Publicidade
Publicidade

A bolinha de papel assassina

Será que ele não conseguiu imaginar que teriamos discernimento o suficiente para ver que era uma bolinha de papel? Ou será que a mesma teve o poder de atingi-lo tão gravemente?
Pra quem quer ser Presidente começou com pé esquerdo. Agradecemos a mídia (‘quarto poder’) por não ter censurado essas senas deploráveis.
Fonte:ApodiBaixo do Pano

Compartilhe
Publicidade

[política] Dilma pode vir ao RN

O apoio da Prefeita Micarla de Sousa à candidatura de Dilma Rousseff pode ser em grande estilo. Com direito a pompa, circunstância e a presença da própria candidata.

A agenda ainda não foi confirmada, mas a data provável é o próximo sábado.

Momento em que a campanha da petista ficará por alguns instantes centralizada no mesmo palanque. Ou seja, PMDB + PV +PT +PR +PDT unidos com um único objetivo.


Fonte:APODIARIO

Compartilhe
Publicidade

[leia] Pesquisadores acreditam que a primeira ocorrência de petróleo no Brasil aconteceu no município de Apodi

osé Ferreira de Melo Neto – Diretor Superintendente do SEBRAE/RN

O potiguar, comedor de camarão, é pacífico, hospitaleiro e acolhedor. Atributos indispensáveis para o turismo, excelentes para o turista. Tenho dúvidas, porém, se essas seriam as qualidades mais adequadas a um povo que precisava desenvolver potencialidades adormecidas nas entranhas da sua terra. Parece-me que, durante muito tempo, ficamos acomodados, até omissos. Esperando acontecer, aceitando decisões que não eram nossas. Refiro-me à trajetória do petróleo no Rio Grande do Norte.
A história é controversa. Alguns pesquisadores acreditam que a primeira ocorrência de petróleo no Brasil aconteceu no município de Apodi, no século XIX. Encontrei na internet um texto de autoria do padre Florêncio Gomes (transcrito por Karla Larissa): “Em um dos recantos da lagoa desta vila (do Apodi), que está mais em contato com as substâncias minerais da serra, tem-se coalhado, em alguns anos, uma substância betuminosa, inflamável e de boa luz, semelhante à cera, em quantidade tal que se podem carregar carros dela”.
O betume do padre Florêncio esperaria até 1979 para ser comercialmente viável. O campo de Mossoró, descoberto no ano anterior, teve o poço MO-14 como o primeiro a entrar em operação regular, em 27 de outubro daquele ano. Seu pioneirismo se concretizou nessa data, com o carregamento de 27 mil litros de petróleo produzido na porção terrestre da Bacia Potiguar. A euforia dominou todo o Estado. O título de maior produtor de petróleo em terra firme nos caiu como uma luva. O óleo que enchera as piscinas do Hotel Thermas inspirou histórias e estórias.
Em outro salto espetacular, se não pelo número de anos mas pela relevância do fato, a história do petróleo no Rio Grande do Norte chega a dois de outubro de 2009. Nessa data, fruto de um convênio assinado anos antes entre SEBRAE e Petrobras, nasceu juridicamente a Redepetro RN. Deixamos de ser turistas a olhar a paisagem. Somos protagonistas, parceiros nas oportunidades que nos asseguram nosso subsolo, prenhe de recursos naturais esgotáveis.
A Redepetro RN, hoje com mais de 90 empresas associadas, tem como foco principal a geração de negócios e a articulação entre a demanda e a oferta, além de fomentar a capacitação, certificação e inovação tecnológica em empresas que prestam serviços ou produzem bens nos segmentos de exploração, produção, refino, transporte e distribuição de óleo e gás natural. Sabiamente, a rede também prospecta energias renováveis, como a eólica e a biomassa. Pensa no futuro, vê o horizonte.
A rede é a prova cabal e definitiva do poderio dos pequenos negócios, que podem conviver e prosperar, não à sombra, mas ao lado de grandes empresas, inclusive a Petrobras. A esta, nada ficam a dever em termos de qualidade de gestão, de processos e de produtos. Ou de inovação, conforme atestam as altas performances de empresas potiguares durante a Rio & Oil Gás, maior evento do gênero na América Latina, realizado de 13 a 16 de setembro.
Não foi simples e nem foi fácil. A conquista de certificações indispensáveis ao credenciamento de pequenas empresas como fornecedoras da Petrobras e de outras gigantes é um processo complexo, mas definitivamente vencido. Acredito que em futuro próximo teremos, não uma terra devastada, mas um Estado detentor de uma forte teia de negócios viáveis, produzindo bens e serviços sustentáveis, constantemente renovados, garantia de bons ventos para o povo potiguar: pacífico, hospitaleiro e acolhedor.
FONTE: Tribuna do Norte

Compartilhe
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Ibope: Dilma (PT) lidera com 51%; Serra (PSDB) tem 40% dos votos totais

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (20) mostra que Dilma Rousseff (PT) lidera a corrida presidencial com 51% dos votos totais (incluindo brancos e nulos). Seu adversário, José Serra (PSDB), tem 40%.

Na pesquisa Ibope anterior, divulgada no dia 13, Dilma tinha 49%, e Serra, 43% dos votos totais.

Considerando somente os votos válidos (sem considerar brancos e nulos), Dilma tem 56%, e Serra, 44%. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para cima ou para baixo.

De acordo com o Ibope, as intenções de voto em branco e nulos somam 5%. Os indecisos são 4%.

A pesquisa ouviu 3.010 eleitores, de 18 a 20 de outubro. Encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número de protocolo 36476/2010.

Do UOL Eleições

Compartilhe
Publicidade

[política] 90 cidades do RN disseram Sim ao Prof. Flaviano

O Prof. Flaviano Monteiro conseguiu ser votado em 90 cidades do Rio Grande do Norte nas eleições do dia 3 de outubro. Dando continuidade à luta de que Apodi e Região precisam de um representante comprometido em encontrar soluções para os nossos problemas.


01 Apodi 11.608
02 Mossoró 1.031
03 Felipe Guerra 687
04 Severiano Melo 597
05 Natal 506
06 Caraúbas 203
07 Parnamirim 140
08 Taboleiro Grande 121
09 Itaú 81
10 Gov. Dix-Sept Rosado 61
11 Umarizal 51
12 Pau dos Ferros 41
13 Upanema 40
14 Baraúna 38
15 Alexandria 32
16 Tibau 26
17 Rodolfo Fernandes 24
18 Açu 23
19 Areia Branca 19
20 Campo Grande 19
21 Grossos 19
22 São Miguel 18
23 Martins 17
24 São Gonçalo do Amarante 17
25 Canguaretama 16
26 Carnaubais 14
27 Alto Rodrigues 14
28 Messias Targino 12
29 Olho D’agua do Borges 12
30 Macau 11
31 João Câmara 9
32 São Francisco do Oeste 9
33 São Miguel do Gostoso 9
34 Frutuoso Gomes 8
35 Lucrecia 7
36 Patu 7
37 Poço Branco 7
38 Tenente Ananias 7
39 Currais Novos 6
40 Doutor Severiano 6
41 São José do Mipibu 6
42 Ceara Mirim 5
43 Ipanguaçu 5
44 Janduís 5
45 Pilões 5
46 Bom Jesus 4
47 Lajes 4
48 Macaíba 4
49 São Paulo do Potengi 4
50 Serra do Mel 4
51 Triunfo Potiguar 4
52 Caicó 3
53 Goianinha 3
54 Jucurutu 3
55 Luis Gomes 3
56 Marcelino Vieira 3
57 Portalagre 3
58 Rafael Fernandes 3
59 Riacho da Cruz 3
60 Santo Antônio 3
61 Touros 3
62 Rafael Godeiro 3
63 Serrinha dos Pintos 2
64 Brejinho 2
65 Galinhos 2
66 Jardim do Seridó 2
67 José Da Penha 2
68 Maxaranguape 2
69 Pureza 2
70 São Vicente 2
71 Viçosa 2
72 Afonso Bezerra 2
73 Angicos 2
74 Rio do Fogo 1
75 Porto do Mangue 1
76 Cerro Corá 1
77 Guamaré 1
78 Jaçaná 1
79 Lagoa de Velhos 1
80 Lagoa Nova 1
81 Lajes Pintadas 1
82 Nova Cruz 1
83 Pendências 1
84 Santana do Matos 1
85 São José de Campestre 1
86 Senador Eloi de Souza 1
87 Tibau do Sul 1
88 Acari 1
89 Almino Afonso 1
90 Venha Ver 1

Fonte:APODIARIO
Compartilhe
Publicidade