De olho no vestibular

Vírgula no lugar.

O uso correto da vírgula e a sua posição são tão importantes que, em alguns casos, se o sinal troca de lugar, muda todo o sentido de uma frase. E pode causar tanta confusão… Confira os exemplos.

– Um advogado escreve para o juiz: “Esse, juiz, é corrupto”, se referindo a um outro advogado. E, se elimina a vírgula: “Esse juiz é corrupto”, acaba ofendendo o juiz.

– Um amigo em situação complicada escreve ao outro: “Vamos perder, nada foi resolvido”. O outro se desespera, mas na verdade o que o amigo queria dizer era “Vamos perder nada, foi resolvido”.

E você, já leu ou escreveu alguma frase parecida com essas? Conte para nós aqui no blog. Contribua com nosco através dos comentários.

Compartilhe
Publicidade

Secretária fala sobre formação de professores no fórum da Undime

Destacando o papel fundamental do professor na melhoria do Ensino Público no país e no Rio Grande do Norte, a secretária estadual de educação, professora Betânia Ramalho Leite, falou na tarde dessa quinta-feira (24) no 13º Fórum Estadual da Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação), realizado no Centro de Treinamento de Ponta Negra “João Paulo II”.

“A formação de professores está vinculada diretamente a grande expectativa, e necessidade, da melhoria da Educação. O professor está inserido no epicentro da Educação”, afirmou Betânia Ramalho em sua palestra aos secretários municipais de todo o Rio Grande do Norte.

Versando sobre o tema “Fórum Estadual Permanente de Apoio a Formação Docente”, a palestra da secretária também chamou a atenção para a necessidade de uma maior integração por parte dos gestores da Educação no Estado. “Todos estamos diante dos mesmos desafios. Tanto os secretários municipais de educação como nós da secretaria estadual. Precisamos caminhar juntos. Precisamos ter um projeto de Educação único para o Estado”, ressaltou.

A professora Betânia Ramalho, na condição de secretária estadual de educação, é a presidente do Fórum Permanente de Apoio a Formação Docente. O Fórum foi instituído em 2009 pelo Ministério da Educação com a finalidade de disciplinar a política de formação continuada de professores da rede pública de Educação Básica. É composto por todas as instituições de Ensino Superior do Estado, a Undime, Sindicato dos Trabalhadores da Educação, e Fórum das Licenciaturas.

Antes da palestra da secretária Betânia Ramalho no evento da Undime, falou sobre o tema a professora Márcia Gurgel, da UFRN, destacando os objetivos do Fórum Permanente de Apoio a Formação Docente e os cursos oferecidos no Rio Grande do Norte.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte oferece hoje 10 cursos de licenciatura à distância para professores da Educação Básica em 14 pólos localizados em várias regiões do Estado. Oferece também 08 cursos de formação continuada.

O fórum da Undime prossegue nesta sexta (25) com palestras sobre: Merenda Escolar, Programa Mais Educação, Proinfo, Plano de Ação Articulada, e Diretrizes Curriculares da Educação Infantil.
Compartilhe
Publicidade

DIAS 28 E 29- VAMOS PARAR!

 PARADA DE ADVERTÊNCIA

Como deliberado pela categoria, a nova paralisação acontecerá por 48horas. Nos dias 28 e 29 de Março iremos paralisar as nossas atividades puxando uma assembleia para a terça-feira com o edital de convocação trazendo a pauta de indicativo de greve. Teremos a presença de sindicalistas da região, participação de artistas, apoio de lideranças políticas, vereadores, grêmio estudantil, presidentes de associações, pais e alunos e de  quem mais queira nos apoiar.

 
Estamos convocando os servidores da educação e das demais secretarias ( da saúde, motoristas,guardas municipais, garís, asd) para também lutarem por seus direitos!
Gostaríamos de poder contar com a presença dos nove veradores, que por sua vez só estariam fazendo o seu papel de lutar junto aos servidores. Acreditamos que vossas presenças seriam uma manifestação a favor da educação! 

Sintam-se convidados!

Fonte: Ser Pensante, por Rosemary Sobral.

