phdvirtual

PREFEITO LUIZ JAIRO PARTICIPA DE REUNIÃO DA AMORN EM MARTINS

O prefeito Luiz Jairo participou no último sábado, 03, da Quarta Assembleia Geral Ordinária da Associação dos Municípios do Oeste do Rio Grande do Norte (Amorn) realizada no município de Martins.

O evento contou com a participação da presidente da Amorn, prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, da governadora Rosalba Ciarlini, do secretário de Turismo do Estado, Renato Fernandes, e vários outros prefeitos.

O tema do quarto encontro entre os prefeitos do Oeste foi turismo regional e a cooperação entre os municípios para licenciamento ambiental.

Luiz Jairo destacou que o entro foi importante para debater o turismo da região e, principalmente, para reforçar o pedido de ações para os municípios à governadora. “Foi mais uma oportunidade de estar e cobrar de Rosalba medidas de ajuda a Upanema”, ressaltou o prefeito.

Fonte: Prefeitura Municipal de Upanema

Compartilhe
phdvirtual

VICE-PREFEITO DESCARTA ROMPIMENTO

A Capa do Jornal de Upanema deste mês estampou em letras garrafais um suposto rompimento da família do vice prefeito com a administração do atual prefeito Luiz Jairo. O título do texto diz “Família do vice-prefeito prestes a romper com administração”. Apesar de não citar os nomes, o Jornal diz que foi procurado por dois influentes membros da família, onde os mesmos mostraram-se indignados com a falta de compromisso do prefeito com a família.
O texto do Jornal fala também que Anísio Júnior tem tentado conciliar os insatisfeitos da família, mas o posicionamento dos mesmos já estão definidos.
O Blog do professor Josiel ao saber previamente da matéria, no sábado passado, procurou o prefeito Luiz Jairo para saber se o mesmo tinha conhecimento dessa insatisfação. O prefeito ficou absolutamente surpreso com a notícia e disse que entre ele e Anísio Júnior existe uma harmonia única no Estado. “Quando fui a Brasília com Anísio, muitos prefeitos Potiguares ficaram surpresos em ver nosso entrosamento”. Disse o prefeito, e continuou: “Não acredito em tais especulações”.
Procuramos também o Vice-prefeito e por telefone o mesmo ficou chocado com a matéria. Segundo Anísio Júnior, a matéria do Jornal deveria ter citado a fonte e que as lideranças políticas da família é ele e sua Mãe, a ex-vereadora de 5 mandatos, Maria José. “Esse tipo de notícia tem que ter fonte. Eu falo por mim, por minha mãe e por meus irmãos. Quem fala pela família é eu e minha mãe”. Disse o vice-prefeito.
Anísio Júnior falou ainda que se existe algum insatisfeito na família, isso configura-se em um fato isolado. Mas as decisões políticas da família sempre são feitas em consonância com suas idéias e de sua mãe, Maria José.
Fonte: Blog do Professor Josiel Gondim
Compartilhe

NO BLOG DO PROFESSOR JOSIEL GONDIM

PREFEITURA FARÁ ILUMINAÇÃO NO TRECHO URBANO DA BR 110

O Prefeito Luiz Jairo juntamente com os funcionários da COSERN visitaram na tarde da última sexta-feira,02/08, o trecho urbano da BR – 110, localizado na Avenida 16 de Setembro, sentido Upanema-Campo Grande. O objetivo da vistoria é iluminar aquele local onde acontece um intenso trafego de pedestres que caminham no final da tarde para o início da noite todos os dias. O prefeito Luiz Jairo quer oferecer tranquilidade e segurança a essas pessoas. O local é estratégico, pois é uma das principais vias de acesso ao município.
O prefeito já autorizou, e os funcionários da empresa responsável pela execução da obra já estão fazendo um levantamento dos custos financeiros da obra e a quantidade de postes que serão utilizados.
A estimativa é que nas próximas semanas a empresa inicie a colocação dos postes, que segue no mesmo formato dos que estão instalados no trecho Upanema-Mossoró.
Além disso, a mesma empresa também fará os ajustes necessários na carga de energia da Unidade Básica de Saúde Raimundo Nonato Cândido e no Mercado Público Municipal. A Unidade de Saúde, após a reforma, receberá a instalação da vários ar condicionados, e a carga elétrica terá que ser reavaliada. Já o mercado, nos dias de segunda-feira vem apresentando quedas no fornecimento de energia, prejudicando não só os vendedores, mas também todos os cidadãos.
Essa é, sem dúvidas, mais uma marca importante da atual gestão!
Compartilhe
phdvirtual

