phdvirtual

NA PROPAGANDA ELEITORAL, BOLSONARO FOCA LADO FAMILIAR

Na primeira propaganda que terá na TV, Bolsonaro vai fazer um chamado para que seus eleitores o sigam nas redes sociais. O presidenciável tem apenas oito segundos no horário eleitoral e, por isso, vai centrar sua estratégia na internet.

Em uma das inserções que já estão prontas, o capitão reformado aparece ao lado de sua filha de sete anos. A peça é voltada ao eleitorado feminino e fala sobre família.

Em São Paulo, logo na primeira peça do horário eleitoral, João Doria (PSDB) deverá justificar sua saída da prefeitura paulistana. O tucano dirá que, se eleito governador, vai poder ajudar mais a capital.

Compartilhe
phdvirtual

MINISTÉRIO PÚBLICO REITERA AO TSE PARECER PELA INELEGIBILIDADE DE LULA

Cinco dias depois de o Ministério Público Eleitoral (MPE) entrar com uma impugnação (questionamento) contra o registro do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o vice-procurador-geral Eleitoral, Humberto Jacques, reiterou hoje (20) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sua posição favorável a que o petista seja declarado inelegível.

O parecer foi anexado ao pedido de registro de candidatura de Lula, cujo relator é o ministro Luís Roberto Barroso, em resposta a quatro “notícias de inelegibilidade” feitas por cidadãos contra o ex-presidente.

Além da impugnação do Ministério Público Eleitoral (MPE), candidatos, coligações e partidos são legítimos para impugnar registros de candidatura de adversários, o que deve ser feito em até cinco dias após a publicação de um edital pelo TSE. No caso de Lula, esse prazo vence na próxima quarta-feira (22).

Qualquer cidadão, porém, pode enviar uma “notícia de inelegibilidade” ao TSE, dando conta de situações irregulares que impeçam um candidato de disputar as eleições. Ao menos quatro processos desse tipo foram abertos contra Lula, sob o argumento de que ele foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro pela segunda instância da Justiça Eleitoral e por isso estaria enquadrado na Lei da Ficha Limpa e não poderia disputar as eleições.

Leia mais AQUI.

Compartilhe
phdvirtual

BOLSONARO DIZ QUE ‘VAI TER UM MONTÃO DE MINISTRO MILITAR’ PARA MORALIZAR O PLANALTO

RIO — Um dia depois de anunciar o general da reserva Hamilton Mourão (PRTB) como vice em sua chapa, o pré-candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, afirmou que, caso eleito, o ministério será composto por “um montão” de militares. O deputado chegou a afirmar que Mourão poderia ocupar a chefia da Casa Civil, mas em seguida recuou e afirmou que a pasta deverá ser ocupada por um parlamentar.

Bolsonaro citou os ministérios dos Transportes e da Ciência e Tecnologia como exemplos de áreas a serem comandadas por militares.

“Vai ter um montão de ministro militar, para que não haja dúvida. Não sei (quantos). De acordo com a competência e habilidade deles. Tem ministério que não cabe militar, porque não temos vivência nisso. Transportes, quem não quer ver, por exemplo, a melhoria dos transportes, a malha viária sem corrupção. Acho difícil corromper um general. Não é incorruptível, mas muito mais difícil que esses últimos ministros que passaram por aí. O que o povo quer é que o Brasil funcione. Não interessa se vai ter militar, homem, gay, mas que funcione”, disse o presidenciável, que citou o astronauta Marcos Pontes, também militar, como possível ocupante da Ciência e Tecnologia.

Leia mais AQUI.

Compartilhe

GOVERNO ANTECIPA PARCELA DO 13º DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão a primeira parte do 13º salário junto com a remuneração de agosto. A primeira parcela do abono anual corresponderá a até 50% do valor do benefício.
O decreto autorizando a antecipação foi assinado hoje (16) pelo presidente Michel Temer, mas ainda não foi publicado no Diário Oficial da União. A medida deve injetar R$ 21 bilhões na economia do país e movimentar o comércio e outros setores.
Compartilhe
phdvirtual

BOLSA FAMÍLIA NO RIO GRANDE DO NORTE TERÁ REAJUSTE EM 18 DE JULHO

Os beneficiários do Bolsa Família no Rio Grande do Norte começam a receber, a partir de 18 de julho, o reajuste de 5,67% no valor do benefício. O aumento deve fazer com que mais de R$ 684 milhões sejam injetados na economia brasileira até o fim do ano.