Compartilhe
Publicidade

Jogo do Bicho está com os dias contados em Caicó e em todo o RN

A exploração do jogo do bicho em Caicó pode estar com os dias contados. O Ministério Público do Estado publicou no Diário Oficial do Estado uma recomendação destinada ao delegado geral de Polícia Civil pedindo que sejam adotadas providências efetivas e imediatas na repressão ao jogo do bicho, atividade contravencional prevista no artigo 56 do Decreto-lei nº 6.259/1994. 
O MP quer que a polícia faça um mapeamento de todos os pontos onde há comercialização e exploração da atividade no RN, bem como das pessoas que promovem ou facilitam a realização da prática. O promotor de justiça Wendell Beetoven, autor da recomendação publicada no último dia 11 de março, também pede que a Polícia Civil investigue se há algum tipo de envolvimento de policiais na atividade. 
Em Caicó o comandante do 6° Batalhão da Polícia Militar em Caicó, Tenente Coronel Antonio Cipriano de Almeida, informou nesta terça feira que já recebeu a recomendação do Ministério Público,  determinando  a repressão ao jogo do bicho, que é considerado crime de contravenção final.
Em âmbito estadual o Cel. Francisco Araújo, comandante Geral da PM-RN recebeu na determinação na ultima semana e nos proximos dias irá se reunir com outros orgões militares do estado onde irá traçar um plano de atuação no combate a pratica ilegal do jogo do bicho.

Após receber a recomendação o comandante Geralc da PM determinou a publicação do mesmo  no Boletim Geral da PM e consequentemente tambem determinou a divulgação da ordem nos demais  batalhões, Companhias e destacamentos. 

O Comandante da PM já determinou que os policiais militares que estejam efetuando o seu trabalho cumpram a decisão de reprimir a atuação dos que fazem o jogo do bicho funcionar, acompanhando a funcionalidade das bancas e dos seus respectivos cambistas.
Os PMs que flagrarem os cambistas fazendo os jogos estão autorizados a levar os mesmos até a Delegacia de Policia Civil para que os procedimentos legais sejam feios,  e tambem apreendam os equipamentos e objetos que estejam na pratica delituosa,  como por exemplo as chamadas bancas, boias e até, Lapis.
Fonte: Eduardo Dantas
Via: Sentinelas do Apodi
Compartilhe
Publicidade

De olho no vestibular

Estamos dando inicio hoje a um novo cronograma de postagens, onde iremos disponibilizar conteúdo voltado ao vestibulando. Nosso quadro foi “batizado” de: “De olho no vestibular”.

1ª) Vendeu A VISTA  ou  À VISTA?
Se alguém “vendeu a vista”, deve ter vendido “o olho” (a vista = objeto direto). Seu desespero era tanto que primeiro vendeu o carro, depois vendeu um rim e agora vendeu a vista.
Se não era nada disso que você queria dizer, então a resposta é outra: “vendeu à vista”, e não a prazo (à vista = adjunto adverbial de modo).
Observe que nesse caso não se aplica o macete da substituição do feminino pelo masculino (à vista > a prazo).
Por causa disso, há muita polêmica e algumas divergências entre escritores, jornalistas, gramáticos e professores.
Sou a favor do uso do acento da crase em todas as locuções adverbiais femininas: à beça, à força, à mão, à tarde, à toa, à ultima hora, à vista, à vontade, às avessas, às claras, às vezes.

Compartilhe
Publicidade

Educação Estadual implanta nova gestão de merenda escolar


Este ano, os investimentos com a merenda escolar ultrapassam o montante de R$ 18,5 milhões. O repasse será feito pela Secretaria de Educação, direto para o Caixa Escolar, em 10 parcelas a cada 20 dias.

A Secretaria Estadual de Educação está implantando este ano o novo sistema de gestão da merenda escolar. O novo sistema mantém a descentralização dos recursos financeiros que garantem a aquisição da merenda e introduz a licitação por meio de registro de preços.

As empresas vencedoras das licitações serão as fornecedoras das escolas em toda a rede pública estadual de educação.

“A meta é dar mais eficiência ao processo e garantir qualidade a merenda escolar que é oferecida diariamente aos nossos alunos”, afirma Betânia Ramalho Leite, secretária estadual de educação.

As licitações terão início no mês de abril e serão regionais, conduzidas pelas Direds (Diretorias Regionais de Educação), e abertas para a participação de todos os fornecedores dos municípios da região.

As escolas permanecem à frente do processo de aquisição dos produtos da merenda escolar, mas agora comprando diretamente nas empresas ganhadoras da licitação.