PREFEITOS OESTANOS PRESTAM SOLIDARIEDADE A CLÁUDIA REGINA

A prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, recebeu uma demonstração coletiva de apoio e solidariedade dos prefeitos da região Oeste Potiguar, por causa das investidas de setores da política mossoroense que vem tentando utilizar a Justiça Eleitoral para criar clima de instabilidade na administração municipal. Foi durante a 4a. Reunião Ordinária da Associação dos Municípios do Oeste do Rio Grande do Norte (AMORN), realizada no sábado (03/08/2013), na cidade de Martins

O movimento dos prefeitos oestanos foi puxado pelo gestor da cidade de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato. Logo depois da abertura da reunião ele pediu o microfone e disse que tinha um comunicado a fazer, acordado com os colegas que estavam presentes no encontro de Martins.

“Prefeita Cláudia Regina, conhecemos sua capacidade de luta e dedicação. O belo trabalho que a senhora vem fazendo em Mossoró é inspirador para todos nós, prefeitos. Por isso, para o bem do povo de Mossoró e da nossa região Oeste, queremos manifestar nosso mais irrestrito apoio”, disse Fabrício Torquato.

O discurso de Fabrício Torquato foi acompanhado de pé pelos prefeitos presentes ao encontro de Martins. Houve entendimento consensual entre os gestores oestanos de que precisam estar coesos nesse apoio a Cláudia Regina. A crítica é quanto a políticos que tem dificuldade de respeitar a decisão popular, manifestada nas urnas, e tentam forçar turno extra nas eleições apenas no intuito eleitoreiro de se criar instabilidade administrativa.

“Prefeita Cláudia, nesses sete meses de convivência aprendemos a admirar a senhora naturalmente. Sua simplicidade, atenção, disposição e capacidade de trabalho cativa a todos. Por isso pedimos que não tenha medo. A Justiça será feita e a vontade soberana do povo de Mossoró será respeitada”, disse Fabrício Torquato, arrancando aplausos, de pé, de todos os presentes na reunião.

Cláudia Regina agradeceu o discurso de Fabrício e a manifestação dos demais prefeitos do Oeste. A prefeita de Mossoró comentou, pela primeira vez, o julgamento realizado no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), na quinta-feira passada (01/08/2013). Ela disse que em momento algum teve medo e que em todos os instantes sua maior preocupação era garantir a estabilidade do Município.

“Vou dividir com vocês o que só as pessoas que trabalham diretamente comigo sabem. Naquele momento, enquanto acontecia a sessão do TRE, eu estava em meu gabinete, trabalhando. Por mais difícil que fosse aquele momento, eu precisava garantir a ordem e normalidade administrativa. Tinha comigo, primeiro, a fé em Nosso Senhor Jesus Cristo. A confiança na Justiça Divina. Em seguida, a convicção de que a Justiça humana também seria feita, pois conheço a seriedade daquela corte”, disse Cláudia Regina.

A prefeita de Mossoró, em resposta aos colegas gestores de municípios oestanos, assegurou que nada vai desanimá-la ou lhe tirar do foco. “Eu recebi uma missão, confirmada por maioria absoluta dos eleitores de Mossoró. Meu compromisso é com o povo e vou seguir firme para honrar essa confiança”, disse Cláudia.

Fonte: Blog do Pedro Carlos

Compartilhe

MUITA TEORIA E POUCA PRÁTICA FORMAM OS PROFESSORES

“Não dá para formar um professor só lendo Piaget.”

A frase é do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em alusão à carga teórica dos cursos que formam docentes para a escola básica, como a literatura de Jean Piaget, pensador do século 20.

Foi dita recentemente em encontro com mil secretários municipais da área de ensino. Arrancou aplausos.

A declaração sintetiza a avaliação dos gestores de que a formação universitária dos futuros professores da educação básica é um dos entraves para a melhoria da qualidade do ensino no país.

