeitos Ivan Júnior (Assu) e Wellinson Ribeiro (Canguaretama), além de Raimundo Costa, ex-secretário estadual de Assuntos Fundiários e Reforma Agrária, também serão postulantes.

O PSB de Fábio Dantas, o PDT de Carlos Eduardo e o PSD de Robinson Faria devem ter a melhor chapa proporcional para desembarcar o PSDB que tem nove deputados, o PR de João Maia e o PP de Rosalba Ciarlini, que prioriza a reeleição do deputado federal Beto Rosado e a candidatura do publicitário Kadu Ciarlini a estadual.

Compartilhe
Publicidade