A Páscoa de HOJE sugere que você (também) ressuscite!

renascimentoComeçaremos essa reflexão falando sobre o momento TRIUNFANTE da ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. Nos Evangelhos encontraremos facilmente o trajeto dessa história, que relata o “passo a passo” da vida, morte e ressurreição de Cristo. No livro de Matheus, Capítulo 28 e versos 6 e 7 se culminam a ressurreição do Salvador: “Ele não está aqui; ressuscitou, como tinha dito. Venham ver o lugar onde ele jazia. Vão depressa e digam aos discípulos dele: Ele ressuscitou dentre os mortos e está indo adiante de vocês para a Galileia. Lá vocês o verão. Notem que eu já os avisei”. Ele ressurgiu no 3º dia após ser crucificado, morto e sepultado, seguindo exatamente essa ordem.

Levando em consideração o momento da ressurreição, Jesus nos mostra que mesmo em meio à adversidade, as acusações, aos falsos testemunhos e as incredulidades ao nosso respeito, sobre quem somos e o que fazemos, faz – se necessário que enfrentemos todas essas circunstancias de cabeça erguida (mesmo na dor) para que o final possa ser de comprovação por tudo o que havíamos pregado e feito para o bem de todos (ou de determinada parcela do “todos”).

O trajeto de Jesus e a incredulidade de alguns a seu respeito apenas atesta o que sempre ouvimos por ai: “ninguém agrada a todos, nem Jesus agradou”. E isso é, de fato e de verdade, a realidade viva e que deve ser aceita e entendida por cada um de nós. Mesmo que sejamos bons o suficiente não seremos tudo isso para 100% da sociedade, até mesmo dos que nos cercam. Nossa objetividade deve ser aparada pelo nosso crescimento como ser humano, profissional e cidadão de bem, entendendo que o nosso ser interno não depende de todos, mas daqueles que nos ajudarão a crescer e ser alguém ao longo da vida terrena.

A Páscoa de hoje vai além da ressurreição de Cristo, Ele deixa um lindo exemplo para que você também ressurja, renasça para você mesmo; para que você tenha amor, luz, paz e sabedoria para crescer sempre. Atenda ao pedido de Cristo, seja humano, mas acima de toda sua humanidade seja luz e com essa luz propague amor (do seu jeito, mas propague)!

Feliz Páscoa. Coluna “Um dedo de Prosa” – Site Upanema.Net

Diego Bezerra!!!

Compartilhe
Publicidade

“Um dedo de Prosa”: O peso da dolorosa CRUZ – Semana Santa

imagesA Igreja celebra ao final desse tempo quaresmal um dos períodos mais marcantes da trajetória de Jesus aqui na terra, diríamos que o seu maior sacrifício feito por nós, entregando sua vida em sufrágio de nossas almas. A Cruz que era símbolo de morte para quem afligia as leis da época, após a morte e ressurreição de Cristo passou a ser um símbolo de reflexão! Sim, isso mesmo! A cruz não significa somente morte, mas a certeza de que estamos isentos da condenação eterna, que estamos certos de haver um Deus que abriu espaço para que possamos chegar até Ele.

Em uma visão abrangente sobre esse período celebrado pela igreja, diria que é um momento crucial de reflexão sobre a nossa própria Cruz! Cada um de nós sabe o peso que carregamos diariamente, os “leões” que precisamos matar para poder sobreviver; precisamos fazer um exame de consciência diário, que nos justifique ao final do dia como pecador, mas um pecador digno de arrependimento e perdão (o arrependimento NATO, o perdão vindo de Deus).

Que nesta sexta – feira da paixão de nosso senhor Jesus seus olhos estejam voltados para a Cruz do Calvário, sua vida interior; e que ao final do dia você possa deixar resplandecer a luz da ressureição que só Jesus pode trazer até nós!

Reflita, Comungue desse pão de fé, seja LUZ!

Diego Bezerra – Um dedo de prosa

jkbezerra22@gmail.com

Compartilhe
Publicidade

VOCÊ E O COMBATE À CORRUPÇÃO – “Um dedo de Prosa”

Combater a corrupção começando por você mesmo parece algo doloroso e egoísta. Furar uma fila, por exemplo, embora seja uma vergonha passageira, mas aquela vergonha momentânea é saldo em relação ao seu problema ser resolvido antes de muitos outros que aguardam horas para resolver a mesma coisa. Colocar o nome do colega na lista de frequência sem ele ter assistido a aula, permanecer com pertences alheios sabendo que o dono necessita; pegar o troco contendo dinheiro a mais no supermercado… Essas e tantas outras são corrupções do caráter que estamos sujeitos a cometê-las diariamente.

Defender um posicionamento contrário ao da corrupção na esfera da politica nacional não faz de nós seres éticos, nem politizados e muito menos comprometidos com a honestidade e com o próprio caráter. Precisamos entender que mesmo estando contra a corrupção estaremos contra nós mesmos por causa desses pequenos atos que nos igualam aos demais frentistas desse mal que tem assolado nosso dia-a-dia em diversos âmbitos segmentais.

Antes de sair nas ruas “contra a corrupção” pense bem, reveja seus conceitos e faça isso com a consciência limpa, sem enganar a si mesmo. Lógico que não estou aqui para defender nenhum partido corrupto ou tirar o foco da corrupção do âmbito nacional; quero apenas que você veja como é fácil olhar para os outros sendo que você se corrompe da mesma forma, porém por objetivos diferentes. Porque se você pensar que mesmo estando no erro pode ser contra ele, sem que passe por hipócrita é o mesmo que um FUMANTE dizer que o cigarro é algo que prejudica a saúde.

Sejamos contra a corrupção, mas antes estejamos aptos para isso, começando por nós mesmos! 😉

Diego Bezerra (jkbezerra22@gmail.com) 

Um dedo de prosa. 

Compartilhe
Publicidade

Um abençoado 2016 para você! Leia aqui nossa mensagem

2016Nós que fazemos o Site Upanema.net desejamos a todos uma boa noite de réveillon , com muitas comemorações ao lado de pessoas queridas, família, amigos, pessoas que fazem parte do seu convívio social e que lhe trazem conforto e paz!

Que esse ano de 2k16 possa ser um momento novo de muita alegria, repleto de muita saúde, fé em Deus, de sabedoria e também de grandes realizações sociais e profissionais. Que o nosso futuro esteja focado no amor, na prática dele; que o ato de ajudar o próximo esteja em nosso coração e que possamos ser 100% melhores do que nós fomos esse ano que se encerra!

A todos, leitores e amigos boas festas, bons momentos e que a luz do amor encha o coração de vocês de grandes oportunidades no ano vindouro! Continue nos dando o prazer de informar a você com a precisão na noticia e com a VERDADE, que é o mais importante aqui!

Votos de Diego Bezerra, Edinael Castro e toda família Upanema.net.

Compartilhe
Publicidade

TRUQUE DO PANO: PROTEJA SEU CACHORRO DO BARULHO FEITO POR FOGOS DE ARTIFÍCIO

Momento de festa para uns e de terror para outros.

Quem tem animal de estimação sabe como é estressante para eles lidar com os barulhos feitos por explosivos, como os fogos de artificio, situações que os expõem a altos níveis de ruídos – dá um aperto no coração vê-los em pânico.

Para amenizar o sofrimento do seu filho peludo, encontramos uma técnica – muito simples – chamada Tellington Touch. Esse método se baseia na informação de que animais que possuem esse tipo de pavor também têm grande sensibilidade nas regiões traseiras, patas e orelhas.

Sendo assim, consiste em atar seu cão com um pano para que a circulação sanguínea das regiões extremas do corpo seja estimulada, amenizando as tensões localizadas no dorso do animal e diminuindo sua irritabilidade. Veja:

tecnica_cao_sossolteiros_04

Amarre seu cachorro de forma que a faixa englobe peito e dorso (formando um oito), finalize dando um nó na região traseira, mas certifique-se que não esteja exatamente sobre a coluna.

POR QUE FUNCIONA?

O ato de “amarrar” seu cachorro reverbera no sistema nervoso dele, que recebe a informação sensitiva, envia ao cérebro e o deixa mais calmo, visto que essa pequena pressão ativa seu sistema nervoso autônomo.

Conforme o corpo sente a pressão das faixas, sua psique e tronco entram em harmonia, fazendo com que o pet sinta-se mais seguro e possa enfrentar momentos que lhe causavam medo e pavor.

 

half-wrap2

Pela internet é possível encontrar produtos específicos, como tecidos e camisetas caninas anti-estresse. Mas “isso não quer dizer que o cachorro vai ficar tranquilo […] apenas vai ter menos medo da situação”, ressalta Truska.

Compartilhe
Publicidade

Upanema se prepara para O SHOW DO ANO, neste dia 26!

IMG_9953
A REALIZE Produções & Eventos apresenta, em Upanema, a maior festa de Natal da Região Oeste Potiguar, neste sábado (26). A festa do Ano na Casa de Show “Portal do Sol”, com as atrações que estão agitando o interior do nosso estado: MARCELO FREITAS e JOÃO NETTO PEGADÃO.

Você não pode ficar de fora! Procure já os pontos de vendas dos ingressos e adquira o seu:

– Locadora de Gledson Targino;

– Churrascaria “Arreio de Ouro”;

– Espetinho “O Rabugento”.

O Ingresso antecipado está no valor de R$ 20,00. Aproveite e faça parte do melhor natal da região.IMG_9954

Compartilhe
Publicidade

O ato de ser HUMANO!

somostodoshumanos-teztoO que é a vida se não pararmos para pensar como verdadeiros SERES HUMANOS? O que é a vida senão um momento de sobrevivência aqui na terra, que nos da à liberdade de podermos construir (ou não) uma conduta memorável de sobre nós mesmos? É importante sempre estancar alguns minutos dos nossos afazeres diários e pensar no nosso cotidiano, nas nossas atitudes e nos nossos propósitos para com a vida.

O fato de sermos seres humanos recai sobre nós a certeza de que, para construirmos um futuro brilhante, será necessário traçar um caminho, tendo em mente que será de longo prazo para nosso crescimento como pessoa (me refiro ao CARÁTER) e, também como agente social contribuinte para o crescimento da sociedade onde vivemos e nos desenvolvemos profissionalmente. Dentro dessa perspectiva surge o ponto crucial para que todos esses laços se desatem: o reconhecimento e sensatez de que somos seres humanos, vivendo em comunidade e que precisamos uns dos outros (de alguma forma) para que o nosso viver seja bem conceituado como cidadão.

Ninguém sobrevive sozinho em lugar algum. Sem trabalho, sem alimentação, até mesmo sem cuidados com a saúde. Somos dependentes dos serviços (públicos) prestados: da educação para o nosso crescimento nos caminhos do saber, da saúde para o bem estar do corpo (e também da alma), do emprego para que haja recursos financeiros para construir parte dos sonhos que temos e desenvolver muitos de nossos projetos que, financeiramente falando precisam de recursos. Mesmo com todos esses pontos importantes para o nosso desenvolvimento como seres humanos, existem outros que são pilares assim todos esses que já citamos: a humildade, o amor, a sabedoria, a bondade, a fraternidade…

            Os sentimentos estão a todo o momento controlando parte do nosso corpo, enraizados no nosso ser e, na maioria das vezes tratando de lembrar a nós mesmos que somos meros seres humanos, seres sociais (vivendo em sociedade) e que temos uma trajetória (quer diga-se que de passagem) com um tempo “determinado” de vida terrena.  As emoções são importantes para que reconheçamos que existem pessoas que precisam de nós, que necessitam de um apoio (seja ele físico, moral, financeiro, motivacional) para seguir em frente em algum momento da vida. Como seres pensantes e HUMANOS devemos ser justos em reconhecer que não conseguiremos sobreviver sozinhos, precisamos uns dos outros! Ser canal na vida de outras pessoas é importante para a alma, dá uma sensação de paz de espírito quando vemos o quanto fomos importantes para o crescimento de alguém, em algum momento da vida.

            Reflita sobre essa mensagem, compreenda que estamos de passagem e que precisamos ir construindo o nosso futuro, mas levando em consideração o nosso crescimento em sociedade. Ajudar a quem precisa é um ato de humanidade; é ajudar a si mesmo; é fazer o bem e agradar a Deus, mesmo sem levar em conta raça, cor, sexualidade, religião, crença ou identidade cultural – a VIDA é mais preciosa que essas características. AJUDE! Reconhecer que somos seres HUMANOS e um Ato de fé e de coragem, que alguns (seja por orgulho ou má fé) jamais saberão!

Coluna: “Um dedo de Prosa”.

Diego Bezerra.

Compartilhe
Publicidade

O Meio Ambiente nunca clamou tanto por SOCORRO! Vamos nos socorrer?!

Estamos em época de uma grande crise, não nos referimos só ao fator financeiro em questão, mas também a diversos outros como: falta de água, falta de cuidados com o meio ambiente e principalmente falta de cuidado com a vida em que queremos para nossas próximas gerações. Devemos nos considerar seres vivos, humanos e que estamos apenas de passagem por um “terreno” que não é nosso. Estamos vivos! Mas essas questões às vezes nos “matam” historicamente! Deixam-nos em uma condição de alguém desastroso ou incompetente com relação aos tratos que damos ao meio ambiente e até mesmo ao uso de benefícios como a água, por exemplo.

  Sabemos da importância da preservação ambiental, dos cuidados com o futuro, para que possamos viver mais, quer seja por vaidade, quer seja por saúde, sabe-se lá Deus, as intenções de cada um. Mas que se a gente não der conta dos problemas em questão envolvendo os recursos naturais, futuramente não poderemos chorar pelo leite derramado. Mas devemos estar conscientes agora de que o choro futuro pode ser de uma geração deixada por nós que se entristecerá (e muito) por tamanha falta de cuidados (que não tivemos) com relação ao desenvolvimento sustentável do nosso país!

Com relação aos acontecimentos em Minas Gerais, consequência de uma Irresponsabilidade empresarial da CEO da Vale, Samarco, ou BHP Biliton – objetivamente responsáveis pela situação atual e seus desdobramentos, do ponto de vista ambiental, civil e provavelmente, penal. Nenhuma dessas empresas responsáveis pela construção das barragens de rejeito de mineração da Samarco apareceu diante das câmeras para prestar nenhum tipo de esclarecimento, ou oferecer qualquer tipo de informação a respeito do assunto. E os desastres continuam por ai, frente aos impactos causados pela contaminação de rios e mares. Em alguns lugares não se podem mais olhar o mar com os olhos de paz e de bonança! E sabemos que as irresponsabilidades políticas em relação a essa tragédia são enormes, as autoridades ambientais do Estado de Minas Gerais, apesar das advertências, asseveraram, na oportunidade, que tudo estava “na mais perfeita ordem” e dentro da legalidade. De onde?!

Muitos desastres ambientais acontecidos ao longo dos anos (e que acontecem diariamente) envolvem os diversos seguimentos que compõem a sociedade! Precisamos atentar para isso. Nossa realidade é outra, claro (mas não muito diferente se tratando dos cuidados com o meio ambiente). Mas que possamos viver nossa realidade, cuidar do meio ambiente, do nosso aconchego, da nossa rua. Que o lixo jogado por sobre os muros possamos coloca-los para serem jogados no caminhão coletor; que a água que desperdiçamos enquanto tomamos banho, ao passar sabonete, possa ser usada por outra pessoa de nossa família; que ao lavar as mãos desperdiçando a água possamos perceber que as mesmas mãos que desperdiçam são as mesmas que podem fechar as torneiras e evitar que nossas gerações estejam condenadas por escassez de um bem tão precioso como esse!

Compartilhe
Publicidade