A reclamação é que os futuros docentes têm muito contato com teóricos da educação, mas terminam o curso despreparados para enfrentar salas de aulas.

CARGA HORÁRIA

Um dos mais amplos estudos no país sobre currículos das licenciaturas foi feito recentemente pelas fundações Victor Civita e Carlos Chagas.

O trabalho apontou que nos cursos de licenciatura do país que formam professores de português e de ciências, a carga horária voltada à docência fica em 10%.

Já o tempo destinado aos conhecimentos específicos das áreas passa dos 50%.

“Os professores chegam às escolas com bom conhecimento da sua disciplina, mas não sabem como ensinar”, disse à Folha o secretário estadual de Educação de São Paulo, Herman Voorwald.

Na opinião do secretário, cuja rede tem 200 mil professores, um docente de matemática, por exemplo, é muito mais um matemático do que um professor.

Para Voorwald, as licenciaturas deveriam ter menos conteúdos específicos das matérias e mais técnicas sobre como dar aulas.

Presidente da comissão de graduação da Faculdade de Educação da USP, Manoel Oriosvaldo discorda que a formatação dos cursos de pedagogia e de licenciatura seja responsável pela má qualidade do ensino básico.

“Com o salário que se paga ao professor, é difícil convencer um jovem a assumir uma sala de aula”, afirma. “Se as condições de trabalho melhoram, sobe o nível de quem seguirá na carreira.”

Especificamente sobre os currículos, ele diz que diminuir a teoria dos cursos “simplifica o papel do professor”.

Para Oriosvaldo, a teoria permite que o professor consiga refletir sobre sua atividade constantemente. E corrigi-la quando necessário.

Além disso, o docente deve ter condição de ensinar aos alunos o histórico que levou à resolução de uma equação, por exemplo. Assim, o jovem conseguirá também produzir conhecimento.

SEM MUDANÇAS

A maioria dos alunos e dos coordenadores dos cursos de formação de professores tem avaliação semelhante à do professor da USP, mostra estudo feito pela Fundação Lemann, a pedido da Folha.

O trabalho aponta que há menos coordenadores de cursos de pedagogia ávidos por mudanças em seus currículos (38% das respostas) do que em engenharia civil (50%), por exemplo.

A pedagogia forma professores para atuar com os alunos de seis a dez anos. A partir daí, os demais professores vêm das licenciaturas.

A opinião sobre os cursos foi tabulada a partir das respostas dadas nos questionários do Enade 2011, exame federal de ensino superior.

As respostas mostram também que os formandos em pedagogia se sentem mais bem preparados para a profissão (68%) do que os de engenharia de produção (57%).

Contraditoriamente, o Enade revela que os concluintes dos cursos de formação de professores estão entre os que possuem notas mais baixas em conhecimentos gerais. Pedagogia está na 46ª pior posição, entre 59 cursos.

Fonte: Folha de São Paulo

Compartilhe

FAZENDA PROPÕE LIMITAR CONCESSÃO DE SEGURO-DESEMPREGO E CORTAR PARCELAS

O avanço do gasto com seguro-desemprego e abono salarial, de 192% entre 2002 e 2012, fez com que setores do governo federal trabalhem para mudar as regras de concessão dos benefícios.

Mesmo com a taxa de desemprego praticamente congelada em patamar historicamente baixo, a previsão oficial é que o pagamento desses benefícios vai consumir R$ 42,5 bilhões neste ano.

Proposta encaminhada pelo Ministério da Fazenda ao Planalto, obtida pela Folha, defende a elevação do período mínimo de trabalho para obtenção do seguro, hoje de seis meses, para até 18 meses, e a redução das parcelas de acordo com as solicitações.

A resistência à proposta é forte. O Ministério do Trabalho é contrário às mudanças.

O cenário político também é desfavorável: boa parte das alterações em estudo precisa passar pelo Congresso Nacional, que está com a base governista conflagrada.

Os setores do governo que defendem mudanças para diminuir esses gastos a partir de uma concessão mais controlada dos benefícios não entendem como essas despesas tiveram um avanço recorde nos últimos anos, enquanto a taxa de desemprego foi reduzida drasticamente.

Em 2003, a taxa média anual de desemprego era de 12,3%, e as despesas com seguro e abono somavam R$ 13,7 bilhões. Em 2012, a taxa de pessoas sem trabalho caiu para 5,5%, mas o gasto subiu para R$ 40 bilhões.

Para o Ministério do Trabalho, três fatores explicam o avanço dos gastos.

O aumento da formalidade é um deles –o número de trabalhadores com carteira assinada (e, portanto, direito a benefícios) quase dobrou no período. Outros motivos são o reajuste do benefício e a alta rotatividade do emprego.

Para integrantes da pasta, o gasto com pagamentos desses dois benefícios não pode ser visto apenas pelo lado financeiro, especialmente o abono salarial, que funciona como uma espécie de 14º salário para os trabalhadores que ganham, em média, até dois salários mínimos.

No entender do Ministério do Trabalho, alterar as regras de concessão seria mexer em direitos do trabalhador. O restante do governo discorda: as propostas em estudo, dizem, visam racionalizar a concessão dos benefícios e fechar brechas para fraudes.

O ministro Manoel Dias (Trabalho) ainda quer que o seguro-desemprego volte a ser corrigido pela mesma fórmula aplicada ao salário mínimo. A Fazenda é contra.

Fonte: Folha de São Paulo

Compartilhe
phdvirtual

EXÉRCITO E 8 ÓRGÃOS ABREM INSCRIÇÕES PARA 800 VAGAS NA SEGUNDA-FEIRA

SOMENTE NA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (FUB) SÃO 257 VAGAS.
O SALÁRIO CHEGA A R$ 9.000 NA PREFEITURA DE ITAPECERICA (MG).

Pelo menos 9 órgãos abrem inscrições nesta segunda-feira (5) para 790 vagas e cadastro de reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade. Somente na Fundação Universidade de Brasília (FUB) são 257 vagas. O salário chega a R$ 9.000 na Prefeitura de Itapecerica (MG).

Os órgãos que abrem inscrições são os seguintes: Exército, Fundação Universidade de Brasília (FUB), Prefeitura de Cajari (MA), Prefeitura de Contagem (MG), Prefeitura de Manduri (SP), Prefeitura de Itapecerica (MG), Companhia de Desenvolvimento Santacruzense (Codesan), em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), Prefeitura de Mirante da Serra (RO) e Departamento de Água e Esgoto de Jundiaí (SP).

Exército
O Instituto Militar de Engenharia (IME), do Exército, abriu concurso público para 18 vagas de professores de magistério superior, classe adjunto A, para atender ao ensino e à pesquisa da graduação e pós-graduação, com título de doutor e regime de trabalho de dedicação exclusiva. O candidato aprovado terá como atribuições todas as atividades de ensino, pesquisa e extensão relativas ao IME. A remuneração bruta inicial do cargo é de R$ 8.143,18, dividida em vencimento básico de R$ 3.677,52 e retribuição por titulação de R$ 4.465,66 (acesse o edital).

Poderão se inscrever os graduados em curso superior, portadores de título reconhecido e registrado ou revalidado de doutor nas respectivas áreas de interesse.

No Ensino Básico há 1 vaga para matemática 1 e 1 vaga para matemática 2, além de 2 vagas para física.

Em Engenharia de Fortificação e Construção há 1 vaga para estruturas de concreto e 1 para planejamento e operação de transportes.

Em Engenharia Elétrica há 1 vaga para sistemas eletrônicos e comunicações.

Em Engenharia Mecânica e de Materiais há 1 vaga para termociências, 1 para mecânica dos sólidos, 1 para dinâmica e controle e 1 para materiais metálicos.

Em Engenharia Química, há 1 vaga para físico-química e 1 para química orgânica.

Em Engenharia Cartográfica há 1 vaga para sistemas de informação geográfica e cartografia, 1 para geodésia e posicionamento espacial e 1 para sensoriamento remoto e fotogrametria.

Em Engenharia Nuclear há 1 vaga para engenharia nuclear. E para engenharia de Sistemas há 1 vaga para ciência da computação.

As inscrições devem ser feitas de 5 a 29 de agosto, de segunda  a quinta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30, e sexta-feira, das 8h às 12h, no Instituto Militar de Engenharia – Subdivisão de Concursos, na Praça General Tibúrcio, 80 – Praia Vermelha, Rio de Janeiro. A taxa é de R$ 100.

O concurso será realizado em uma etapa com quatro fases. A primeira fase é composta de  prova escrita, a ser realizada em setembro, a segunda fase é prova didática, a ser realizada no mês de setembro, que consistirá de uma aula com duração aproximada de 50 minutos, ministrada perante a comissão julgadora, sobre tema sorteado. A terceira fase terá uma prova prática, também a ser realizada no mês de setembro, em que o candidato terá que redigir e apresentar diante da banca examinadora um projeto de pesquisa. A quarta fase compreenderá uma avaliação de títulos.

Fundação Universidade de Brasília (FUB)
A Fundação Universidade de Brasília (FUB) abriu concurso público para 257 vagas em cargos técnico-administrativos de nível fundamental, médio e superior. Os salários de nível superior são de R$ 3.138,70, os de nível médio são de R$ 1.913,00, e os de nível fundamental, de R$ 1.547,23 (acesse o edital).

São 23 vagas para administrador, 4 para analista de tecnologia da informação, 2 para arquiteto e urbanista, 2 para arquivista, 6 para assistente social, 1 para auditor, 2 para bibliotecário/documentalista, 6 para contador, 1 para estatístico, 1 para físico, 2 para jornalista,1 para médico do trabalho, 1 para médico psiquiatria, 3 para pedagogo, 9 para secretário-executivo, 7 para técnico em assuntos educacionais, 5 para administrador de edifício, 122 para assistente em administração, 1 para mestre de edificação e infraestrutura, 12 para técnico de tecnologia da informação,1 para técnico em agropecuária, 5 para técnico em audiovisual, 2 para técnico em segurança do trabalho, 6 para tradutor e intérprete de linguagem de sinais, 2 para auxiliar de veterinária e zootecnia e 30 para auxiliar em administração.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.cespe.unb.br/concursos/FUB_2013 de 5 a 26 de agosto. As taxas são de R$ 78,00 para os cargos de nível superior, R$ 47,00 para os cargos de nível médio e de R$ 38,00 para os cargos de nível fundamental.

A seleção terá provas objetivas, prova discursiva somente para os cargos de nível superior e de nível médio, prova prática de interpretação e tradução de sinais – libras somente para o cargo de tradutor e intérprete de linguagem de sinais.

O concurso público será realizado no Distrito Federal. As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de nível superior terão a duração de 4h30 e serão aplicadas na data provável de 13 de outubro, no turno da manhã.

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de médio terão a duração de 4h30 e serão aplicadas na data provável de 13 de outubro, no turno da tarde.

As provas objetivas para os cargos de nível fundamental terão a duração de 3h e serão aplicadas na data provável de 13 de outubro, no turno da manhã.

Na data provável de 3 de outubro de 2013, será publicado no Diário Oficial da União edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.

Os empossados participarão de Curso de Ambientação após a sua posse na FUB. O local de realização do Curso será informado na fase de nomeação.

Prefeitura de Cajari (MA)
A Prefeitura de Cajari (MA) divulgou edital de concurso para 195 vagas de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 678 a R$ 991,13 (acesse o edital).

Os cargos de nível superior são para professor de 5ª a 8ª série nas disciplinas de língua portuguesa, matemática, história e geografia.

As vagas de nível médio são para professor de 1ª a 4ª série.

Os postos de nível fundamental são para auxiliar operacional de serviços diversos, guarda municipal, motorista e vigia.

As inscrições podem ser feitas entre os dias 5 e 25 de agosto pelo site www.atrioconcursos.com.br. A taxa varia de R$ 30 a R$ 60.

A prova objetiva será aplicada no dia 15 de setembro. Ainda haverá prova de títulos para professores.

A validade do concurso será de 2 anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Prefeitura de Contagem (MG)
A Prefeitura de Contagem (MG) abriu processo seletivo para 53 vagas de auxiliar de serviços escolares. O salário é de R$ 711,90 (acesse o edital).

Para participar da seleção, os candidatos devem ter ensino fundamental completo. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais.

