PREFEITURA DEBATE PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO COM A SOCIEDADE

A Prefeitura de Upanema está fazendo uma mobilização para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). Neste momento, o debate está sendo feito nas escolas das redes municipal e estadual.

As discussões estão sendo lideradas pela Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, através da Coordenadoria de Meio Ambiente e Saneamento Básico, e já foram feitas nas maiores escolas do município: Professora Maria Gorete, Alfredo Simonetti e Calazans Freire.
 
Na próxima terça-feira (31) será a vez de os moradores da zona rural opinarem sobre o PMSB. O debate será feito nas unidades escolares dos sítios e Projetos de Assentamento e será aberto para que toda a comunidade possa opinar.
 
O passo seguinte será um amplo debate com toda a sociedade e a participação de técnicos da técnicos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), que culminará com a conclusão do PMSB.
 
Essa mobilização tem o objetivo de discutir os quatro eixos do Plano, culminando com a elaboração de dois deles (Esgotamento Sanitário e Drenagem das Águas Pluviais) e a atualização dos outros dois (Abastecimento de Água e Resíduos Sólidos), que já haviam sido organizados em 2013.
 
“A participação de todos, das zonas urbana e rural, é de extrema importância, e, por esse motivo, tivemos o cuidado de envolver os presidentes das associações rurais, para que esses mobilizem suas comunidades”, destaca Lusinácia Pinheiro, coordenadora de Meio Ambiente e Saneamento Básico.

De acordo com a definição do Instituto Trata Brasil, saneamento é o conjunto de medidas que visa preservar ou modificar as condições do meio ambiente com a finalidade de prevenir doenças e promover a saúde, melhorar a qualidade de vida da população e à produtividade do indivíduo e facilitar a atividade econômica. 

  Gostou?

COSERN FARÁ DESLIGAMENTO PROGRAMADO NO SÍTIO BARROCAS NESTA SEXTA-FEIRA (27)

A Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) comunica que, para realizar serviços de melhoria na rede elétrica, será necessário interromper temporariamente o fornecimento na sexta-feira, dia 27, das 09h30 às 13h30, no Sítio Barrocas e adjacências, no município de Upanema.

Caso os serviços sejam realizados antes do horário previsto, a rede será energizada sem aviso prévio.

Fique atento: a Cosern sempre avisa antecipadamente quando precisa realizar desligamento programado na rede elétrica.

  • Em caso de falta de energia, a Cosern orienta:
  • Enviar um SMS para 26560, informando apenas o número da sua conta contrato. Para facilitar, salve-a no bloco de notas do seu smartphone; ou
  • Telefonar para o 116.
  Gostou?

STF VOTA NESTA QUARTA FIM DA PROIBIÇÃO DE DOAÇÃO DE SANGUE POR HOMOSSEXUAIS

Os hemocentros no Brasil sofrem com a falta de doadores. Pacientes nos hospitais e vítimas de acidentes que precisam de transfusão de sangue enfrentam o risco de estoques muitas vezes desabastecidos. Estimular a solidariedade de um ato que não custa a quem doa é feito todos os anos pelo Ministério da Saúde. As regras para doação de sangue no Brasil, no entanto, esbarram em limitações – que passam agora a ser questionadas na Justiça. Nesta quarta-feira, o Supremo Tribunal Federal retoma a votação de uma ação direta de inconstitucionalidade, a Adin 5543, que pede o fim da proibição de doação por homossexuais.

Por uma determinação da Agência de Vigilância Sanitária, a Anvisa, e do Ministério da Saúde, homens homossexuais só podem doar sangue se ficarem 12 meses sem relações sexuais com outros homens. A primeira restrição do gênero no Brasil surgiu em 93 quando a transmissão do vírus da aids era equivocadamente associada aos homossexuais.

Pelas normas federais, cidadãos gays com vida sexual ativa integram um grupo de risco na transmissão do vírus HIV e de doenças sexualmente transmissíveis, como as hepatites B e C. Diante disso, o Partido Socialista Brasileiro entrou com a ação questionando a constitucionalidade dessa restrição. O entendimento é que há uma discriminação no tratamento dos doadores diante de sua orientação sexual.

  Gostou?

NÉLTER PEDE UNIÃO POLÍTICA PARA DEBATER COM TRE FECHAMENTO DE ZONAS ELEITORAIS

O deputado Nélter Queiroz (PMDB) repercutiu nesta terça-feira (24), em pronunciamento na sessão plenária da Assembleia Legislativa, a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) que determinou pelo fechamento do cartório eleitoral do município de Santana do Matos e transferiu os serviços para Angicos. O parlamentar cobrou a união da classe política do Estado para discutir as recentes medidas do TRE de fechamento de zonas eleitorais no Estado.

“A Casa Legislativa e a bancada federal do RN precisam se mobilizar para debater essa situação com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral. Ninguém está fazendo isso e não podemos ficar parados assistindo o fechamento das zonas eleitorais dos municípios potiguares”, disse Nélter.

Ainda em pronunciamento, o parlamentar destacou também a reunião com o coordenador do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), oportunidade em que solicitou providências visando à manutenção dos diques de proteção da cidade de Jucurutu e recuperação das bombas d’água. “Fui informado por ele que já existe um projeto pronto para isso”, concluiu o deputado.

  Gostou?