ESPETÁCULO TRIBUTO À UPANEMA ESTREIA HOJE COM NOVA IDENTIDADE, DRAMATURGIA AUTORAL E COMPOSIÇÕES ORIGINAIS

O espetáculo Tributo à Upanema estreia na noite de hoje, às 21 horas, na Praça de Eventos, com nova identidade, além de dramaturgia autoral e composições originais. A direção neste ano é da Cia. Pão Doce de Teatro, de Mossoró (RN).

O elenco do espetáculo é composto por crianças e adolescentes usuários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Secretaria de Assistência Social e comunidade em geral.

O monitor Lázaro Silva, que está participando do espetáculo como ator e aderecista, salienta: “É importante trabalhar com crianças e alimentá-los de arte e cultura. Esta é a geração que no futuro dará continuidade a este trabalho. Hoje, temos crianças que não só atuam, mas nos ajudam na confecção de adereços.”

Marcílio Targino, que também auxilia na produção do espetáculo, diz: “Me sinto realizado. Todos os anos desejamos apresentar um bom trabalho, e neste ano a Cia. Pão Doce está tratando a história de Upanema com muito respeito e poesia. As pessoas se reconhecem no espetáculo, principalmente os mais velhos, é importante mostrá-los um bom trabalho.”

Os atores mossoroenses Paulo Lima, Lígia Kiss, Mônica Danuta, Michelli Fábia e Romero Oliveira estão diretamente envolvidos na realização deste projeto. A dramaturgia
assinada por Romero Oliveira assim como a música, em parceria com o arranjador Josemberg Silva, trazem ao trabalho mais dinamismo e auxiliam o jogo entre os atores.

O Tributo a Upanema celebra os sessenta e cinco anos de emancipação do município, e acontecerá nos dias 13 e 14 de setembro na Praça de Eventos.

Compartilhe
phdvirtual

MULHER PERDE VAGA DE EMPREGO POR CAUSA DE CIÚMES DO MARIDO NO RN

Após perder oportunidade, candidata entrou na Justiça do Trabalho contra a empresa, mas teve pedido de danos morais negado (Foto: Reprodução/Internet)

Uma candidata à vaga de promotora de vendas de uma empresa de Natal perdeu a oportunidade de emprego por causa de uma crise ciúmes do seu companheiro, que mandou ameaças ao selecionador. Ela chegou a processar a empresa na Justiça do Trabalho e pediu pagamento de danos morais, mas perdeu a ação.

Conforme o processo, a candidata foi considerada apta no exame final de admissão em abril deste ano, mas, logo depois, foi comunicada pela empresa de que a contratação estava suspensa, sem mais explicações.

A promotora pediu indenização por danos morais por entender que a empresa não agiu com boa-fé, por criar falsa expectativa de emprego, prejudicando sua recolocação no mercado de trabalho.

Por outro lado, a empresa argumentou que desistiu de contratar a candidata depois que o companheiro dela agrediu o responsável pela seleção, com ameaças e termos de baixo calão, alegando que o supervisor teria se insinuado para a mulher.

A empresa afirmou que após a aprovação no processo, o supervisou ligou para a candidata, solicitando documentos e agendando uma conversa. Às cinco horas da manhã do dia seguinte, porém, ele foi surpreendido com mensagens de whatsapp em texto e áudio, enviadas pelo companheiro da promotora.

O marido da candidata, por sua vez, alegou que a conversa entre a mulher e o supervisor “ficou martelando em sua cabeça” a noite toda, enquanto ingeria bebida alcoólica e pensava que o outro se insinuava para a mulher. Ele também declarou que esse não foi o primeiro caso, pois já chegou a discutir com um outro homem, sob efeito de remédio controlado, após vê-lo conversando com a companheira.

Com isso, a 7ª Vara do Trabalho de Natal (RN) não acolheu pedido de indenização por danos morais de promotora de vendas. Para a juíza Karolyne Cabral Maroja Limeira, que julgou o caso, a empresa adotou “uma postura razoável de resguardo de problemas em relação ao seu quadro funcional, clientela e terceiros”. Ela ainda considerou “lamentável como a conduta machista de um homem”, que deveria incentivar sua companheira a progredir na vida, possa ser tachada como “motivo fútil”, como alegou a promotora em sua reclamação.

Compartilhe

CAMPANHA CRESCE E LAWRENCE RECEBE APOIO DE JORGE LUIZ E CÉLITON

Sem grandes estruturas e fazendo campanha pés no chão, o candidato a deputado federal Lawrence Amorim (Solidariedade) recebeu ontem (terça-feira, 11) os apoios do ex-prefeito de Upanema, Jorge Luiz da Costa, e do empresário Céliton Luiz da Costa, da CLC, além de diversas lideranças municipais.