As inscrições devem ser feitas no período de 5 a 30 de agosto pelo site www.contagem.mg.gov.br. A taxa é de R$ 25.

A prova objetiva será aplicada no dia 15 de setembro, das 9h às 11h30.

O processo seletivo terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado, uma vez, pelo mesmo período.

Prefeitura de Manduri (SP)
A Prefeitura de Manduri (SP) divulgou edital de concurso público e de processo seletivo para 31 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários variam de R$ 711,90 a R$ 1.909 (acesse os editais).

No concurso são 30 vagas. Os salários vão de R$ 711,90 a R$ 1.257,68.

Os cargos de nível superior são para arquiteto, assistente social, engenheiro agrônomo, farmacêutico, fisioterapeuta e psicólogo.

As vagas de nível médio são para assistente administrativo, auxiliar de enfermagem, monitor de esportes, agente de vetores e zoonoses, assistente contábil, auxiliar administrativo, fiscal de posturas municipais, monitor de projetos sociais e motorista.

Os postos de nível fundamental são para operário braçal, operador de máquina rodoviária, auxiliar operacional e coletor de resíduos.

No processo seletivo é oferecida 1 vaga para enfermeiro intervencionista (nível superior). O salário é de R$ 1.909.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.conrio.com.br entre os dias 5 e 23 de agosto. A taxa varia de R$ 20 a R$ 50.

A prova objetiva será aplicada no dia 8 de setembro. Ainda haverá prova prática para os cargos de motorista, operário braçal e operador de máquina rodoviária.

O concurso terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Prefeitura de Itapecerica (MG)
A Prefeitura de Itapecerica (MG) divulgou edital de concurso para 38 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 678 a R$ 9.000 (acesse o edital).

Os cargos de nível superior são para advogado, assistente social, cirurgião dentista PSF, enfermeiro PSF, fisioterapeuta, médico PSF, psicólogo, pedagogo educação especial e professor educação especial, professor EJA nas disciplinas de língua portuguesa, matemática, língua estrangeira inglês, ciências, geografia, história e arte.

As vagas de nível médio são para auxiliar de enfermagem PSF e assistente administrativo.

Os postos de nível fundamental são para auxiliar de serviços gerais PSF, prendedor de animais e agente comunitário de saúde PSF.

As inscrições devem ser feitas entre os dias 5 e 9 de agosto pelo site www.magnusconcursos.com.br. A taxa varia de R$ 20 a R$ 150.

Os candidatos também podem se inscrever no centro cultural, localizado na Rua JK, 96, de segunda a sexta-feira.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 25 de agosto.

O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Companhia de Desenvolvimento Santacruzense (Codesan)
A Companhia de Desenvolvimento Santacruzense (Codesan), em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), abriu processo seletivo para 151 vagas em cargos de nível fundamental e médio. Os salários variam de R$ 946,16 a R$ 2.526,60 (acesse o edital).

Os cargos de nível médio são para assistente administrativo.

Os postos de nível fundamental são para auxiliar geral de conservação de vias, borracheiro, chefe de obras, eletricista, lavador de autos, lubrificador, marceneiro, motorista de veículos, operador de máquinas leves, pedreiro, pintor, recepcionista, servente de pedreiro e soldador.
As inscrições devem ser feitas entre os dias 5 e 19 de agosto pelo site www.omconsultoria.com.br. A taxa varia de R$ 27 a R$ 37.

Ainda haverá prova prática para os cargos de auxiliar geral de conservação de vias, borracheiro, chefe de obras, eletricista, lavador de autos, motorista de veículos, operador de máquinas leves, pedreiro, pintor e servente de pedreiro.

O processo seletivo terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Prefeitura de Mirante da Serra (RO)
A Prefeitura de Mirante da Serra (RO) abriu processo seletivo para 39 vagas em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 594,05 a R$ 7.060,20 (acesse o edital – edição de 2 agosto – páginas 79 à 90).

Os cargos de nível superior são para professor de nível superior nas áreas de matemática, inglês e história, enfermeiro, médico clínico geral, assistente social e psicólogo.

As vagas de nível médio são para professor do magistério – nível médio.

Os postos de nível fundametnal são para motorista.

