phdvirtual
phdvirtual

[leia] Dilma lamenta terremoto e põe Brasil ‘à disposição’ do governo japonês

A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira (11), por meio de nota, que recebeu com “profunda consternação” as informações sobre as vítimas do terremoto de magnitude 8,9 que atingiu o Japão.

Em mensagem ao primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, lida pelo porta-voz da Presidência, Rodrigo Baena, a presidente também coloca o Brasil “à disposição” do governo japonês.

“Foi com profunda consternação que recebi as notícias das perdas humanas e da destruição causadas pelo forte terremoto e subsequente tsunami que atingiram o Japão”, afirmou. Mais de 300 pessoas morreram em decorrência do abalo sísmico, considerad o sétimo pior da história.

“Estou certa de que a mobilização, competência e empenho com que a nação japonesa responderá a esse desastre natural permitirão a seu país uma rápida recuperação. Ainda assim, o Brasil se coloca à disposição do Governo japonês com vistas a contribuir ao apoio internacional ao Japão”, diz o texto da mensagem.

Questionado sobre que tipo de ajuda o Brasil poderia oferecer, o porta-voz da Presidência afirmou que o governo ainda não sabe como poderá contribuir com as autoridades japonesas. “Não há como avaliar que tipo de ajuda o Brasil vai oferecer nesse momento”, disse Baena.

Na mensagem, Dilma lembra ainda que 260 mil brasileiros vivem atualmente em território japonês. “O governo e o povo brasileiros são tomados hoje pelos mais sinceros sentimentos de pesar e solidariedade diante desta calamidade que atinge o Japão, onde vivem cerca de 260 mil nacionais brasileiros.”

Fonte:G1

Continuar lendo
phdvirtual

[leia] Governo japonês realiza megaoperação de resgate e ajuda humanitária

TÓQUIO – Um dia após o terremoto seguido de tsunami que devastou a costa leste do Japão, e em meio a uma sucessão de fortes réplicas do tremor, o governo lançou uma megaoperação de resgate e ajuda humanitária nas áreas mais afetadas, onde o número de mortos já passa de 600. Segundo a agência de notícias Kyodo News, a estimativa é de que o número de vítimas da tragédia pode chegar a 1.800, muitas delas afogadas.

Cerca de 200 a 300 corpos já foram encontrados nos rios que cortam Sendai, a cidade costeira mais próxima do epicentro, e outros 200 corpos foram transferidos para ginásios nas cidades de Iwanuma e Natori, na província de Miyagi. Segundo a rede de televisão japonesa NHK, 10 mil pessoas estão desaparecidas na cidade de Minamisanriku, também na província de Miyagi, no nordeste do Japão. Isto representa mais da metade da população local, calculada em 17 mil pessoas. A cidade foi muito atingida pela tsunami e ficou coberta de lama. A catástrofe deixou ainda cerca de 948 feridos ( Veja outras imagens dos resgates).

Todos os recursos disponíveis do Exército do Japão se mobilizaram para auxiliar nos trabalhos de resgate, especialmente nas províncias de Miyagi, Iwate e Fukushima, as mais atingidas. No entanto, as equipes de resgate têm dificuldade de chegar às zonas mais afetadas, onde o alerta de tsunami ainda está em vigor.

O premier Naoto Kan participou de reuniões de emergência na manhã deste sábado (horário local) e seguiu para as áreas do desastre – incluindo duas usinas nucleares que estão em estado de alerta por risco de vazamento de material radioativo.

– Nosso governo fará todos os esforços possíveis para assegurar a integridade e segurança das pessoas e também minimizar os estragos causados pelo terremoto – disse o premier à imprensa.

O alcance exato dos danos ainda é desconhecido. Balanços iniciais indicam que mais de 5 milhões de casas estão sem energia elétrica e ao menos 1.800 foram destruídas somente na região de Fukushima. Estima-se que 90% das casas na costa japonesa foram destruídas. Mais de 300 mil pessoas já foram evacuadas de suas casas. O número de prédios destruídos completa ou parcialmente subiu para 3.400. Quatro trens na área costeira entre as regiões de Miyagi e Iwate permaneciam desaparecidos, informaram as ferrovias japonesas. Não se sabe quantos passageiros estavam nos vagões.

Da Agência O Globo

Continuar lendo

Comunicado aos alunos do Antônio Dantas

As aulas da referida escola que deveriam ter iniciado dia 10 de março e foram adiadas em virtude da reforma, agora começarão próxima segunda, dia 14/03.

ATENÇÃO: Dessa vez é oficial, portanto aulas no Antonio Dantas… SEGUNDA – 14 de Março.


Fonte: Esc.Lindaura Silva
Continuar lendo
phdvirtual

[leia] Luis Fabiano volta ao São Paulo e acerta por quatro anos

O atacante Luis Fabiano está de volta ao São Paulo. Nesta sexta-feira, o Sevilla e o clube paulista anunciaram o retorno do jogador de 30 anos ao futebol brasileiro depois de sete temporadas atuando na Europa.

O acordo de Luis Fabiano com o São Paulo é de quatro anos. No momento, ele se recupera de uma lesão no joelho, que o tirará dos gramados por um mês e meio. O Tricolor paulista pagará ao clube espanhol 7,6 milhões de euros (quase R$ 17,5 milhões), parcelados. A apresentação deve acontecer no dia 30 de março.

“Dinheiro nāo é tudo na vida. Nada paga a felicidade que sinto por voltar a vestir a camisa do meu time de coração. Devo tudo que tenho ao São Paulo, tenham certeza que suarei muito essa camisa e irei fazer muitos gols. Faz tempo que fico me imaginando saindo do túnel do Morumbi para entrar em campo olhando nossa torcida maravilhosa”, disse Luis Fabiano.

O Sevilla chegou a rejeitar ofertas de Milan (R$ 33,2 milhões) e Tottenham (R$ 38 milhões), em 2009, e do Corinthians (R$ 15 milhões), neste ano, pelo atacante.

“É a concretização de um sonho e um presente para toda a coletividade são-paulina. O Luis Fabiano tem a alma tricolor e acrescentará ao nosso time a qualidade, alegria, irreverência e espírito de luta que sempre o caracterizaram”, disse o presidente Juvenal Juvêncio ao site oficial do São Paulo.

Luis Fabiano atuou no São Paulo entre 2001 e 2004, anotando 118 gols e tornando-se ídolo da torcida. Ele saiu para o Porto, onde teve problemas com o técnico à época e foi para o Sevilla em 2005. Na Espanha, conquistou dois títulos seguidos da Copa da Uefa (2006 e 2007), uma Supercopa da Uefa (2006), duas Copas do Rei (2007 e 2010) e uma Supercopa da Espanha (2007).

O atacante deixa a equipe andaluz com 106 gols e como um dos maiores jogadores de sua história.

Continuar lendo