CAVALARIA DA PM TERÁ ARMADURA PARA ENFRENTAR PROTESTOS NA COPA

CAVALOS JÁ ESTÃO SENDO TREINADOS COM NOVO EQUIPAMENTO, QUE INCLUI VISEIRA DE ACRÍLICO, BOTAS ANTIDERRAPANTES, PROTETOR FACIAL E UM COBERTURA DE COURO MAIOR NO PEITO

A cavalaria do choque agora será blindada. Para estrearem na Copa do Mundo, os animais ganharam uma armadura com um conjunto de viseira de acrílico, botas antiderrapantes, protetor facial e um cobertura de couro maior no peito. Os policiais militares por sua vez vão usar uma nova indumentária semelhante à roupa do “Robocop” – um exoesqueleto de polipropileno, um material resistente a todo o tipo de pancadaria esperada nos próximos grandes eventos.

Os duzentos kits de proteção começaram a ser usados nos treinamentos neste mês. Cada conjunto custou cerca de R$600 para os acessórios dos cavalos  e  R$2.300 pela nova vestimenta.

Antes, os animais andavam sem nenhum equipamento que pudesse amortecer o impacto de ataques de manifestantes.  A face e o focinho do cavalo, o chamado chanfro,  são especialmente sensíveis, o que leva ao risco de quedas e tropeços. Sem as botas, eles podiam escorregar e desestabilizar as operações. Os PMs tinham apenas um colete balístico e eram vulneráveis a quedas, tiros e objetos lançados.

“É um projeto já em preparação há quatro anos. Aconteceu de coincidir com a Copa, mas servirá para operações em praças esportivas, reintegrações de posse e para todos os outros eventos que possam trazer perigo para o cavalo e o policial militar”, diz o comandante do pelotão de doma (picaria), tenente Rafael da Silva Gouveia.

Fonte: Estadão

  Gostou?

Comentários

Faça o seu

Edinael Castro

Upanemense, militante estudantil em favor da Educação, Cultura e Esporte. Estudante de Fisioterapia. Aqui, será um local para um conversa diária, com intuito sempre do melhor para nossa cidade, tendo a verdade como compromisso e abertura para todas as opiniões. Qualquer dúvida, estamos aqui!

Comentário Facebook