CEARENSE ENVIA CARTA ABERTA AO DEPUTADO TIRIRICA. VALE A PENA LER

Publicado por Robson Pires
Prezado deputado Tiririca:
O motivo desta, xará e conterrâneo Francisco, é cumprimentar Vossa Excelência pelos primeiros projetos apresentados na Câmara.
Demorô, como diríamos em boa prosódia carioca, mas fico feliz que tenha rabiscado, com seus assessores, ótimas intenções.
É triste saber, caríssimo palhaço, que 16 milhões de brasileiros são incapazes de garranchear ou ler um recado escrito, um simples bilhete de amor ou de trabalho.
Você mesmo, Excelência, foi humilhado pelos homens da lei, sob tal suspeita mobralesca. Lindo que tenha pensado nisso, com a sua própria história, de marginalizado nordestino, como norte.
Muita gente já saltou, com a mesma palmatória da moral burguesa em riste, para castigá-lo pela proposta da “Bolsa Alfabetização”.
Liga não, são os mesmos que julgam o Bolsa Família como coisa de vagabundo.
Siga firme. Se fizer desse projeto a sua bandeira, terá valido o milhão de votos. Não esmoreça. Cutuque o governo, faça alarde, monte barracão contra o analfabetismo em todos os canteiros de obra.
Vá lá, Excelência, esteja perto, aprenda junto, livre essa gente do humilhante ato do dedão na almofada-tinteiro. Não se envergonhe, amigo, faça essa gente ri –nisso você é gênio- e mostre que é capaz também no Parlamento.
Saia da piada eleitoral, deputado, para entrar na história. Mas, por favor, não fique triste, como revelou a ótima reportagem da cearense Adriana Negreiros, na Playboy deste mês. Saia para o jogo, mostre a cara, coise, pois coisando, como você mesmo conjugaria o verbo das boas ações, será grande figura.
Mate o abestalhado cacareco que ressurgiu nas urnas, como acreditam os metidos analistas, e vingue como um palhaço de responsa e de respeito.
O palhaço símbolo do fim do analfabetismo no país. Já pensou que feito?
Boa sorte, Ilmo. Sr.Tiririca, que seja mais um acusado de ignorante a fazer mais que os PhDs da praça, afinal de contas não se nasce doutor, torna-se, dependendo da causa.
Fico por aqui e o Brasil, creio, pior não fica. Força, Francisco, salve esse mandato e vire exemplo para as massas.
Um abraço,
Francisco Sá ou Xico Sá – Seu conterrâneo do Ceará
Compartilhe
Publicidade
Publicidade

DO PORTAL IG: ATÉ MORTOS ‘ASSINARAM’ FICHA DE CRIAÇÃO DO PSD DE KASSAB

Matéria publicada no portal IG:
Adriano Ceolin, iG Brasília
Partido em fase de criação capitaneado pelo prefeito paulistano, Gilberto Kassab, o PSD usou a assinatura de quatro pessoas mortas na lista de apoiamento para a fundação da sigla em Santa Catarina. O iG teve acesso ao relatório produzido pelo chefe do cartório da 49ª Zona Eleitoral do Estado, Ângelo Eidt Pasquale. Segundo o documento, 140 assinaturas “não tiveram a autencidade comprovada”.
Os indícios de fraude foram identificados nos municípios de Jupiá, Novo Horizonte e São Lourenço do Oeste, que fica a cerca de 600 km de Florianópolis. Em maio deste ano, o governador catarinense Raimundo Colombo anunciou que deixaria o DEM rumo ao PSD. Ontem, o iG já havia revelado que a Justiça Eleitoral solicitou a instalação de um inquérito policial para investigar uma série de irregularidades na documentação do novo partido de Kassab.
Segundo o chefe do cartório da 49ª Zona Eleitoral, os quatro mortos usados pelo PSD tinham domicílio eleitoral São Lourenço do Oeste. “Quatro eleitores falecidos “assinaram” apoio ao PSD: Ivo Pavan Libardoni (morto em 3.7.2009, registrado no CRC de Vitorino/PR), Hermino Joacir Cacciatori (morto em 1º.10.2008, registrado no CRC São José dos Pinhais/PR, termo 18709, folha 169, livro 30C), Affonso Martignago (morto em 21.9.2009, registrado no CRC São Lourenço do Oeste/SC, termo 3151, folha 99, livro 5C), João Dall Pont (morto em 21.3.2010, registrado no CRC Ferraria de Campo Largo/PR, termo 22,folha 22, livro 1C), Diva Lucena Libardoni (morta em 28.11.2008, registrado no CRC de São Lourenço do Oeste/SC, termo 3060, folha 8, livro 5C)”, escreveu Pasquale.

Ainda de acordo com o relatório, seis assinaturas de eleitores de Jupiá não puderam ser comprovadas. Em Novo Horizonte, outras 11 não foram consideradas verdadeiras. Contudo, a maior parte dos problemas ocorreu em São Lourenço do Oeste: “(…) vislumbra-se que dos 130 nomes de eleitores lourencianos apresentados, apenas, e tão somente, 7 assinaturas tiveram sua autenticidade confirmada (5,38 %)”, descreve o relatório.
Prazo
O partido de Kassab corre contra o tempo para cumprir os requisitos para fundação da sigla até o começo de outubro. O objetivo é que todos estejam aptos a disputar as eleições municipais de 2012. A maioria dos políticos que decidiram ingressar na legenda tem problemas nas suas atuais siglas. Dois governadores, dois senadores e cerca de 30 deputados anunciaram apoio ao PSD durante lançamento do partido em abril deste ano.
De acordo com a legislação eleitoral, um partido para obter o registro de funcionamento no Tribunal Superior Eleitoral precisa apresentar uma lista de fundadores com apoiamento de 0,1% de eleitores em, no mínimo, nove unidades da federação. Lideranças políticas consideram uma tarefa difícil de ser executada até outubro. Considerado braço político da Igreja Universal do Reino de Deus, o PRB demorou três anos para conseguir seu registro.
O advogado do PSD, Admar Souza, afirmou que considera importante a análise de todas as assinaturas. Mas, ressaltou que pessoas podem estar usando indevidamente o nome do partido. “Inclusive, para gerar notícias negativas como essa”, disse.
Compartilhe
Publicidade

QUEM É GOLPISTA: ESTUDANTES OU POLÍTICOS?

Golpista… 
A forma como a prefeita Micarla de Sousa tratou o movimento que pede seu impeachment, chamou atenção na coletiva que concedeu agora há pouco.
Houve quem, do grupo da prefeita, questionasse a definição.
Mas ela não abriu mão de dizer que considera golpe que os políticos que não ajudaram Natal nos últimos dois anos, tentem agora tirá-la do cargo para o qual ela foi eleita com legitimidade.
Quando fala em golpe, a prefeita certamente não fala dos jovens que vão para as ruas e chegam a acampar no pátio da Câmara Municipal.
Mas sim de quem está por trás dos jovens….e ela diz ter certeza que eles não estão sozinhos.

Para a prefeita, os políticos que não ajudaram Natal nos últimos dois anos, usando dessa mesma força para brigar contra o Planalto que não liberava um centavo para a cidade, não precisam mais lutar pela cidade.
“Porque agora eu tenho uma parceira, uma mulher que é minha amiga e minha parceira, que se chama Dilma Rousseff”, disse a prefeita, a firmando que não precisa pedir a ninguém para abrir as portas do Planalto para que ela chegue ao gabinete presidencial.

“Eu mesma vou e sou recebida”, afirmou a prefeita Micarla de Sousa, que durante a coletiva fez um balanço das garantias que não teve ´nos primeiros dois anos de sua gestão, e que passou a ter depois da posse de Dilma.

E citou que tem garantidos 338 milhões de reais em obras de Mobilidade Urbana; 186 milhões de reais para obras de um Túnel de Drenagem, saindo do Machadão até o Kilômetro 6, drenando 6 bairros e acabando de vez com os problemas das lagoas de São Conrado e da Cidade da Esperança; 56 milhões de reais para obras de drenagem e pavimentação de 7 comunidades da zona Norte de Natal; 24 milhões de reais para conclusão de obras de 3 comunidades no bairro Nossa Senhora da Apresentação, também na zona Norte.

Também disse que á Prefeitura está pleiteando 77 milhões de dólares para o Prodetur, o que vai garantir a revitalização da orla de Natal, e também 150 milhões de reais, dos projetos de mobilidade apresentados há 15 dias em Brasília, e que se forem liberados garantirão as obras de mobilidade da região central da capital.

Fonte: Thaisa Galvão

Compartilhe
Publicidade

DEPUTADO TIRIRICA QUER CRIAR A “BOLSA ALFABETIZAÇÃO”.

 Publicado por Robson Pires
Finalmente o deputado Tiririca (PR/SP) apresentou o seu primeiro projeto no Congresso: o projeto “Bolsa Alfabetização”, que se destinaria a adultos que concluírem curso para aprender a ler e escrever.
Cada beneficiário receberia um benefício de R$ 545. Tiririca ainda encaminhou projetos de criação vale-livro, para alunos da rede pública, e serviço de assistência social para profissionais do circo.
Compartilhe
Publicidade

“Prove, prove!”, exige Lauro Maia sobre envolvimento no homicídio de Anderson Miguel

“Tudo que estão me acusando tem que provar. Tim tim por tim tim. Peça por peça. Quem não provar vai arcar com as conseqüências”.
 
O aviso é de Lauro Maia, filho da ex-governadora Wilma de Faria, e pivô do esquema de fraudes à licitações trazidos à tona pela Operação Hígia e amplamente detalhado por Anderson Miguel, assassinado em seu escritório na noite de ontem (01).
Lauro é imperativo em exigir provas. Indagado sobre as supostas relações que ele poderia ter no envolvimento do homicídio ele é taxativo: “Prove, prove!”.
Ele nega que tenha havido qualquer contato entre ele e Anderson Miguel nos últimos tempos: “Nunca tive contato com essa pessoa”, disse o advogado que tentou assento na Assembleia Legislativa na eleição passada.
Maia relatou indiferença sobre como recebeu a notícia da morte do empresário Anderson Miguel: “Não tenho dizer como recebi. Isso não tem nada a ver comigo”.
Questionado sobre como está se preparando para os desdobramentos do caso ele afirma que “Eu nunca temo nada. Só a Deus”.
Nominuto.com
Compartilhe
Publicidade

REUNIÃO

Foto: Retirada do Blog Upanema News
Próximo sábado, o presidente do Diretório do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro em Upanema-RN (PRTB), Edinael Castro, se reunirá com o presidente do Diretório da Juventude do PMDB, o jovem, André Júnior. A reunião está prevista para as 13h00min.
Apesar das siglas partidárias, não haverá discussões em torno da politica. A reunião será extremamente em favor da UMES, onde estaremos buscando alternativas viáveis para sua estruturação no munícipio, uma vez que, André Júnior tem se mostrado um forte aliado em prol da implantação desta entidade, sem contar que o mesmo é filho da atual gestora municipal, Maria Stela Freire.
Compartilhe
Publicidade

PSD PODERÁ NÃO “VINGAR” NO RN

Com a chegada do Partido Social Democrático (PSD) no Rio Grande do Norte, os comentários que se ouviam eram que político A ou B deixaria o partido, para se filiar  ao novo partido. Após alguns meses, as conversas mudaram de rumo.
Organizadores do partido no Estado estão enfrentando muitas dificuldades de convencerem as lideranças municipais a aderirem à sigla. Já que, disseminou-se a dúvida se o PSD conseguirá ou não o registro definitivo no TSE, até outubro, o prazo fatal estabelecido em lei para mudança de partido.
Quem se filiar agora não poderá recuar e caso o PSD não seja legalizado, ficarão inelegíveis os inscritos, não podendo ser candidatos em 2012.Em alguns municípios esta situação de interrogação é evidente e “a cobra poderá fumar”.

FONTE: Robson Pires

Compartilhe
Publicidade