TSE MANDA APAGAR NOTÍCIA FALSA SOBRE MARINA SILVA

Brasil Partido Política

Perfil no Facebook diz que presidenciável está envolvida na Lava Jato

“Manchetes redigidas de forma exagerada e efusiva, contendo informações inverídicas sobre a pré-candidata Marina Silva” terão que ser apagadas da internet em até 48 horas, decidiu a Justiça Eleitoral nesta quinta-feira (7).

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) atendeu a um pedido da presidenciável e de seu partido, a Rede, para remover “fake news” difundidas por uma página do Facebook que acusa a ex-senadora de estar envolvida na Operação Lava Jato.

“As informações não têm comprovação e se limitam a afirmar fatos desprovidos de fonte ou referência”, afirmou na decisão o ministro Sérgio Silveira Banhos.

A legenda de Marina reclamou de cinco links publicados em 2017 pela página Partido Anti-PT, que tem mais de 1,7 milhão de seguidores na rede social.

Leia mais AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *