phdvirtual

PSB DE CAMPO GRANDE AFIRMOU CANDIDATURA PRÓPRIA EM 2012

Agora é a vez da capital, mas as renovações nos diretórios municipais socialistas aconteceram há alguns dias. Foi o caso de Campo Grande que reconduziu Manoel Veras e Arliênio para os cargos maiores da direção municipal. Na ocasião, os dois afirmaram que o partido sai com candidatura própria para prefeito, nas eleições campograndenses de 2012.

Fonte: http://www.caramurupaiva.com.br/

Compartilhe
phdvirtual

LEVY FIDELIX CRIA O PRTB JOVEM PARA DAR FORÇA À JUVENTUDE NA POLÍTICA NACIONAL

Levy Fidelix, Fundador e Presidente Nacional do PRTB, mais uma vez, mostra seu arrojo e firma-se como homem visionário que é, dando início ao PRTB Jovem, um Movimento forte que pretende estender-se por todos os estados do País proporcionando real representatividade e aumentando a força dos jovens que tanto anseiam por mudanças na política nacional.
Há muito que os estudantes vêm conquistando sua visibilidade nos quadros políticos do Brasil. No entanto, por diversas vezes, sem encontrar espaço, sua participação acaba sendo limitada ao voto, deixando de desempenhar sua relevância e cumprir seu papel como transformador social, capaz de trazer desenvolvimento para si e para toda sociedade.
Rodrigo Ferraz de Esquivel recebeu seu Diploma de Empossamento durante a Pré-Convenção Partidária, realizada na Assembléia Legislativa/SP e, em breve discurso, ressaltou a importância de o Partido ter a sua vertente para representar o jovem na política atual, finalizou agradecendo a Levy Fidelix afirmando “Fidelix é um homem visionário que, há 16 anos, trouxe a idéia do Aerotrem para São Paulo e, mais uma vez, mostra-se o homem diferenciado, além de seu tempo, que dá a oportunidade da criação do 1º Movimento Estudantil de representação dos estudantes partidários deste país.”
Assessoria de Imprensa – PRTB
Compartilhe
phdvirtual

CORREGEDORIA ELEITORAL BAIXA NOVO PROVIMENTO PARA ALTERAR PRAZO DE DEFESA ELEITORAL

NOVO PRAZO
      
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibilizou  as relações de filiações identificadas em duplicidade/pluralidade, tecnicamente chamada de sub judice (que quer dizer “sob apreciação judicial”).

Após a comparação eletrônica das listas fornecidas pelos partidos até o último dia 14 (listas internas submetidas ao processamento no sistema da Justiça Eleitoral denominado Filiaweb), foram identificadas as filiações de um mesmo eleitor que constam regulares nas listas internas de mais de um partido. São as duplicidades de filiação cuja situação atual é de sub judice.

No cronograma original, essas relações de filiações sub judice deveriam ter sido disponibilizadas no dia 19, conforme cronograma divulgado pela Corregedoria Geral Eleitoral (CGE), por meio do Provimento nº 7/2011 – CGE, no entanto, em razão da sobrecarga do sistema, causada pelo imenso e inesperado número de acessos simultâneos de usuários ao sistema Filiaweb, e pelo grande volume de registros de filiações e desfiliações operados no mesmo sistema, a CGE alterou aquele cronograma por meio do Provimento nº 12/2011.

Pelo novo cronograma, o prazo para os eleitores com duplicidade de filiação apresentarem suas defesas passou a ser contado desta data (21/10/2011) até o dia 9/11/2011.

Todos os partidos foram automática e eletronicamente notificados pelo TSE das duplicidades de seus filiados. Isto é, a Resolução TSE nº 23.117/2009, que instituiu o sistema Filiaweb, estabeleceu que as notificações dos Partidos Políticos seriam feitas pelo próprio sistema Filiaweb, assim, os partidos foram notificados pelo Filiaweb ao mesmo tempo em que as relações de filiações sub judice foram disponibilizadas no sistema (na internet).

Não obstante a notificação eletrônica dos partidos, o TSE também expediu notificações aos filiados envolvidos em duplicidade de filiação, mas essas notificações serão entregues pelo Correios e o prazo para defesa é o mesmo, independente do eleitor receber ou não a notificação impressa em seu endereço.

Pela Lei dos Partidos Políticos (Lei nº 9.096, de 19/9/1995), “quem se filia a outro partido deve fazer a comunicação ao partido e ao Juiz de sua respectiva Zona Eleitoral, para cancelar sua filiação; se não o fizer, fica configurada dupla filiação, sendo ambas consideradas nulas para todos os efeitos” (parágrafo único do artigo 22).
 
Fonte: Aldo Araújo 
Compartilhe

BRASIL TEM MAIS DE 15 MILHÕES DE ELEITORES FILIADOS A PARTIDOS POLÍTICOS

De acordo com dados organizados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a partir de informações dos partidos políticos, existem 15.381.121 eleitores filiados a uma das 29 agremiações em todo o Brasil.

Desse total de filiados, a grande maioria está concentrada em sete partidos, somando 10.374.547. São eles: PMDB (2.420.327); PT (1.566.208); PP (1.436.670); PSDB (1.410.917); PDT (1.212.531); e PTB (1.203.825); e DEM (1.124.069).

O prazo para que os partidos informassem a lista de filiados terminou no dia 14 de outubro. Essa atualização é determinada pela Lei dos Partidos Políticos (Lei 9.096/1995 – artigo 19), segundo a qual todo mês de abril e outubro de cada ano as agremiações devem atualizar junto à Justiça Eleitoral os dados de seus filiados.

Os números mais recentes mostram que, nesse intervalo de seis meses entre abril e outubro, 1.885.618 pessoas se filiaram a algum partido.

Novas filiações
Em nível nacional, o Partido dos Trabalhadores (PT) foi a agremiação que teve maior número de novas filiações no período: 155.715 eleitores. Com 149.586 inscrições, o recém-criado Partido Social Democrático (PSD) foi o segundo partido com maior número de novas filiações. O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) atingiu a terceira colocação, com 146.665 filiações no período.

Última legenda a obter registro no TSE, o Partido Pátria Livre (PPL) alcançou 12.372 filiações.

Novas desfiliações
Já os eleitores que optaram por se desvincular de partidos políticos nos últimos seis meses somaram 560.476. O partido que registrou maior número de desfiliações foi o PMDB, com 86.243 baixas nesse período. Em seguida aparece o PSDB, com 59.962 desfiliações e logo após o PT, com 49.722.

Confira a tabela com os números de novos filiados por partido político e a tabela com os números de novos filiados por Unidade da Federação/partido.

Filiaweb
Por meio do sistema Filiaweb, disponível no Portal do TSE, os internautas já podem realizar consultas sobre a situação partidária de uma determinada pessoa, seja para gerar uma certidão de filiação partidária – positiva ou negativa –, ou ainda para ter acesso a informações sobre os filiados a uma agremiação partidária específica, por estado brasileiro.

No sistema, o usuário deve selecionar o partido e o estado que pretende consultar. A seguir, ao clicar em “baixar lista”, será feito o download de um arquivo compactado com a relação das filiados à legenda/UF selecionados.
Para acessar o Filiaweb, clique aqui (http://filiaweb.tse.gov.br/filiaweb).

2012
Para concorrer às eleições de 2012, o candidato deverá comprovar domicílio eleitoral na respectiva circunscrição pelo prazo de, pelo menos, um ano antes do pleito. Deverá comprovar, também, que está com a filiação deferida pelo partido no mesmo prazo. Os partidos que não conseguiram comunicar as filiações até o último dia 14 não serão prejudicados, pois em abril de 2012 será aberto um novo prazo para informações da base de filiados no sistema Filiaweb.

Confira as tabelas com o total de filiados nacional e por Unidade da Federação. Também estão disponíveis as tabelas com o total nacional de novas desfiliações e as novas desfiliações por Unidade da Federação.

CM/MB

Compartilhe

PROPAGANDA DE PARTIDO CRISTÃO BRASILEIRO CAUSA REVOLTA EM HOMOSSEXUAIS

Um comercial do Partido Social Cristão exibido no horário político na última semana causou grande repercussão entre homossexuais, que entenderam que o conteúdo era homofóbico. A propaganda mostrava uma imagem onde aparecia escrito “Homem+Mulher+Amor=Família”.
Segundo o site Lado A, a afirmação, apesar de discreta, representa a opinião de vários líderes do partido, que são membros ou pastores de igrejas evangélicas e que o partido quer colocar os ensinamentos cristãos acima da Constituição.
O site do partido já havia chamado a atenção dos ativistas gays por causa da nota de repúdio emitida pelo PSC quando o Supremo Tribunal Federal reconheceu a legalidade da união civil entre pessoas do mesmo sexo. A nota afirmava: “O Partido Social Cristão repudia a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que equipara as relações estáveis de heterossexuais e de homossexuais. A Corte Suprema do País adotou uma posição contrária aos anseios da maioria esmagadora da população brasileira”.
Membros do PSC afirmam que o partido não é homofóbico, porém defendem o ponto de vista cristão e defendem o conceito de Família Cristã. O site Lado A, que visa o público homossexual ironiza a postura do partido: “Sob o slogan bíblico ‘Deus fez Macho e Fêmea’, rejeitam o reconhecimento dos direitos dos homossexuais. Como usam a frase missão do partido ‘O ser humano em primeiro lugar’, logo, rejeitam também a humanidade dos homossexuais”. O PSC não divulgou nota sobre a reportagem do site Lado A.
Compartilhe
phdvirtual

TERMINADO O “PRIMEIRO TEMPO” PARTIDOS BUSCAM FÔLEGO PARA VENCER NO “SEGUNDO”

FIM DO PRIMEIRO TEMPO

Fazendo-se um paralelo entre a política e o futebol, poderíamos dizer que foi encerrado o primeiro tempo do jogo relativo às eleições 2012. 
 
Esse “primeiro tempo” foi a definição tomada pelos pré-candidatos, decidindo em quais partidos políticos pretendem concorrer ao pleito vindouro.

Esse prazo foi esgotado no último dia 07 de outubro (um ano antes da data da eleição).

Agora, as atenções se voltam para o mês de junho/2012, mês em que os partidos políticos definirão as composições políticas (coligações) proporcionais e majoritárias.  Em outras palavras: Quem vai se juntar com quem.

Como estamos há cerca de 9 meses desse prazo, muitos comentários surgirão a respeito de composições.  No entanto, fechamento de verdade, somente dentro do próprio mês de junho (de 10 a 30), período definido pela legislação eleitoral para a realização das convenções.

A receita, agora, é pé na estrada; pois só assim, os que almejam chegar à vitória, conseguirão projeção suficiente para estarem “bem na fita” no período das composições políticas – Junho/2012.


Todavia, como no futebol, nada impede que “no intervalo do jogo” possa se conversar muito para se buscar a vitória no segundo tempo.
Fonte: Blog do Aldo Araújo
Compartilhe