Em junho, o Bolsa Família no Rio Grande do Norte favoreceu 343.899 famílias, o que representa um investimento de mais de R$ 60 milhões. O reajuste deste mês é o segundo concedido pelo governo do presidente Michel Temer no Bolsa Família.

Compartilhe
phdvirtual

OPERAÇÃO DO MPRN CONTRA FACÇÃO CRIMINOSA CUMPRE MANDADOS EM QUATRO ESTADOS; ADVOGADO É PRESO EM NATAL

Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) iniciou na manhã desta quinta-feira (5) uma operação para combater a atuação de uma facção criminosa dentro e fora de unidades prisionais. Um advogado suspeito de ter sido “batizado” pela facção foi preso em Natal. Ao todo foram cumpridos 52 mandados de prisão. Destes, dois foram na capital potiguar e 21, no interior. Além disso, foram cumpridos nove de busca e apreensão. A ação também foi realizada em São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul.

Segundo o MPRN, dos 52 mandados de prisão expedidos, 28 foram cumpridos contra pessoas que já estão presas e que, mesmo assim, continuam praticando crimes. Os demais mandados de prisão foram cumpridos contra foragidos de Justiça, presos do regime semiaberto, alguns inclusive usando tornozeleiras eletrônicas, e pessoas que estavam soltas, entre elas o advogado. O MP também conseguiu, junto à Justiça potiguar, o sequestro do saldo de 57 contas bancárias por haver indícios de origem ilícita dos valores movimentados nas contas, que se encontram bloqueadas.

A investigação mostra que o advogado, além do exercício da advocacia, se envolveu com a facção criminosa que nasceu dentro dos presídios paulistas. Ele chegou a solicitar o “batismo” junto à facção a um detento que atualmente cumpre pena no Presídio Estadual de Junqueirópolis, no interior paulista. O detento é um “geral do estado” da facção em São Paulo, tendo a atribuição de manter contato com os demais integrantes do grupo criminoso em outros estados.

Por isso a operação foi batizada como Mamulengo, um tipo de fantoche do Nordeste brasileiro, em uma clara referência à subserviência dos integrantes da facção no Rio Grande do Norte às chefias em São Paulo. Por telefone, os chefes paulistas mantêm o controle financeiro, cobram o pagamento de mensalidades com transferências para contas bancárias em outros estados, aceitam ou não o ingresso de novos integrantes e até ordenam crimes, inclusive homicídios, aos integrantes potiguares.

Leia mais no G1 RN.

Compartilhe
phdvirtual

INTEGRANTES DO STF DEMONSTRAM PREOCUPAÇÃO COM PROPOSTA DE BOLSONARO DE AMPLIAR DE 11 PARA 21 OS MINISTROS DA CORTE

Por Gerson Camarotti, G1

De forma reservada, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) demonstraram preocupação com a proposta do pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) de elevar de 11 para 21 o número de ministros da Corte.

Alguns ministros chegaram até mesmo a enviar mensagem para interlocutores alertando para o que chamaram de perfil antidemocrático da proposta.

Em última análise, o futuro presidente teria condições de criar uma maioria segura na Suprema Corte do país de uma única vez, já que além dos 10 novos ministros, haveria mudanças por causa da aposentadoria por idade de alguns ministros da atual formação do STF.

Numa dessas mensagens, um ministro do tribunal lembrou que a proposta de aumentar as cadeiras do Supremo foi tentada durante a ditadura militar com o Ato Institucional nº 2, mas não foi adiante.

Compartilhe
phdvirtual

GASOLINA RECUA EM 21 ESTADOS E NO DF, DIZ ANP; PREÇO TEM BAIXA DE 0,88%

valor médio da gasolina vendido nos postos brasileiros recuou em 21 Estados e no Distrito Federal na semana passada, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilados pelo AE-Taxas.

Apenas no Acre, Ceará, Maranhão, Mato Grosso do Sul e Roraima houve recuo.
Na média nacional, houve baixa nos preços médios entre as semanas, de 0,88%, de R$ 4,538 para R$ 4,498.

Em São Paulo, maior consumidor do País e com mais postos pesquisados, o litro da gasolina caiu 1,20% na semana passada, de R$ 4,326 para R$ 4,274, em média.

(Veja mais…)

Compartilhe