Os cardápios são definidos pelo setor de Merenda Escolar da Secretaria Estadual de Educação. Entre os variados cardápios estão: sopa de feijão com legumes. Macarrão com frango cuscuz com carne e suco e vaca atolada (macaxeira com carne guisada).

A merenda escolar segue padrões nutricionais que consideram a quantidade de gorduras, carboidratos e proteínas na alimentação que é servida aos estudantes da rede pública.

Agricultura Familiar

Os produtos da Agricultura Familiar fazem parte da Merenda Escolar que chega a todos os alunos da rede pública estadual de ensino. As escolas têm a obrigação, definida por lei, de comprar, no mínimo, 30% de produtos da agricultura familiar para a Merenda Escolar.

São produtos de hortifrutigranjeiros, feijão, arroz da terra, polpa de fruta, galinha caipira, peixe, etc. Para a aquisição dos produtos da Agricultura Familiar não se faz necessário o processo de licitação.
Compartilhe
Publicidade

Secretária Betânia Ramalho faz palestra no fórum estadual da Undime

Secretária  Betânia Ramalho
A secretária Betânia Ramalho faz palestra nesta quinta-feira, 16h, no 13º Fórum Estadual da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). O Fórum acontece no Centro de Treinamento João Paulo II, em Ponta Negra. O tema central é “Educação Pública de Qualidade: Gestão, Financiamento e Controle Social”.

A programação começa às 9h30 com  palestra de Marize Magali Rocha Moura, do Tribunal de Contas/RN sobre A Lei de Responsabilidade Fiscal versus FUNDEB. Em seguida, haverá uma apresentação cultural de grupo de xaxado.

A programação prossegue à tarde, às 14h, com  palestra da técnica do Fundo Nacional do FNDE/MEC, Rita Coelho. Ela falará sobre As Diretrizes Curriculares de Educação Infantil e a Construção da sua Proposta Pedagógica.

Logo após, às 16h, a secretária Estadual de Educação/RN, Betânia Leite Ramalho, realizará conferência sobre o Fórum Estadual Permanente de Apoio a Formação Docente.

O encontro termina sexta-feira, dia 26, com a realização de várias palestras, abordando  temas como Merenda Escolar e a Obrigatoriedade da Compra na Agricultura Familiar, Programa Mais Educação, Plano de Ação Articulada (PAR) e Proinfo.
Compartilhe
Publicidade

Linda Manifestação!

Foto retirada do blog do Prof. Josiel Gondim

O SINDSERPUP (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Upanema) realizou nesta última segunda-feira, 21/03, uma linda manifestação pública em prol do reajuste salarial dos profissionais em educação. A parada de advertência contou com inúmeras autoridades, participação maciça dos vereadores (oposição e situação), sendo que, seis dos nove vereadores marcaram presença (atitude digna de aplausos).  Esteve presente ainda o ex-vereador e oposicionista da prefeita, Luiz Jairo, Presidente do GEAF (Grêmio Estudantil Aldo Felinto) da Escola Estadual José Calazans Freire, Daniel Casuza, além de pais de alunos e os respectivos alunos.
Parabenizo a sindicalista e presidente do SINDSERPUP, Rosemary Sobral, a qual tenho imenso apreço, assim como também parabenizo toda diretoria do sindicato.
Manifesto meu apoio à classe de servidores. Reafirmo meu compromisso de esta sempre a disposição da referida entidade, assim como sempre estive. É uma pena que não pude está presente a esta manifestação devido alguns problemas pessoais a qual estava a resolver.
Rosemary demonstrou ao povo mais uma vez que é uma guerreira incansável, perseverante, uma líder. Espero que ela não venha restringir-se apenas ao sindicato, esperamos que ela possa ir além disso, para que assim possa lutar por todos nós.
Imagem ilustrativa
Espero que a excelentíssima senhora prefeita, Maria Stela Freire, possa se sensibilizar com nossos mestres, a qual merece ser valorizados não só com melhores salários, más com uma estrutura escolar viável para que possam dar aulas sem maiores preocupações. Tenho fé que somente dialogando essa questão poderá ser resolvida, a prefeita alega que o município não tem condições de pagar aos servidores, más somente sua palavra não bastará, é necessário convocar uma audiência pública, contratar uma assessoria se necessário já que a sua não dando conta, não podemos restringir-se apenas na palavra do controlador do município, até por que ele já se contradisse varias vezes.

BASTA!
Compartilhe
Publicidade