As inscrições devem ser feitas entre os dias 5 e 8 agosto na sede da prefeitura, localizada na Rua Dom Pedro I, 2.389, das 7h às 13h.

Os candidatos devem preencher a ficha de inscrição disponível no edital e anexar cópias do diploma ou comprovante de graduação superior, comprovante de curso em nível de pós-graduação/especialização, comprovante de registro nos respectivos conselhos, comprovante de tempo de serviço na área, documento de identidade e CPF.

A seleção será feita por meio de análise de títulos. Ainda haverá teste prático para o cargo de motorista.

A validade do processo seletivo será de seis meses.

Departamento de Água e Esgoto de Jundiaí (SP)
O Departamento de Água e Esgoto de Jundiaí (SP) abriu concurso público para 8 vagas em cargos de nível fundamental e médio. Os salários vão de R$ 1.175,76 a R$ 2.367,91 (acesse o edital).

As vagas de nível médio são para assistente administrativo e operador de ETA.
Os postos de nível fundamental são para motorista.

Os profissionais ainda vão receber auxílio transporte de R$ 240 e auxílio alimentação de R$ 365.

As inscrições devem ser feitas entre os dias 5 e 14 de agosto, das 10h às 15h, na sede do DAE, localizada na Rodovia Geraldo Dias, 1.500. A taxa é de R$ 30 para nível fundamental e R$ 40 para nível médio.

A prova objetiva será aplicada na data provável de 15 de setembro. Ainda haverá prova prática para motorista e operador de ETA, e prova de informática para assistente administrativo.

O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Fonte: Do G1, em São Paulo

Compartilhe
phdvirtual

‘PARECE O RIO DE JANEIRO!’, BRINCA PAPA AO VER JOVENS DURANTE O ÂNGELUS

PONTÍFICE RESSALTOU A ‘CALOROSA’ ACOLHIDA DE ‘UM POVO GENEROSO’.
FRANCISCO ALERTOU JOVENS SOBRE A ILUSÃO DO CONSUMISMO.

O Papa Francisco lembrou neste domingo (4) a recém-encerrada Jornada Mundial da Juventude (JMJ) do Rio de Janeiro e convidou os jovens a buscarem Jesus para combater o  “veneno do vazio que se insinua em nossas sociedades baseadas no proveito e no possuir” que os iludem “com o consumismo”. O Papa fez o apelo no tradicional reza do Ângelus dominical perante os vários fiéis que foram à Praça de São Pedro no Vaticano, desafiando o forte calor deste domingo em Roma.

Francisco se referiu a sua viagem ao Brasil, que terminou na segunda-feira passada, e expressou seu desejo de que os jovens que participaram da JMJ do Rio de Janeiro possam “traduzir essa experiência em seu caminho cotidiano, em seu comportamento diário e que possam traduzí-lo também nas decisões importantes e a vida, respondendo à chamada pessoal do Senhor”.

O papa agradeceu pelo esforço de todos os que atuaram na JMJ e em sua organização e, em um trecho improvisado de seu discurso, disse que não esquece a “calorosa” acolhida que recebeu no Brasil, “um povo generoso”, de “grande coração” e de “boas pessoas”.

O pontífice advertiu que os jovens “são especialmente sensíveis ao vazio de significado e de valores que com frequência os cerca e, infelizmente, pagam as consequências disso”.

“Por outro lado, o encontro com Jesus vivo, em sua grande família que é a Igreja, enche o coração de alegria, porque o enche de verdadeira vida, de um bem profundo, que não passa e não se murcha”, acrescentou.

Francisco insistiu em como o Evangelho deste domingo põe o acento precisamente “na absurdidade de basear a própria felicidade” nas posses materiais.

“A verdadeira riqueza é o amor de Deus partilhado com nossos irmãos”, afirmou.

Após a reza do Ângelus, o papa agradeceu a todos os fiéis que foram ao Vaticano “apesar do calor” e lhes desejou, como de costume, um bom domingo, acrescentando “um bom mês de agosto”.

Ao final, vendo um grande número de jovens na praça, o papa Francisco exclamou: “parece o Rio de Janeiro!”.

Fonte: Do G1, via Agência EFE

Compartilhe