Ao anunciar o apoio e pedir votos, Céliton ressaltou que estava diante de candidatos com boas propostas e de ficha limpa, dois fatores que preponderam na decisão de apoio.

“Estamos no caminho certo, recebendo apoios dos amigos, e caminhando para a construção de uma grande vitória” – disse Lawrence.

A cada dia a campanha de Lawrence cresce, despontando na pesquisa BG/Consult como um dos prováveis eleitos, a partir da expectativa de que sua coligação Solidariedade/DC/PV/PSC/PSL fará uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Compartilhe
phdvirtual

BOLSONARO LIDERA ENTRE MULHERES E EVANGÉLICOS, APONTA IBOPE

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, isolou-se na primeira colocação entre as mulheres e ampliou a vantagem que já tinha no eleitorado evangélico, segundo pesquisa Ibope, divulgada nesta terça-feira (11).

Bolsonaro tem 18% das intenções de voto no eleitorado feminino, oscilando para cima em relação ao levantamento anterior divulgado em 5 de setembro. Naquela pesquisa, o capitão reformado do Exército tinha 16% e estava empatado tecnicamente com Marina Silva (Rede), que era a escolha de 14%. Nesta terça-feira, a ex-senadora teve 10% das intenções de voto entre as mulheres.

Leia mais AQUI. 

Compartilhe

ZENAIDE CRESCE NAS PESQUISAS E AVANÇA PARA SER ELEITA SENADORA

Concorrendo ao Senado Federal pelo Rio Grande do Norte, a deputada Federal Zenaide (PHS) foi a candidata que mais cresceu nas últimas pesquisas de intenção de voto, se destacando como uma das favoritas a uma das duas vagas no Senado. O crescimento foi de 9,95 pontos percentuais quando comparadas as três últimas pesquisas do instituto de pesquisa CONSULT. 

Na pesquisa publicada nesta segunda-feira (10), Zenaide aparece com 17,29% das intenções de voto do eleitor. O levantamento foi realizado entre os dias 4 e 7 de setembro em todas as 12 regiões do Estado. Foram feitas 1.700 entrevistas, com margem de erro de 2,3% e índice de confiabilidade de 95%.

Na pesquisa divulgada em 03 de agosto, Zenaide aparecia com 7,34% das intenções de voto do eleitor. Na pesquisa divulgada em 1º de julho, Zenaide aparecia com 9% das intenções na soma dos votos.

Zenaide reafirma o seu compromisso com o povo do Rio Grande do Norte e celebra o número crescente nas intenções de voto. “É com alegria e otimismo que vejo os resultados das pesquisas, que tem me colocado cada vez mais próxima da vitória. Caso eleita, trabalharei para que a população do Rio Grande do Norte se sinta verdadeiramente representada no Senado”, disse Zenaide.

Compartilhe
phdvirtual

MINISTÉRIO PÚBLICO DENUNCIA 19 POR ENVOLVIMENTO NA MORTE DE PM EM CARAÚBAS, RN

O Ministério Público Estadual denunciou 19 pessoas por envolvimento, direto ou indireto, no assassinato do cabo da Polícia Militar Ildônio José da Silva, de 43 anos, crime ocorrido no dia 16 de agosto na RN-117, entre as cidades de Caraúbas e Governador Dix-Sept Rosado, na região Oeste potiguar.

O policial estava a caminho de uma faculdade em Mossoró quando foi identificado pelos bandidos, retirado do veículo, deitado no chão e executado com vários tiros. O último disparo, na cabeça, foi de espingarda calibre 12.

Compartilhe
phdvirtual

ABUSO SEXUAL NA IGREJA

papa Francisco convocou os presidentes de todas as conferências episcopais do mundo para uma cúpula em fevereiro de 2019. A reunião será realizada para discutir a prevenção do abuso sexual e proteção das crianças na Igreja católica e é uma evidência de que o pontífice percebe o escândalo global e entende que a falta de ação ao lidar com o assunto é uma ameaça ao seu legado.

O principais cardeais conselheiros de Francisco anunciaram sua decisão nesta quarta-feira, 12, um dia antes de o papa se encontrar com líderes da Igreja nos Estados Unidos, que foram desacreditados pelas acusações recentes apontando décadas de abuso sexual e encobrimento dos crimes.

Acredita-se que a reunião de 21 a 24 de fevereiro com os presidentes das mais de 100 conferências episcopais do mundo seja a primeira desse tipo. O evento sinaliza a percepção dos níveis mais altos da Igreja de que o abuso sexual é um problema global e não se restringe ao mundo anglo-saxão, como muitos líderes católicos insistem há tempos.

Compartilhe