SEM ROSALBISMO, ROBINSON SEGUE EM BUSCA DE UM VICE DE MOSSORÓ

Partido Política

Por Bruno Barreto – O governador Robinson Faria (PSD) já está ciente de que não terá o rosalbismo em seu palanque nas eleições deste ano. As chances são remotas, mas o pessedista acredita que um vice de Mossoró será uma boa compensação.

Sem o apoio da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) o chefe do executivo estadual até encara (nos bastidores) como uma situação “não tão ruim assim” por causa da crescente impopularidade da pepista.

Na última terça-feira Robinson desembarcou no Aeroporto Dix-sept Rosado num avião particular e se deslocou a Baraúna onde participou do aniversário da ex-candidata a prefeita Divanize Oliveira. Depois retornou a capital do Oeste para discutir o cenário político.

O desejo do governador é de ter um vice de Mossoró indicado por PR ou PSDB. Dentro desse cenário dois nomes despontam: a deputada estadual Larissa Rosado (PSDB) e o empresário Tião Couto (PR).

No entanto, há um oceano de circunstâncias que pesam contra qualquer uma dessas parcerias.

Larissa sempre resistiu a possibilidade de integrar alguma chapa majoritária como vice-governadora. Além disso, o quadro eleitoral de Robinson Faria não lhe oferece segurança em trocar uma reeleição ainda que difícil por uma aventura que colocaria em risco o que resta de seu capital eleitoral.

Já Tião é quem encarna melhor o antirosalbismo apesar de explorar muito mal essa situação. Ele jogaria na lata do lixo o discurso de críticas ao governador.

Os dois teriam muito a perder fechando com Robinson. O governador teria muito a ganhar.

O governador tende a ter um vice do PR ou PSDB. A preferência é por alguém identificado com Mossoró. Pode não ser um desses nomes citados como preferenciais.

É uma situação em aberto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *